Uncategorized

“Portal da Transparência” não mostra todos os gastos

Do Claudio Humberto:

Ficou opaco o “Portal da Transparência”, que permitia ao cidadão verificar pela internet como o governo gasta seu dinheiro. Após o escândalo dos cartões corporativos, em março de 2008, a maior parte das despesas agora é classificada de “sigilosa”, em nome da “segurança nacional”. Os R$ 2,24 milhões gastos pela Presidência da República com cartão corporativo, em janeiro deste ano, 70% são “protegidos por sigilo”.

5 Comentários

  1. E a prefeitura então que não divulga nada na internet sobre os gastos do prefeito e seus aceclas em viagens e diárias. Até quando ficaremos sem essas informações sbre o uso do nosso dinheiro.
    E olha que o prefeito Richa gosta de uma viagem.

  2. E assim nóis vai, acobertados pelos instruídos nordestinos que proclamam o Lula como o melhor presidente já visto neste país.

  3. Tenorio Cavalcante Responder

    Cadê a TRANSPARENCIA DO BETO RICHA – quem conseguir acessar o site da prefeitura e dizer quanto o playboy gastou em viagens ganha um premio….

  4. Beto Richa viaja , enquanto Curitiba arde em “brasas”. Hoje para variar ,mais um escândalo estampado na primeira página do jornal “o estado do paraná” Se não bastasse o Sr. Klaus, através da empreiteira “iguatemi”, participar de concorrência pública, na PMC, com certidões falsas, agora mais um escândalo, ou seja, o seguro da PMC que, diga-se, não é apenas seguro de vida, mas também, seguro do patrimônio da PMC que é feito com corretora de seguros de propriedade do filho de Alberto Klaus e, feito sem concorrência pública e, ainda, vem os sábios da PMC dizendo que, esse tipo de contrato pode ser feito sem concorrência pública. É no mínimo ridícula tal afirmação de gente da PMC, que na verdade, não tem mais o que dizer de tantos escândalos que, a todos os dias , a população da cidade se depara e fica perplexa ao acompanhá-los através da imprensa. É de fato uma situação que, coloca o prefeito Beto Richa a mercê dos escândalos e, infelizmente, para o povo de Curitiba, parece que o prefeito não tem forças para reagir diante dessa tempestade, quase que diária, de denúncias de corrupção em sua administração.

  5. Vigilante do Portão Responder

    E sobre aquelas apólices falsas na Sanepar e no Porto de Paranaguá, durante a gestão do Requião, Não dizem nada?
    E sobre o escândalo da venda dos reseguros para aquele banco europeu, operado leo Zé Dirceu e denunciado pelo Roberto Jeferson, também não falam nada?
    O companheiro Lula disse que não pode punir a turma do mensalão enquanto não forem condenados pela justiça, todos continuam mandando no PT e alguns são eminências pardas no governo federal. No caso da Iguatemi, nem o laudo pericial, da POLÍCIA CIVIL ( do Requião) está pronto e os sábios já querem que a construtora seja punida.
    O caso dos seguros é outra falácea, primeiro tem que provar que existe maracutaia, como superfaturamento das apólices, por exemplo, ou que o seguro é frio. Mais, provar que o Beto Richa sabia. Veja o caso do Lula, ele não sabia de nada.

Comente