Uncategorized

Brasil tem um dos preços de telefonia mais altos do mundo

Karla Mendes no Correio Braziliense

Os preços cobrados no Brasil pelos serviços de telefonia e internet estão entre os mais altos do mundo. Enquanto no Irã, o consumidor paga US$ 0,20 por um pacote básico de telefonia fixa, no Brasil o valor sobe para US$ 29,10 para manter uma linha de telefone em casa. Na telefonia móvel, os brasileiros desembolsam US$ 37, em média, por um plano pós-pago, ao passo que em Bangladesh o custo é de apenas US$ 1,3. Na banda larga, o cenário se repete. O usuário gasta no Brasil cerca de US$ 47,3 para se manter na rede mundial de computadores. Na Índia, esse custo é quase oito vezes menor: US$ 6,1. A pesquisa foi divulgada ontem pela Organização das Nações Unidas (ONU), que comparou tarifas de 150 países da UIT (União Internacional de Telecomunicações).

Eduardo Tude, presidente da Teleco, consultoria especializada em telecomunicações, explica que a carga tributária do setor, superior a 40%, é um dos grandes entraves à queda de custos dos serviços de telefonia e internet. “A carga tributária do Brasil é uma das mais altas do mundo. Segundo pesquisa divulgada há uns dois anos pela própria UIT, o Brasil só perde para dois países da África”, diz. Para a telefonia celular, há ainda o alto custo de ligações para outras operadoras, pontua Eduardo Tude.

O especialista pondera, porém, que é preciso levar em conta as particularidades do uso do telefone nos países pesquisados. “Realmente, os serviços de telefonia são caros aqui. Mas é diferente comparar cestas e produtos de maneira diferente. Não é só franquia. A cesta em análise é baseada em padrões de consumo da Europa, onde os consumidores usam mais o celular para ligar para telefones fixos, enquanto no Brasil se usa o celular para ligar para celular, principalmente dentro da mesma rede”, observa.

10 Comentários

  1. FÁBIO.

    PARABÉNS POR TER LEVANTADO ESTE ASSUNTO.

    FICA O DESAFIO PARA OS ‘NEO-LIBERAIS”, DEFENDEREM ESTA PORCARIA DE PRIVIATIZAÇÃO (QUE ANTES FUI A FAVOR), DO PSDB-PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA, DO SR. FHC-FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, EX-PRESIDENTE ENTREGUISTA DESTE POBRE “BRAZIL”.

    As telefônicasforam privatizadas em “esquemas ” montados por pessoas SEM GRANA , amigos dos mandões de plantão, associados com malandros do exterior, E PASMEM, COM O USO DE NOSSO DINHEIRTO, A PRIVIATIZAÇÃO DO FHC, FOI UMA FARSA, O TUTÚ FOI SACADO DO BNDES – BANCO DOS IDIOTAS BRASILEIROS, NÃO VEIO GRANA DE FORA, FOI UMA PRIVIATIZAÇÃO DE FACHADA.

    HOJE, TEM EMPRESA QUE NÃO PAGOU O BNDES.
    ´
    FOI UM LIBEROU GERAL DO FHC.

    Os defensores deste desastre dizem:

    -O preço do telefone diminuiu muito, antes custava ate´2 mil dólares.

    Somos todos bobos, pois a diferença entre o cutso do aparelho de antes e de hoje, É TIRADO JUSTAMENTE NO ALTÍSSIMO CUSTO DO MINUTO, SEUS BOBÕES, VOCES PAGAM EM PRESTAÇÕES ESTA DIFERENÇA.

    Não passem em frente a uma loja de celular, pois eles vão lhe jogar uns dois celulares DE GRAÇA, para voce usar bastante e pagá-los aos poucos junto com a conta mensal.

    Nuca reclame nada prá essa gente, nos infernais “call-center”, pois eles nunca vão atender. Chame o FHC e a TURMA DO PSDB..

    Parabéns Fábio. Foi dedo na ferida.

    LINEU TOMASS.

  2. Pedro Rosario Neto Responder

    – Ai que saudades do tempo, que tínhamos uma Telebrás, que padronizava os procedimentos no Brasil e fiscalizava, de perto, todas as empresas do Sistema Brasileiro de Telecomunicações (SBT);
    – Ai que saudades da TELEPAR, que era considerada a melhor das empresas dentro do SBT;
    – E hoje ? Já mudei várias vezes de Operadora. É um desrespeito só;
    – Mas, esperar o que ? Até o Daniele Dantas e dono de uma empresa de Telecomunicações;
    – Acorda povão…

    Abraço.

  3. LINEU, acontece que ninguém fez ou vai fazer algo, além dos políticos corruptos (nem todos) ainda temos que conviver com empresários safados (nem todos).

