Uncategorized

Beto Richa pede
a desoneração do transporte coletivo
desde 2005

A Prefeitura de Curitiba emitiu nota para afirmar que a briga pela desoneração dos custos do transporte coletivo é do prefeito Beto Richa desde 2005, quando ele chegou a mobilizar todos os prefeitos do país em defesa da redução da carga tributária que encarece o transporte público.

Por isso mesmo, a Prefeitura vê com bons olhos a iniciativa do governador Requião, ainda que tardia. E espera que o bom relacionamento de Requião com Lula ajude a convencer o governo federal a fazer o mesmo.

Para ler a íntegra da nota da Prefeitura, clique no Leia Mais

Nota

A Prefeitura de Curitiba apoia a luta pela desoneração dos custos do transporte coletivo desde 2005. Foi pioneira na liderança pela mobilização de prefeitos em todo o Brasil em defesa da redução da carga tributária que encarece o transporte público.

Em março de 2005, por iniciativa do prefeito Beto Richa, aconteceu em Curitiba o primeiro encontro nacional de prefeitos para debater o tema. Com a presença de autoridades dos maiores municípios brasileiros, foi elaborada a “Carta de Curitiba”, que defendeu a necessidade de diminuir a carga tributária em todas as esferas de governo em nome do barateamento das tarifas do transporte coletivo. A luta de Richa foi encampada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que levou o pleito ao presidente Luís Inácio Lula da Silva, em agosto de 2005.

Na esfera de competência municipal, foram adotadas em Curitiba todas as medidas possíveis para o barateamento da passagem de ônibus. O Imposto Sobre Serviços (ISS) cobrado das empresas operadoras das linhas de ônibus do transporte coletivo tem alíquota de 2%, o percentual mínimo nacionalmente permitido.

Dessa forma, é muito bem-vinda a participação do governador Requião nessa luta, haja vista que a redução do ICMS sobre o óleo diesel é componente importante das reivindicações, em todas as esferas de governo, lideradas nacionalmente pelo prefeito Beto Richa para desoneração dos custos do transporte coletivo. O prefeito Beto Richa também espera que o bom relacionamento do governador Requião com o presidente Lula colabore para que as reivindicações feitas ao governo federal sejam atendidas.

Prefeitura de Curitiba

5 Comentários

  1. Eu vi… estava no auditório quando o Duce prometeu que cortaria o ICMS sobre o diesel do transporte público de Curitiba há uns 3 anos atrás. Por que deveriamos acreditar agora??

  2. Será que este governador tem mesmo memória já que o nariz é comprido de tanto que já mentiu em campanhas como a maior delas o pedágio que não acabou e nem baixou até hoje. ETA cabra safado

  3. Ainda é R$ 2,20 !! Responder

    100% curitibano e gostaria de elogiar o transporte.. mas ando em onibus de outras cidades… infelizmente aqui pode até ser exemplo.. mas para lugares que não tem ninguem que lute por uma estrutura melhor… Só vejo onibus sendo repostos e não surgindo mais como dizem as bocas… ainda continua muito calor humano dentro dos onibus… o que falta para fazerem isso funcionar? cade a qualidade? a linha verde só vai do sul ao norte… e o lado oeste?

Comente