Uncategorized

Cobrança abusiva da Sanepar é denunciada na Assembléia Legislativa

reni

O presidente da Comissão de Direitos do Consumidor, deputado Reni Pereira (foto), denunciou hoje em plenário que a Sanepar está cobrando a taxa de água e esgoto junto com a taxa do lixo em alguns municípios, o que é ilegal.

“É uma cobrança abusiva que coloca uma camisa de força no consumidor que se obriga a pagar as duas taxas na mesma fatura. A Sanepar não pode cobrar por qualquer produto ou serviço sem a autorização expressa do cliente. Daqui a pouco, a Copel também vai começar a fazer a mesma coisa”, disse Pereira.

6 Comentários

  1. Na verdade, os Deputados ainda devem uma explicação sobre o projeto de aposentadoria e sobre ele é que devem falar

  2. Mirosmar da Paixão Responder

    Vergonha: Reni ajudou a eleger Mac Donald que socou na goela dos iguaçuenses esta cobrança. Aliás, o Reni votou na aposentdoria e até agora não falou nada.

  3. Votou a favor de Maurício Requião para o Tribunal faz de Contas e quer o que agora?

  4. Francisco Alpendre Responder

    Convênios entre Prefeituras e sociedades de economia mista, como a Sanepar, devem ser precedidos de licitação. Tanto o contrato administrativo como as taxas são absolutamente ilegais e nulas de pleno direito, cabendo ressarcimento e responsabilização judicial dos responsáveis.

  5. Não há qualquer prestação de serviço por parte da Sanepar, em relação aos municipes, na cobrança da taxa! Por ser tributo, o pagamento de taxa é compulsório, bem como o contribuinte não escolhe a forma de pagamento. resta apenas realizar o pagamento. O que existe é um serviço prestado pela Sanepar ao município e do município ao contribuinte, mas nunca da Sanepar para o contribuinte.
    Esse serviço garante que o municipio não venha a retirar verba de outras rubricas para o lixo.
    Natalio Stica é diretor comercial da Sanepar

Comente