Uncategorized

Empresários reagem contra o novo salário mínimo do Paraná

O aumento no mínimo regional no Paraná já provoca reações do empresariado. A Federação das Indústrias do Estado do Paraná se posicionou contra o novo valor anunciado hoje pelo secretário de planejamento Enio Verri, entre R$ 615 e R$ 619, a partir de 1º de maio.

O presidente do Conselho de Relações de Trabalho da FIEP, Hamilton Stival, acredita que o aumento de 14,9% é desproporcional à situação da maioria dos empresários. Em entrevista à Band News FM, ele também reclama que os empregadores não foram chamados a participar da discussão. Ouça:

Ou clique aqui para baixar o arquivo em formato mp3.

8 Comentários

  1. Porque que o Requião não baixa de uma vez um decreto proibindo a pobreza no Paraná, afinal, querem resolver tudo no canetaço mesmo. Aproveita e proibam as estradas de ficarem esburacadas, as pessoas de ficarem doentes, e assim por diante. 90% dos políticos são uns asnos que não parecem ter noção do que acontece no mundo real da iniciativa privada, onde o dinheiro não vem certinho todo mês e onde existem contas a pagar com o próprio dinheiro.

  2. Se os senhores deputados tiverem um minimo de bom-senso, saberão que esse mínimo é INEXEQUÍVEL, vai ocasionar demissões em massa e nenhuma contratação, porque as empresas estão com problemas de caixa, por conta da crise que se instaurou em toda parte, mundo afora.

  3. É o Governo do Estado fazendo cortesia com o chapéu alheio… Aliás, será que esse é o mesmo Governo que entrou no STF contra o piso nacional dos professores? Que incoerência! Que vergonha! Estes últimos dois anos vão demorar para passar…

  4. Nara Lee Hewitt Responder

    Realmente, receber bem por seu trabalho todos merecem, contudo, quanto mesmo de aumento o estado do Paraná e Prefeitura de Curitiba dão aos funcionários? Que classe de trabalhadores recebeu quase 30% de aumento em 2 anos? Pois o ano passado também houve um aumento de 15%. Como pode-se gerar emprego desta forma?

  5. Por que o Senhor Governador não aumenta também os professores e funcionários? Como pode um professor iniciar a carreira ganhando 515, ou seja, faça o que eu mando mas não faça o que eu faço.

  6. Senhores não adianta reclamar pois, foram muitos de nós que colocamos o Sr. Roberto Requeião e outros que fazem parte do seu governo como nossos representantes, agora é só esperar e ver se novamente muitos vão coloca-los em outros cargos publicos, eu sinceramente espero que não, um governante como esse e outros exemplos que existem nesse nosso Brasil, será muita burrice votar neles.
    grato pelo espaço

Comente