Uncategorized

Suspeito do assassinato de Caiobá é policial civil

Pasmem, senhores. O suspeito que está preso depois de ter sido reconhecido, através de fotografia e gravação de voz pela jovem Monique, vítima de violência no Morro do Boi, em Caiobá, quando seu namorado foi assassinado, é policial civil e irmão de outro policial civil.

O assassino estava no litoral para a Operação Verão que desloca o máximo de contingente policial para proteger a população nas praias. A Secretaria de Segurança não revela o nome do policial.

Atualizado às 10h17: O policial preso não é concursado, trabalhava em delegacias pelo regime de CLT colocado à disposição da Secretaria de Segurança. Seu irmão foi Superintendente da Polícia Civil.

O delegado Cartaxo, responsável pela apuração diz que ainda reúne provas confirmadoras do reconhecimento feito pela vítima e por isso a polícia se mantém em silêncio sobre o resultado final da apuração do crime. Por enquanto, há um suspeito em prisão temporária, apenas isso, diz o delegado.

29 Comentários

  1. SE FOSSE UM ZÉ MANÉ JÁ ESTARIA ESCRAXADO NOS JORNAIS, COMO É OTORIDADE ESTÃO ESCONDENDO O FIGURA!!!!!SE O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA TIVER UM POUQUINHO DE VERGONHA NA CARA, DA O NOME E MOSTRA A CARA DO VAGABUNDO.
    PENA DE MORTE JÁ!!!!!!
    SE ISSO ACONTECE COM OS FILHOS DE UM POLÍTICO, O VAGABUNDO JÁ ESTAVA COMENTO CAPIM PELA RAIZ.

  2. A imprensa descobre tanta coisa, então por que não descobre o nome desse infeliz. E mais, essa história de não divulgar o nome do assassino (pois suspeito p/mim não é assassino), é puro corporativismo. É por essas e outras que o país vive a situação atual, de descaso, onde o que impera é a inpunidade. Deveria ter um grupo de extermínio. Tenho dito.

  3. Almasor Abbas Adilah Responder

    Como disse o Chico Buarque:

    …”chame, chame, chame lá
    chame, chame o ladrão, chame o ladrão”…

  4. Almasor Abbas Adilah Responder

    Este monstro deve ser encarcerado como criminoso comum, sem nenhum direito especial!

    Na cadeia ele terá o tratamento devido!

  5. Isso não é novidade no nosso meio e não causa espanto, é a realidade do momento, aquele que devia nos proteger e investigar os fatos se torna o vilão e dificulta tudo ao nosso redor.
    Policia corrupta… é a realidade!
    Reforma policial já!

  6. Mário do Armário Responder

    Dizem que esse bicho é sósia do meu amigo Nino… por isso acho q ele é inocente

  7. Agóra SE for condenado, vai para cela especial pois é policial e não pode ficar com os outros presos pois corre perigo de vida, ´são os direitos humanos que só vagabundo tem, morrer na fila do postinho de saúde o povo “pódchi”
    mas pena de morte para vagabundo, assasino,estrupador NÃO ” pódchi”

  8. Sabe de uma coisa tenho pena da familia dos envolvidos nessa situação, veja na epoca da CPI do narcotrafico na delegacia do Dr Cartaxo, houve uma fuga de policia civil, na epoca citado, saiu pela a porta da frente….

    hoje vejo que os bandidos são os mesmos de ontem, só mudaram de local …

    Noticiario antigo ….
    Amigos para sempre
    O ex-deputado Onaireves Moura, preso no Paraná por calote ao INSS, por pouco não se complicou antes, por suas ligações com Altair Ferreira – o delegado “Taíco”, que em março foi preso pela CPI do Narcotráfico.

    e agora PARANÁ …

  9. è tudo bandidagem, tem que dar o nome e foto deste bagabundo, se é policial e fez isto, pior joguem aos porcos .

  10. devaneios/loucuras Responder

    ´Mais de um milhão de vezes voltamos a repetir, a impunidade, os acobertamentos, o jogo de compadres, emperram a justiça.
    O que deixa mais estarrecedor, se uma vez confirmado tal aberração, toda a corporação da polícia civil sofrerá um grave constrangimento em sua imagem.
    Lamentavelmente os pouquíssimos exemplos de bons policiais acabam recebendo esta carga negativa.
    A morosidade dos procedimentos da nossa justiça, inditosamente, irá amenizar a consternação que todos vivemos neste momento, e no andamento desta trágica história, poderão até alegar que o elemento sofre de desvio de conduto, personalidade dupla, entre ser bandido ou ser policial, bem e mal, monstro e o médico.
    A sociedade não aceita mais tantas banalizações
    este elemento destruiu não apenas duas vidas promissoras, mas toda a estrutura familiar, provocando o maior vazio e dor, que só quem perde um ente querido, compreende a profundidade desta angustiosa deste sofrimento.

    Em tempo, parabéns aos que dedicaram todo empenho e esforço para elucidar este caso, demonstrando que nada está perdido, apesar do joio e do trigo.

