Uncategorized

A Polícia Federal tem compulsão exibicionista, diz Élio Gaspari

distintivo-pf

De Élio Gaspari, na Folha de hoje

“A Polícia Federal não toma jeito. Uma compulsão exibicionista associada à obsessão para incriminar suspeitos acaba desmoralizando suas ações.

Durante os trabalhos de busca e apreensão de provas contra os diretores da empreiteira Camargo Corrêa, a PF fotografou e divulgou oficialmente (repetindo, oficialmente) uma mesa onde se exibiam objetos encontrados na casa de um deles.

É o teatrinho da mesa. Nela havia um pacote de dinheiro, bijuterias, um anel, um cortador de charutos (horrível), um par de óculos e um estojo da loja Cartier.

Que direito a PF tem de entrar na casa de uma pessoa em busca de provas de crimes financeiros e sair por aí distribuindo fotografias dos objetos de uso pessoal da família?

Bernard Madoff deu um tombo de US$ 50 bilhões no mercado. Foi apanhado em dezembro, colocado em prisão domiciliar e há pouco foi encarcerado.

A polícia nunca divulgou fotos de seu apartamento. Prender delinquentes é uma coisa, esculachar suspeitos é outra.

Se uma patrulha for à casa do delegado Alberto Iegas, coordenador da PF em São Paulo, certamente poderá montar um teatrinho constrangedor. (Com uma ressalva, em seu benefício: é improvável que ele faça compras na Cartier).”

11 Comentários

  1. O bom no Brasil, é sempre que a Polícia investiga e prende poderosos e envolve empresas eternamente suspeitas de envolvimento ilícitos com políticos, a grande imprensa corre imediatamente em socorro desses, acusando a Polícia.

  2. Parece piloto de avião da década de 60, quando punha um rayban. Essa PF se acha acima de todos, nas nuvens.

  3. A PF põe medo em muita gente e tem cumprido um papel importante na história do Brasil, principalmente nos últimos anos. Eis aí uma diferença em relação ao período do governo de FHC, quando a PF tinha restrições para investigar determinados casos.
    “Compulsão exibicionista”… acho inevitável que uma ação como esta que resultou na prisão de empreiteiros, que financiam muita gente, não dê a repercussão que deu. Isso é positivo porque mostra o limite para corruptos. Claro que tem gente que não gosta, principalmente, os investigados ou os financiados… Não esqueçamos que a Camargo Correa tem conta aqui em Curitiba que não é baixa (lixo e linha verde) e que “investiu” nos dois lados que disputaram a eleição. Acende uma vela para Deus e outra para o diabo…

  4. Estranho o Elio defender empresarios da Camargo Corrêa.
    Estranho?
    Não,não é estranho,pois ja ficou demostrado que tem muitos “jornalistas” na folha de pagamento de grandes empresarios

  5. Quem vai se desmoralizando é o poder judiciario que manda soltar os bandidos imediatamente e os jornalistas que os defedem. As informações correm solta, ninguem mais detem exclusividade. O melhor é procurar manter a credibilidade.

  6. Ao que me parece estamos vivenciando uma fase interessante na evolução do processo democrático brasileiro. Desacostumados com as garantias individuais apresentadas na CF de 88, alguns aplaudem os desvaneios daqueles que querem instituir um Estado Policialesco dentro de um Estado Democrático de Direito. Não há espaço para ambos. Ou aprendemos a lidar com as liberdades conquistadas após anos de repressão, ou abrimos a porta para que a luz se vá e a escuridão reapareça.

  7. E os políticos compulsão por corrupção…

    E os jornalistas compulsão por lamber botas dos poderosos…

  8. A PF é uma Instituição série e que coloca vagabundos de terno e colarinho na cadeia. O Brasil é um país melhor assim.

  9. ACHO O TRABLHO DOS FEDERAIS O MAXIMO O GOVERNO BRASILEIRO DEVIA EQUIPAR ELES COMO A POLICIA FEDAERL AMERICA PRA ELES serem UMa SUPER POLICIa SIM,PRA COLOCAR NA ACDEIA QUEM SEJA BANDIDO A VERADAE E QUE NESTE PAIS OS RICOS MADAM LA NO NORTH AMERICA QUEM AND SAO OS FEDERAIS GOSTO DO TRABALHO DA PF ,E PRONTO

Comente