Uncategorized

Grita quem quer, manda quem pode

eliane-catanhede

De Eliane Catanhede (foto), colunista, na Folha Online

Já não se fazem PMDBs como antigamente. E há muito, muito, muito tempo. Quando o senador, ex-governador e fundador do partido Jarbas Vasconcelos (PE) põe a boca no trombone para dizer o que todo mundo sabe, suas queixas são recebidas não com vergonha e constrangimento, como deveriam, mas com desdém e ataques, como foram. Jarbas fica falando sozinho. E –o mais incrível!– apanhando.

O que ele disse? Que o PMDB é um partido cheio de corruptos, sem bandeiras, sem propostas, de olho em seus próprios interesses e nas boquinhas de governo. É mentira, Terta?

Enquanto Jarbas reclama ética, o PMDB vai se infiltrando por todos e cada cantinho de poder –e de vantagens– do Congresso. Depois de eleger José Sarney presidente do Senado e Michel Temer presidente da Câmara, agora avança, guloso, sobre comissões, secretarias, o que tiver pela frente. E cada nome que apresenta!

Para ler a íntegra do artigo, clique no Leia Mais

Um dos mais valentes na contestação ao que Jarbas Vasconcelos acusou foi o deputado Eduardo Cunha, do Rio, um já velho conhecido de leitores de jornais e revistas, desde a época em que presidiu a Telerj no governo Fernando Collor. A empresa evaporou, como o próprio governo, mas Cunha e a sua (dela) má fama ficaram, com um lastro de histórias jamais devidamente esclarecidas. E agora ele emerge como um dos cérebros desse PMDB e desse Congresso que estão aí.

Além de mandar na Comissão de Constituição e Justiça pela terceira vez consecutiva (uma delas sem intermediários), Eduardo Cunha também já põe os pés, as mãos e os prepostos na igualmente poderosa Comissão de Minas e Energia, além de virar relator da medida provisória que cria um fundo para o setor elétrico. Em outras palavras, ele fecha o cerco: assume a CCJ, dos aspectos legais, e o setor energético, dos aspecto$ financeiro$.

O PMDB está ainda embolsando uma terceira comissão. Aliás, a deputada paraense Elcione Barbalho está: a de Seguridade Social e Família. Tudo em família.

Ou seja: Jarbas pode ficar rouco de tanto berrar, e o único a lhe dar ouvidos é Pedro Simon (RS). Os dois são símbolos e referências do velho PMDB, mas não têm nada a ver com o novo PMDB e certamente não projetam o futuro PMDB. Nem o que o partido será daqui a 10, 15 anos e muito menos para que lado irá em 2010.

Quem vai decidir isso, uns puxando para um lado, outros para outro, são Sarney, Temer, Jader, Geddel, Renan, Newtão, Quércia e emergentes como Cunha. Jarbas grita, eles mandam.

9 Comentários

  1. FABIO.

    O TEMA NOVELÍSTICO DO JARBAS VASCONCELOS, É IGUAL AQUELA MÚSICA SERTANEJA:

    “TÁ RUIM, MAS TÁ BOM” !

    PORQUE?

    O Sr. Jarbas a quem elogiei nesta coluna pela sua atitude, teve seu LADO BOM nesta denúncia.

    Mas temos que ponderar que a denúncia vem com mais de 23 ANOS DE ATRASO, pois a corrupção dentro do PMDB não começou neste ano de 2009, quando ele perde no embate do episódio da eleiçãso da mesa do Senado Federal, para o grande companheiro DA ARENA, DO PDS, “ex-revolucionário” (?), que combateu “ferozmente” a ditadura militar de 64, o “COMPANHERAÇO ZÉ SARNEY”.

    LADO RUIM.

    Ora, pipocas, porque o Jarbas aceitou o Zé Sarney no PMDB naquele episódio triste da indicação do candidato a vice-presidente no “Colégio Eleitoral da Diutadura Militar” ?

    O Zé Sarney, como vice foi para a história como presidente no lugar do falecido Tancredo Neves, que morreu REPENTINAMENTE, em estranha cisrcunstância.

    A posse do Zé Sarney, foi em 15/03/1985, portano há mais de 23 ANOS, como disse.

    Naquela época o Sarney era necessário, diria o Jarbas. Isto foi oportunismo então, digo eu.

    Fábio, daí, vamos fazer coro com o Jarbas Vasconcelos, na versão sertaneja de sua novela de 23 anos de “pemedebista” frustrado, cansado, angustiado, apaixonado, desesperançado etc. etc.

    Coro:

    “Prô Jarbas TAVA BOM , mas com o tempo, o sufoco de 23 anos FICOU RUIM, assim tava BOM e ficou muito RUIM……….

    TAVA BOM, FICOU RUIM,……
    TAVA BOM FICOU RUIM….
    TAVA BOM, FICOU RUIM….MUITO RUIM!
    E……..

    FIM !

    LINEU TOMASS.

  2. FÁBIO.

    Sejamos justos.
    Veja, deste mal não sofre só o PMDB.

    Na revista VEJA desta semana, tem uma reportagem que nivela o PSDB ao PMDB, e citam diversos exemplos de corrupção de grandes líderes doPSDB.

    CASOS PROVADOS.

