Uncategorized

Obama e o pacote de US$ 787 bilhões

O presidente dos EUA Barack Obama sancionou o pacote de estímulo econômico de US$ 787 bilhões, e espera que o conjunto de medidas crie 3,5 milhões de empregos. A aprovação do plano no Congresso também é a primeira vitória de Obama depois de assumir o cargo.

Obama bradou que conseguiu “cumprir a promessa de manter o sonho americano vivo” e usou simbolismos um pouco infantis, como usar dez canetas diferentes para assinar os documentos para mostrar que o plano é resultado de muitos esforços.

O plano de resgate prevê a criação de milhões de empregos e o estímulo ao consumo. A taxa de desemprego nos EUA está em 7.6%, a maior em 16 anos. O vice-presidente entrou com sua defesa da classe média americana: “Estamos trabalhando dia e noite para ajudar os desempregados, investimentos a longo prazo, muito mais. Para virar a economia, precisamos ter certeza de uma coisa: classe média não é deixada de lado, precisamos ter cuidado com isso”.

O pacote é criticado por céticos e republicanos por sua incoerência implícita: para injetar tanto dinheiro na economia, o governo precisa antes retirar este mesmo dinheiro da economia através de impostos e taxas, ou fazer tudo através de endividamento — mas o déficit público norte-americano já atinge a estratosfera, especialmente depois dos 8 anos de George W. Bush. Mesmo assim, Obama promete que a economia vai se recuperar. E a economia vai se recuperar, não há dúvidas, mas se devido às ações governamentais ou apesar delas, não é possível dizer.

1 Comentário

  1. Lawrence Ferrer Reply

    Campana…

    Me diga: A Ministra Dilma (conforme fotografia nesta página) já ganhou estátua no museu de cera de Mme Trusseaud?

Comente