Uncategorized

Paulo Bernardo
vai ao litoral conversar com prefeitos

paulo-bernardo

No próximo dia 28, sábado, o Ministro do Planejamento Paulo Bernardo vai ao litoral ouvir dos prefeitos quais as principais reivindicações da região. E o recado é claro: o ministro quer se reunir com todos os prefeitos, independente do partido a que pertençam.

O encontro, que acontecerá em Morretes, está sendo organizado pelo deputado federal do PT, Ângelo Vanhoni. Dois assuntos estarão obrigatoriamente na pauta do encontro: Porto de Paranaguá e infra-estrutura turística das cidades do litoral.

11 Comentários

  1. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    O Ministro Paulo Bernardo, poderia mandar fazer um levantamento em todas as Prefeituras do litoral , para saber quanto existem na realidade de dividas de IPTU. Existe informações que apartamentos e casas de alto luxo, de pessoas importantes, firmas também com envolvimento de politicos, são devedores antigos e em quantia de grande valor. Assim os Prefeitos ficam constrangidos de cobrança e as Prefeituras passam dificuldade e estão sempre com chapéu na mão, a pedir e mesmo esmolar às autoridades, para sobrevivência. Isso valeria uma viagem de um Ministro ao litoral do Paraná.

  2. Prezado Sylvio Sebastiani, é de conhecimento de muita gente que o nobre presidente da Assembléia Legislativa, um dos maiores latifundiários urbanos do Paraná, têm dívidas com IPTU em Guaratuba que ultrapassam 1 milhão de reais. Com sua cunhada no comando, não haverá constrangimento algum, e sim um perdão dessa “dividazinha”…

  3. CARO SILVIO.

    VOCE TEM RAZÃO.

    Entretanto não é necessário ir até o Litoral para saber se tem sonegadores de IPTU, muita vez com a conivência, de dentro da administração.

    Quando fui Diretor do IPTU na Prefeitura de Curitiba, (gestão do fruet), mandei fazer um recadastramento nos 400 mil imóveis, e foi aquele desastre. um assombro de corrupção bem tramada com aparência de legal. Esta gente é fina e competente na corrupção.

    Como? Dou só dois exemplos.

    Pessoa riquíssima, um ex-governador do Paraná (grande empresário), tinha (ou tem), 50 .alqueires dentro do Pinheirinho, na CIC E NÃO PAGAVA IPTU.

    Outro, dono de um frigorifico e outros negócios, tinha na rápida (sentido Centro), no Capão Razo, ao lado da antiga FIAT, 8 alqueires, E TAMBÉM NÃO PAGAVA IPTU.

    COMO ISSO? QUAL ERA O ESQUEMA?

    Simples Silvio. Com a conivência dos dirigentes (diretores), da Prefeitura na época, eles cadastraram estas enormes áreas, como SE FOSSEM ÁREAS RURAIS, OU SEJA COMO SE FOSSEM ÁREAS DE FAZENDA, E ATRAVÉS DESTE CADASTRAMENTO MARAVILHOSO, E CHEIO DE FEITIÇOS, ELES PAGAVAM UM VALOR MÍNIMO MINIMORUM DE ITR-IMPOSTO TERRETORIAL RURAL, CUJO IMPOSTO ERA UNS 0,5% DO VALOR DO IPTU. UMA MIXARIA ESTONTEANTE E ATÉ COVARDE. MENOS DE 1% DO QUE DEVIAM PAGAR.

    QUANDO MANDEI LANÇAR IPTU EM CIMA DESSA GENTE “FINA FLOR” QUE MANDA NA PREFEITURA HÁ MAIS DE 44 NAOS (E AINDA MANDA) , FOI O MAIOR REBULIÇO CONTRA MINHA PESSOA NA PREFEITURA, A PONTO DESTE EX-GOVERNADOR PEDIR MINHA DEMISSÃO IMEDIATA, AO MAURICIO FRUET, E INCLUSIVE AO ENTÃO GOVERNADOR, JOSÉ RICHA.

    Certa feita encontrei uma mansão de luxo no alto da Rua XV de Curitiba, escondida em enorme terreno, com árvores em volta, cujo sobradão siquer estava cadastrado no IPTU, e pasme, não tinha nehum projeo de construção na Secretaria de Urbanismo.
    Veja Silvio, a tática de sonegação e como faz a fina flor da sociedade curitbana.

    Constroe uma mansão, os fiscais fecham o olho, e aí ele não registra o projeto de construção na Prefeitura, e lógico, NUNCA PAGARÁ IPTU. Entendeu? Fácil não é ?

    SILVIO, AGORA VAI A BOMBA!

    O Natinho (cantor), me falou na Boca Maldita que a UMA CONHECIDA FAMILIA QUE LOTEIA TERRAS EM CURITIBA, DEVE AINDA MUITA GRANA DE IPTU, QUE ESTÁ REPRESADO AINDA HOJE, NA PREFEITURA.

    Ele teve incusive uma reunião com o Mounir da COHAB, que sabe deste assunto, pois o Natinho comprou um imóvel no Cajurú
    e está com dificuldade de regularizar seu lote, devido a estes embróglios de IPTU etc.

    Silvio, fale com o BETO RICHA, fale com o Secretário de Finanças, fale com o MOUNIR da COHAB, e fale também com o NATINHO, QUE ELE TE CONTA TUDO.

    O assunto merece no mínimo, atenção.

    LINEU TOMASS.

  4. ERRATA.

    leia-se,

    “QUE MANDA NA PREFEITURA HÁ MAIS DE 44 ANOS (E AINDA MANDA)”, ……….

    LINEU TOMASS.

  5. Paulo Bernardo para governador ahahahah, não dá dois digitos.
    E a política rasteira do PT continua.

  6. Vamos voltar ao foco da notícia. O Paulo Bernardo pensa que derramando dinheiro público no litoral compra o apoio dos prefeitos para ser governador. Por que não veio antes deste período de início eleitoral ? Agora não adianta querer conhecer o Paraná.
    VIVA O SAMEK PARA GOVERNADOR !!

  7. Quem sabe Nelson Justus e família consigam receber parte da fortuna em ISS que a F. Andreis deve a Guaratuba. Uma dica, é só o Sr. Rogério Tissot passar a cumprir com sua obrigação de poder concedente e exigir a certidão negativa legalmente prevista.
    Ah, não é o que foi combinado antes das eleições?
    Os catarinas agradecem!!

  8. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    GERALDO, você está um pouco longe, a divida da familia é de 10 (dez) milhões de reais. Entrevistaram o ex-prefeito, que não tem lá bôa fama também , e ele disse:”colocaram a raposa para tomar conta do galinheiro”. Veja Geraldo, onde nós chegamos.! Tenho a fita em DVD da matéria , do programa Paraná TV da Globo, do dia 04 de fevereiro deste ano.

  9. São boas estas informações e pelo visto, colocaram a raposa para tomar conta do galinheiro, mesmo !
    No final do mandato da prefeita tem que pedir o saldo devedor destes IPTUs , como será que estarão ? hehehehe….
    São só acertos pessoais e rolos em Guaratuba, o povo OH…. !

  10. OLHEM A CARA DO BERNARDO. O HOMEM É PRÉ CANDIDATO AO GOVÊRNO DO PARANÁ. E O OSMAR DIAS FICA ACREDITANDO QUE TERÁ O APÔIO DESSA GENTE. ACÓRDA OSMAR, POIS NÃO TERÁ O APÔIO DO PT E MUITO MENOS DO BÉTO RICHA NO PSDB. OS CARAS ESTÃO TE ENGANANDO.

Comente