    -Em Minas Gerais, o todo poderoso e ex-governador, EDUARDO AZEREDO, ex-grande líder nacional do PSDB, que foi o iniciador do modelo do esquema de Caixa Dois, bolado pelo BAITA VIGARISTA, MARCOS VALÉRIO, (que se estendeu ao governo do PT), está até hoje em baixa na cotação política e responde processo por caixa dois de campanha política.

    -A governadora do Rio Grande do Sul, Sra. IEDA CRUCIS, que foi a ícone das mulheres do PSDB no País, está atolada em caso de caixa dois de campanha eleitoral
    ATÉ O PESCOÇO.

    -O ex-governador do PSDB do ESTADO DA PARAIBA, SR. CASSIO CUNHA LIMA, saiu a reeleiçãoe ganhou a eleição NUM BAITA ESQUEMA DE COMPRA DE VOTO, NA BASE DO CHEQUE, COM NOME DO (CLIENTE?), COMPRADO, COM ENDEREÇO, NÚMERO DO TÍTULO, TUDO PARA CONFERIR DEPOIS.

    FOI CASSADO ESTES DIAS, PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, POR CORRUPÇÃO PRIMÁRIA, DE COMPRA DE VOTOS.

    -Eu sei de casos outros, inclusive de prefeitos de importantes cidades, que deverão entrar na pauta de caso de caixa dois de campanha eleitoral.

    FÁBIO.

    -“Nesta Universidade da Políticagem Nacional, não tem freira não meu irmão”.

    Como diria um conhecido governador no poder.

    LINEU TOMASS.

  3. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Jornalista Eliane Catanhede, lí seu artigo, tentei fazer um comentário nele, mas não consegui, faço aqui. “Estou de acordo com o Senador Jarbas Vasconcelos, em tudo. Aqui no Paraná não é diferente, a corrupção na Assembléia Legislativa é coisa generalkizada, vou aqui relatar somente 4 casos: 1- Os deputados aprovaram na madrugada do fim do ano, a suas aposentadorias; 2- Tem A Associação das Senhoras dos Deputados, que adquiriu 6 residências no Centro Civico que agora estão chamando de Centro Cinico; 3 -O Ministério Público Federal e a Policia Federal desbarataram o “Esqema Gafanhoto”, que consistia em nomear funcionáriso com nomes fícticio, e “alguém” recebia seus salários por muito anos, apurados 400 casos; e 4- Existem no Ministério Público o Inquérito de n°041/04 (engavetado) sobre improbidade administrativa, entre as denuncias há uma de Procuradores sem serem advogados, são mais de 80 procuradores.
    ]

  4. ALGUM EXEMPLO NO PARANÁ ??

    O que ele (Jarbas) disse? Que o PMDB é um partido cheio de corruptos, sem bandeiras, sem propostas, de olho em seus próprios interesses e nas boquinhas de governo.

  5. E pensar que o “velho” MDB se transformou nessa quadrilha….. Nós que um dia acreditamos nesse partido, que tanto lutou pela redemocratização do país,pelo fim da ditadura, pelas Direta Já. Agora no poder aliado ao PT, avança no dinheiro público dando uma banana aos seus eleitores.
    O velho Ulysses deve estar se revirando no fundo do mar.

  6. chico paranaguá Responder

    É preciso dizer pro Jarbas que no Paraná o PMDB é MEGA-CORRUPTO. Só no Porto o Eduardo peido(desmancha roda) faturou nos últimos 7 anos algo aproximado em 70 milhões de reais (só de mordida mensal nos principais operadores portuários). Em Paranaguá, quem quer operar tem que ter o Eduardo e o Roberto como sócios. O Jarbas sabe disso ?

  7. devaneios/loucuras Responder

    A questão não é ser ou não ser, é o agir, o punir e ressarcir o erário.
    Quem protegem quem. A bandidagem se preocupam mais com o trono e as indicações, são como moscas em carne podre, perpetuando a espécie de colarinho branco.
    Enquanto o povão se agarra na bolsa miséria, iludidos, se apegando em suas crenças, como se tivessem predestinados a viver assim, excluídos.
    Quantas gerações pregam a educação como o caminho de transformações. Livros e mais livros a mão cheia e manda o povo pensar.

    O Sylvio Sebastiani, apontou situações que nos deixam estarrecidos, algo que desmoralizam todas as intituições de bem deste pais. Uma hipocrisia descarada. E ninguém questiona e nem pedem a cabeça do autor ou autores de propostas fora do bom senso. aposentadoria, “centro cínico”, nomes fictícios. O que é crime?
    Esses cidadãos, merecem o respeito do povo, são dignos de representar os antepassados os presentes, de dirigirem nosso Estado e nação.

    A maior violência que vivemos parte da conduta dos nossos representantes e autoridades. ÉTICA, MORAL, coisas que nossos pais sempre exigiram em nosso comportamento.

    A sensação que temos é a de que elegemos quadrilhas organizadas, usando siglas partidárias para não serem importunados pelo ordenamento jurídico (leis), pois, são revestidos de imunidades são semi-deuses, no país da impunidade.

  8. Que vergonha esse PMDB, hein. Ética é com o PPS, o partido mais respeitado no Paraná. Viva a política séria!

Comente