  11. Inacreditável o que estou lendo;
    Inacreditável saber que o rapaz assassinado
    pagava impostos onde parte
    desse vai para pagar o salário
    dessa gente;
    Inacreditável saber que a moça molestada e
    ferida gravemente é uma
    profissional liberal que paga
    impostos onde parte desse
    vai para pagar o salário dessa
    gente;
    Inacreditável é vêr como ficou e está o
    emocional dos pais das
    vítimas;
    Inacreditável é ter que admitir que não
    sabemos mais onde estão
    os piores criminosos, na
    comunidade civil com
    carteira de identidade ou
    na comunidade civil com
    distintível e porte de arma;
    Inacreditável é ter que ler e houvir que os
    superiores desses bandidos
    não sabem de nada sobre
    a vida e comportamento de
    seus comandados;
    Inacreditável é continuarmos pagando
    impostos onde parte desse
    é salário desses bandidos;
    Inacreditável é saber que vamos continuar a
    conviver com essa bandidagem
    institucionalisada;
    Inacreditável é admitir que nossa segurança
    é uma porcaria, comandada
    por gente despreparada,
    incompetente e não alienada
    ao principal problema da
    sociedade paranaense;
    Inacreditável é ver que falta ainda dois anos
    para essa gente deixar o poder;
    Inacreditável no que estou lendo.

  12. CADE O BANDO DE IDIOTAS QUE ESTAVAM PEDINDO A DIVULGAÇÃO DO NOME DO SUSPEITO AGORA MESMO. AGORA QUE EXISTEM ELEMENTOS CLAROS Q A PESSOA ACUSADA NAO É O AUTOR DO CRIME. É A INQUISIÇÃO Q QUASE MATA O INFELIZ ACUSADO INJUSTAMENTE E POR CERTO PREJUDICOU SUA VIDA PESSOAL E DE FAMILIARES. NENHUM NOME DE VE SER DIVULGADO DE FORMA PRECIPITADA. E VCS AINDA ACREDITAM NESTA POLICIA Q PRENDE INOCENTES…

  13. Vejam como todos acima falam besteiras. Inclusive o site. O suspeito não é policial civil, mas contratado para cargo administrativo da delegacia. Em segundo, agora talvez nem autor seja. Mas os exaltados e burros dos comentários acima já fizeram seus linxamentos precipitados. A polícia tem defeito, e não podemos generalizar, pq se for ver vcs que se manfestaram aqui, então generalizando posso falar que a população é uma m*. E não é. Só alguns ignorantes que fizeram estes comentários burros e precipitados.

  14. A Policia Civil está de parabéns pela prisão deste marginal!
    As pessoas ruins que pertencem a corporação devem ser exoneradas imediatamente! Por causa de poucos todos recebem a fama e isto não é justo. A maioria absoluta dos policiais civis são pessoas de bem e que dão o seu máximo, mesmo com a falta de estrutura e salários baixos, para combater o crime organizado e solucionar crimes hediondos como este! Novamente parabenizo a Policia Civil pela prisão e quanto a este funcionário, que aliás não é um policial, desejo que tão logo seja comprovado seu envolvimento no crime, seu rosto estampado em todos os jornais e todo o rigor da legislacao brasileira aplicado nele!!

  15. Não me supreendo com mais nada… Agora só o fato d nao darem o nome do dito, jã fala tudo. Lembro dakele acerto d conta q vitimou um policial, onde as VITIMAS chegararm a fazer festa, passeatas, baile em comemoração. Até hj, ficamos sem saber o nome do empresario q estava junto, para cobrar a vitima q foi executada, este coitado ainda com sua esposa e filha no hospital. Policiaaaaa q policia é essa??? pelo amor d Deus… E agora ~como ficamos, temos q chamar o CHAPOLIM COLORADO? affffffffffffffff d mais p/ minha cabeça e meu bolso ….

  16. …e o anteprojeto de reestruturação da Polícia Civil, que poderia oxigenar e dar mais agilidade e eficiência à instituição, mofando na gaveta do sr. governador. Por quê será que não há vontade política para melhorar? Para evoluir?

  17. A camiseta encontrada no lugar não cabe no suspeito preso; ele é bem maior, a camiseta não era dele. O tipo do sangue encontrado na camiseta não corresponde ao tipo de sangue do suspeito. Na amostra do sangue colhido na camiseta não há vestígio de hepatite C, doença crônica de que sofre o suspeito. Gordo demais e doente, o suspeito não seria capaz de subir o morro nem de lutar. Conclusão 1: a camiseta não tem nada a ver com o crime; ou conclusão 2: pegaram o cara errado com base num reconhecimento fotográfico equivocado da moça vítima.

  18. adriano f .ribeiro Responder

    O autor deste crime barbáro e desumano,com certeza deveria ser condenado a pena de morte,nestes momentos é que ficamos tristes por saber que amahã ou depois um assassino frio e covarde como este,estara de volta no convívio na sociedade ,tudo graças as nossas leis que só beneficiam os infratores .

  19. ….Ficou uma pergunta no ar?
    porque não mostrar a cara do figura ….
    se for mesmo o assassino temos q ver a cara do canalha…..
    Porque se fosse um zé ruela aposto q mostraria entaum a população quer ver a endentidade desse maniaco…………
    queremos justiça….
    tomaraq daki uns 6 meses esse infeliz naum esteje novamente na rua……..

  20. Informação incorreta, o assassino nunca foi tira, o irmão sim. E você aí que chamou “otoridade”, a alguns anos realmente era assim, mas, agora, vamos nós dois tirar um “réla” em Português, Matemática, conhecimentos gerais, etc… tenho certeza que você irá ficar no chinelo. Você não têm capacidade nem de passar na prova escrita que eu fiz para entrar na Polícia.

Comente