  4. Almasor Abbas Adilah Responder

    Banda larga é caríssima no Brasil, diz ONU

    Felipe Zmoginski, de INFO Online Segunda-feira, 02 de março de 2009 – 17h18

    Banda larga é caríssima no Brasil, diz ONU
    Brasileiros pagam mais para ter banda larga

    SÃO PAULO – Um estudo das Nações Unidas feito em 154 países classificou o Brasil entre as nações com o serviço de banda larga mais caro do mundo. A análise também rebaixou o Brasil num ranking geral que leva em conta o custo da telefonia fixa e móvel.

    Promovido pela União Internacional para as Telecomunicações (UIT), um órgão da ONU, o estudo avaliou a qualidade da infraestrutura telecom em 154 nações, o grau de inclusão digital em cada país e o custo que estas tecnologias têm para o usuário final.

    Para calcular o custo em cada país, a UIT desenvolveu um índice que relaciona o custo de um serviço telecom à renda per capta em cada nação. Nos Estados Unidos, por exemplo, para ter um serviço de banda larga eficaz o usuário compromete 0,4% da renda média daquele país. Já no Brasil, é preciso comprometer 9,6% da renda por habitante

    O custo da banda larga coloca o Brasil na 77ª posição num ranking de acesso a serviços de internet. Com o índice 9,6, o Brasil fica atrás de outros países emergentes, como Argentina (7,6), México (5,3) e Rússia (2,2). Até na China (9,6) a situação é melhor que no Brasil. O país asiático é muito prejudicado no ranking, pois o custo da banda larga precisa ser comparado com a renda per capta daquele país, que é baixa, afinal a China tem mais de 1,2 bilhão de habitantes.

    Os países do mundo onde a banda larga é mais barata são Estados Unidos, Canadá, Suíça, Dinamarca, Luxemburgo e Taiwan. Nestas localidades, o índice é igual ou menor que 0,7. A pior situação é a de Burkina Fasso. Lá, uma pessoa precisa gastar 5193 vezes a renda média de um cidadão para contratar um link de internet.

    Telefonia móvel e fixa

    Quando o critério é apenas o custo de telefonia móvel, então o Brasil piora. Numa lista de 154 nações, o Brasil aparece em 114º lugar, atrás de outras nações emergentes como a vizinha Argentina ou os membros do “BRIC, Rússia, Índia e China. Em telefonia fixa, a situação do Brasil é apenas uma posição melhor, com a classificação de 113º. A Argentina, por exemplo, aparece em 30º lugar.
    Num ranking geral que leva em conta telefonia fixa, móvel e banda larga o Brasil aparece na 60ª posição, seis classificações abaixo da obtida há um ano, no estudo da UIT divulgado em 2008. Isto ocorre porque outras nações melhoraram o acesso à web de forma mais rápida que o Brasil no ultimo ano.

    A favor do Brasil, o estudo registra um esforço de inclusão digital. Desde 2002, o país melhora o índice de penetração da internet nos lares seguidamente. Há seis anos, a web estava presente nos lares de 14,2% dos brasileiros. Atualmente este índice subiu para 20,8%.

    A penetração da internet no Brasil é superior a de nações membros do BRIC, mas ainda muito distante do número registrado em países ricos, como Estados Unidos, Japão, Reino Unido ou Alemanha. Nestes locais, a web está em mais de 70% dos lares, afirma a UIT.

  5. LINEU TOMASS

    Concordo sobre o seu relato.

    Todavia não podemos esquecer que menos a população foi privelegiada nas privatizações.

    Até o filho do Lula tirou seu $$$

    MAs beneficios para nós meros usuários NADA.

  6. Tenorio Cavalcante Responder

    O acesso a Internet banda larga é caro por que existem tributos demais. A ANATEL não cobra metas das operadoras com relação a este quesito e as ações de prefeituras e ONGs que poderiam alavancar isso são timidas. Outro fator a se considerar é a Infra Estrutura das redes de Telecom ( chamada de “last mile” – ultima milha). Se não houver um comprometimento das operadoras e nem metas para que elas modernizem essa infra estrutura, vamos ter um colapso na rede em breve, com tantos videos e imagens trafegando. Se fosse no tempo da TELEBRAS seria bem pior – o serviço seria mais caro e ruim com certeza e somente os muitos ricos teriam acesso – convido os saudosistas de plantao a conhecer a banda larga de CUBA, VIETNAM DO NORTE e IRÃ.

  7. Sempre aparece um ILUMINADO querendo nos comparar com países da vanguarda do atraso. A culpa sempre é dos tributos já que é fácil transferir a responsabilidade para o governo.
    Realmente nada está tão ruim que não possa piorar, a não ser com comparações desse nível.

  8. Vocês querem o que de um país onde criminosos mais perigosos que Beira-Mares e Elias Malucos da vida estão no poder??

Comente