Uncategorized

Delegada acusada de extorsão interrogada pelo Ministério Público

marcia-marcondes

A delegada Márcia Marcondes (foto) já foi levada no carro da Rone para a sede do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná. Ela é suspeita de extorsão e formação de quadrilha num esquema comandado de dentro da delegacia do Alto Maracanã, em Colombo.

Márcia foi levada no carro da Rone, em companhia do marido, José Braga, superitendente da delegacia, que também foi preso. Mais de 30 mandados judiciais (prisão temporária e busca e apreensão) estão sendo cumpridos desde hoje de manhã. Três investigadores da delegacia fugiram assim que souberam da operação do Gaeco.

Policiais da Rone terminaram há pouco a contagem dos presos da delegacia do Alto Maracanã, que será interditada. Eles foram levados para o pátio para que fosse feita a contagem do detentos que serão transferidos, ainda hoje, para outras delegacias já superlotadas.

16 Comentários

  1. Pois é com inumeros problemas no sistema carcerário brasileiro ainda existem delegados corruptos que acabam cometendo crime de abuso de autoridade. Nesse caso quando um policial ou delegado comete crimes deve ser afastado do cargo para ser julgado de forma diferente, sendo primeiramente julgado pela instância máxima da policia civil que é a corregedoria, e a s provid~encias tomadas pelo delegado geral. Mas quando se trata de um código penal antigo e deficiente o processo sempre demora para terminar. O sistema penitenciario brasileiro esta empacado.

  2. De novo:

    16/03/2009

    Policiais toleram atos ilícitos de colegas, diz estudo

    Meio assistente social, meio agente de repressão. Uma radiografia inédita do policial civil e militar brasileiro revela um profissional que possui ao mesmo tempo ideias “ongueiras” e conservadoras sobre a criminalidade. Na relação com os colegas, porém, desvendam-se pactos de silêncio e cumplicidade. E nos questionários da Fundação Getúlio Vargas (FGV) detecta-se um comportamento comum em todos os Estados: complacência com atos de corrupção, que impedem o policial de denunciar colegas envolvidos em atos ilícitos.

    A pesquisa revelou associação significativa entre o padrão de escolaridade do policial, o nível de aceitação da corrupção e outras transgressões policiais. Menos anos de escola, mais “deixa pra lá”. Como, em média, 49,77% dos policiais brasileiros possuem apenas ensino médio, o quadro é preocupante. “Mostramos que a educação tem um papel muito importante no processo de construção de um sistema de segurança mais eficaz e imune à corrupção”, dizem os coordenadores da pesquisa, os professores Marco Aurélio Ruediger e Vicente Riccio.

    Esse levantamento traz “opiniões e valores” dos agentes sobre temas de segurança pública e sobre o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), carro-chefe das políticas do Ministério da Justiça para reverter o cenário de violência no País. Foram realizadas 23.540 entrevistas em 23 Estados de todas as regiões, entre 3 de dezembro de 2008 e 18 de janeiro deste ano. Amapá, Goiás, Paraná e Distrito Federal ficaram de fora.

    Os policiais tendem a ver o ingresso no mundo do crime como produto de pressão do ambiente, do meio social, e não como opção pessoal ou fruto da repressão insuficiente. Para 74,38% dos entrevistados, a pobreza e a desigualdade são as causas principais da criminalidade. Mas 89,11% defendem a redução da maioridade penal, atualmente em 18 anos. E quase todos – 91,39% – mostraram-se contrários à liberalização de drogas leves. Já 75,67% acreditam que os crimes de homicídio, tráfico de drogas e estupro têm punição branda pela lei penal brasileira. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Fonte: Agência Estado

  3. …..é visivel a qualqur leigo que a estrutura policial de Colombo é conivente com os Bandidos e as quadrilhas ali instaladas…dão cobertura a elas e em resposta recebem dinheiro e “proteção” ,….dos marginais tem policial que tem tv de plasma até no canil do cachorro e com o sálario que recebem muito luxo é imconpativel com o patrimonio…….”abra o olho gente”….”tem muito motor nesta roça”

  4. Certo!! Mas como pode o casal trabalhar na mesma delegacia, e para ai, quem foi que colocou os dois lá, indicação de quem, Apareçaaaaaaaa!!!

