Uncategorized

TSE cassa governador do Maranhão e empossa Roseana Sarney

Da Agência Estado

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou ontem o mandato do governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), e determinou que o governo daquele Estado seja assumido pela senadora Roseana Sarney (PMDB-MA), segunda colocada na eleição de 2006.

Assim, a oligarquia dos Sarney voltam ao poder no Estado que domina há mais de sessenta anos.

A decisão foi tomada durante o julgamento de um processo no qual Lago foi acusado de abuso de poder e compra de votos. Foi a segunda cassação de governador em menos de um mês. No dia 17, o TSE confirmou a cassação do então governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), e a posse do então senador José Maranhão (PMDB).

Cinco dos sete ministros do TSE concluíram que na eleição de 2006 ocorreram irregularidades que beneficiaram a candidatura de Jackson Lago e prejudicaram Roseana Sarney. Entre outras acusações, a oposição alegou que foram feitos 1.817 convênios no ano da eleição entre o governo estadual e prefeituras e associações civis.

O relator do caso no TSE, Eros Grau, disse que ficou comprovada a compra de votos em Imperatriz, com a prisão de eleitores e a apreensão com o motorista de um vereador de R$ 17 mil em notas miúdas, de uma tabela com valores que seriam pagos em troca dos votos e de santinhos de Jackson Lago.

“A lei é para ser aplicada”, afirmou Eros Grau. “Não há, no caso dos autos, exceção. Não há nada que justifique a desaplicação da lei”, disse o relator. “A prova é contundente para caracterizar a captação ilícita de sufrágio”, concordou o ministro Ricardo Lewandowski. Essa compra de votos teria sido confirmada posteriormente em depoimentos, observou o ministro. (Mariângela Gallucci)

21 Comentários

  1. Graaaande negócio!!
    Algo como trocar Requião por Beto Richa… as rugas da lida à beira da via dão lugar à maquiagem adquirida à beira do Sena.
    A atividade fim continua a mesma!

  2. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Agora o Estado do Maranhão vai ter um crescimento gigantesco, mais escolas, mais postos de saúde, mais praças públicas, mais conjuntos de moradias, mais cadeias públicas, tudo para dar mais nomes de familiares de Sarney.O jornalista Sebastião Nery, escreveu uma crônica, sobre os nomes dados no Maranhão de orgãos públicos da familia Sarney, quando tiver oportunidade, transcrevo aqui neste Blog do Fábio.

  3. Novamente uma notícia mal postada. Roseana só assumirá quando forem esgotados todos os recursos. Portanto, como Lago já entrou com recurso, Roseana não assumiu. Ademais, há o fundamento legal de, em face do tempo decorrido do atual mandato, haver eleição da Assembleia para o novo governador.

  4. Até onde eu sei eles continuam no cargo até que todas as possibilidades de recorrer da decisão se esgotem. Acho q

  5. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    SFU, Sim, se ela assumir tem que renunciar o mandato de Senadora.Aviso ao Público:” A Roseane Sarney é Senadora da Republica”, do Maranhão”, filha do Presidente do Senado Federal, Senador José Sarney, que é quem nomeou o Diretor-Geral do Senado, dono da casinha do lago, que está no nome do irmão, que é deputado federal, mas não consta da Declaração do Imposto de Rendas.Entenderam? Não vou explicar mais nada!

  6. O despota do Iguaçu estaria na lista dos governadores cassados, se o o Osmar Dias não cagão e tivesse jogado a toalha depois da eleição. Sua equipe juridica tinha uma consistente Ação de Impugnação, mas o barbudo laranjou e não quiz deixar os advogados entrarem na Justiça Eleitoral, impugnando a eleição. Aliás o requion se safou ate´agora pela froxidão do Lerner e do Osmar Dias.

  7. O Maranhão é um estado empobrecido por um clã, o dos Sarney. Mas, também pudera… eita povinho para votar sempre nos mesmos sanguessugas.

  8. Muito bem explicado pelo Sylvio. Apenas, lembro que a lista de desmazelos públicos dos Sarney está incompleta. É muito maior do que esta. Se o bom jornalismo iniciar por listar, então que o faça com competência. Especialmente, é importante lembrar que a própria Roseana é motivo de ação judicial, junto ao TSE, pelo mesmo motivo da cassação do Lago e, cujo julgamento dar-se-á sequencialmente. Agora, o fulcro da questão postada é que senadora ainda não assumiu e não poderá fazê-lo, enquanto durar a ação do atual governador.

  9. A revolução no Maranhão terá que ser biológica, ou seja, só quando Sarney morrer!!!!!!!!!!

Comente