Uncategorized

Insegurança chega aos velórios de Curitiba

As funerárias de Curitiba estão orientando os clientes a suspender as vigílias em velórios durante a madrugada para evitar assaltos ou furtos. Muitas vezes, o velório é interrompido às 11 horas da noite e só é retomado no dia seguinte, às 7 horas da manhã.

Em entrevista à repórter Patrícia Thomaz, da Band News FM, o presidente do Sindicato dos Cemitérios Particulares do Paraná, Robson Posnic, confirmou a situação de insegurança. Ouça:

Ou clique aqui para baixar o arquivo em formato mp3.

1 Comentário

  1. Será que o nosso governador e seu secretario de segurança publica em solidariedade com as famílias das vitimas de violência que acabam em morte não se ofereceriam para porteiros em velórios nos bairros de Curitiba. Sinceramente eu acho que não, pois não devemos utilizar mão de obra de mentes infantis como a dos dois acima citados.

Comente