Uncategorized

Eleição do Jockey Club vai parar na justiça

A eleição do Jockey Club foi parar na justiça. O atual presidente, Roberto Hasseman, tenta o terceiro mandato consecutivo — o que pode ser questionado, à luz do Estatuto. É apoiado por Cresus Camargo, Edson Mauad entre outros.

Nesta eleição não está em jogo apenas a Diretoria do Jockey Club, mas os dezoito milhões de reais que estão no caixa em razão de recente venda de parte da área do clube.

Para complicar a vida da oposição, liderada pelo candidato e ex-presidente Eraldo Palmerini, a atual diretoria esconde a lista de sócios, impedindo a formação da chapa e a própria campanha. Só a situação faz campanha. Já houve decisão da justiça em favor da divulgação dos documentos. Mesmo assim, até agora nada.

4 Comentários

  1. Este fato me deixou muito preocupada, acho que nem vou dormir esta noite.
    – Dio Cristo!! o que farei de minha vida se o Jockey Club for parar na Justiça?
    Ego confiteor: Não conheço o Jockey Club, nunca tive nenhum cavalo, sempre andei de bicicleta até arrebentar os ligamentos do joelho num tombo.
    O Jockey Club é um clube de jockeys que vivem de montar em cavalinhos? Ou é um clube de cavalos laureados que usam colares no pescoço quando ganham as corridas?
    Como sou mal informada, desculpem-me.
    Nédier…..

  2. os sócios do jockey club são aqueles montados pelos jóqueis ou só têm cérebro similar?

Comente