  5. Quando o REIquion, assumiu a Secretaria de Segurança, no segundo governo disse que era para tirar a BANDA PODRE DA POLICIA DO PARANA.
    Das duas uma:
    Foi incompetente e não tirou a malandragem da policia ou então
    Criou outros malandros no seu governo.
    Fácil prever e nem precisa ser advinho como foi o Nostradamus, para ver o fim melancólico deste governo. Na area de segurança estamos viveno o caos. Hoje os militares se manifestaram contra a politicva salarial do REiquion, e do seu sabujo Anselmo, que querm dar aumento apenas ao oficiais.

  6. Tem que ver em quem esses policiais estão se espelhando, muitas vezes os exemplos (criminosos) vem de cima, bem de cima, acima……!

  7. e a Delegada ainda recebe congratulações da Câmara Municipal “conforme foto” falta do que fazer nobres vereadores …. é de matar ….policia corrupta de um lado e politicos de outro…….”chamem o ladrão” socorro!!!!!!!!!!!!! e devolva o prato de porcelanaa

  8. mais um caso de nepotismo no Parana; marido e mulher trabalhando no mesmo balaio……..ha….ha….ha….ha…….

  9. não julguem antes do resultado do devido processo legal, pessoas como o secretário de segurança pública, infelizmente afastaram-se da vida acadêmica, já considerando os indiciados como criminosos, desrespeitando o princípio da não-culpabilidade prévia ou da inocência. É lamentável

  10. É isso aí Zé Justiça Responder

    É isso mesmo José Justiça, espinhafram o cara, “condenam” prevaimente e depois não provam nada. Daí a honra só serviu para alegrar a bandidagem. Não tem dinheiro que pague a honra afetada desta forma. Calma com o andor….. Pena que o rigor não é o mesmo nos escândalos do próprio governo…. Ceasa, Paraná previdência, etc, etc, etc…….

  11. Essa delegacia sempre protagoniza manchetes de corrupção… o mano Maurício poderia ir prá lá resolver, ele é o melhor delegado do mundo!

  12. A propósito, existe até um fato inusitado de uma obra construída pela construtora Squadro que, desabou. A construtora Squadro tem vínculos íntimos com a atual administração e, tudo leva a crer que, tal “obra” tenha sido construída com material de péssima qualidade e, tudo leva a crer também que, houve manipulação na licitação. Assunto para o ministério público.

  13. VAMOS DENUNCIAR TUDO Responder

    PARABÉNS COLOMBO, PARABÉNS PELOS NOVOS DELEGADOS, SÃO NOVOS E, PORTANTO, SEM VÍCIOS AINDA, ACREDITO NELES QUE TEM O DESEJO DE DAR RESPOSTAS SÉRIAS À SOCIEDADE, OS CIDADÃO DEVERIAM TOMAR CONHECIMENTO DE COMO FUNCIONA UMA DELEGACIA E NÃO DEIXAR CHEGAR NO PONTO QUE CHEGOU, IMAGINEM? DELEGADO E SUPERINTENDENTE, QUE É UM CARGO FICTÍCIO, QUE NEM EXISTE, E ELES FICAM SE ACHANDO, IMAGINEM TODOS PEGANDO GRANA DE BANDIDO? MEU DEUS, ONDE VAMOS PARAR?

  14. QUEM É QUE DÁ IMPORTÂNCIA PARA O QUE O STF, DIZ NÃO É DR. DELAZARI??

    “Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) avaliaram ontem que a Operação Castelo de Areia mostrou que os excessos nesse tipo de investigação da Polícia Federal continuam a ocorrer. De acordo com eles, é inadmissível que se mantenha a tática de prender suspeitos apenas para ouvi-los.”

  15. Como sera que ficou,o caso da delegacia do Alto Maracana,pois so substituir a equipe nao e suficiente.Alguem cumprira pena?Quantos,dos envolvidos responderam,e receberam sançao?Sera dada outra unidade para essa equipe,(a denunciada),comandar?
    POR UMA CIDADE DE COLOMBO AINDA MELHOR.

Comente