Uncategorized

Cresce a indignação
contra a farra das
passagens aéreas

Os editoriais na mídia são cada vez mais contundentes para os parlamentares que usaram passagens aéreas pagas pelo Congresso para dar viagens ao exterior aos seus filhos.

O Paraná figura com destaque. Além de 1/3 dos deputados federais, agora sabe-se que dois dos três senadores do Paraná — Alvaro e Osmar Dias — usaram passagens para dar viagens ao exterior para seus filhos.

Para que se tenha uma idéia da reação, veja o vídeo que mostra o jornalista Luiz Carlos Prates, da RBS, verberando contra a imoralidade. Os políticos, por sua vez, procuram amenizar o escândalo e justificar o injustificável.

37 Comentários

  1. Muto interessante. De repente, só o Congresso é colocado em destaque. Por que não se fala do Lula? Por que não se fala da familia toda do Lula?

  2. E o escandalo do Lixo de Curitiba? E o das sogras dos assessores do prefeito? E o escandalo da redução do tamanho dos onibus para maximização dos lucros das empresários Gulin et caeterva? E o escandalo das motos sem silencioso que andas livres e soltas porque sào protegidas pelo prefeito-motoqueiro? E o escandalo do Massaranduba, que denunciou que ônibus de Curitiba não paga multa e foi demitido pelo “prefeito-perfeito” ? E o escandalo da Consilux que ganha 800 por mes para multar os cidadãos de bem?

  3. Realmente é intolerável. Recentemente o requião foi à Europa, com toda a trupe, às custas do dinheiro público.

  4. Osmar e Álvaro também não podia ser diferente.
    Requião, Álvaro e Osmar fazem o trio da mentira, da hipocrisia, da falsidade, da demagogia.
    Pobre Paraná.

    Dale, dale, dale …oooôôôô,
    Dale, dale , Beeetoôô,
    Aqui você já ganhôôôuuuu.

  5. Tô contigo e não abro, fechemos o Congresso já e convoquemos uma nova constituinte para diminuir o numero de deputados, senadores, vereadores, chega de abusos.

  6. Chrystian S Wowk Responder

    Pura Verdade Campana!!!

    Beto no dia do trabalho em Foz/Cascavel, ele é prefeito de onde mesmo???

    Requião também por lá…e os outros viajando, claro com passagens pagas por nós, pobres mortais….

    2010 vem aí….acorda povo, não aceitem a miséria de atendimento público, isto é OBRIGAÇÃO, fiz postos de sáude, hospitais, educação…oras isto é OBRIGAÇÃO, ESTÁ NA CONSTITUIÇÃO…

    Hipocresia achar que fazem obras é bom, eles são “bons” administradores, “austeros, hahaha ledo engano.

    Onde está a verba da saúde de Curitiba que sumiu??? Hein Beto, Requião e os seus apadrinhados…

    Basta, votem com consciência, não por que ele é bonito, ta bem na pesquisa, ou que é “austero”!!!

    Cordialmente Campana parabéns pelo blog, o melhor do Paraná no tema.

    Chrystian Sobania Wowk

  7. Estou no Acre onde participei ontem de evento reunindo vários partidos. Da portaria do hote e muito rápidamente escrevo aqui para esclarecer.

    Uma noite , estava eu em Brasilia e recebi apelo de deputados estaduais que debatiam a venda da COPEL. Disseram-me que minha presença seria decisiva para impedir que a maioria aprovasse a venda. Sem vôos naquele horário, fui obrigado a fretar um jatinho.
    Cheguei de madrugada. Cumpri meu dever e paguei 15.000,00 . Não reclamei e não pedi ressarcimento. Nem mesmo cobrei a “vaquinha” prometida pelos deputados estaduais . Ninguém noticiou que paguei. Não foi a única vez. Muitas vezes ,sobretudo em finais de semana quando o gabinete está fechado e tenho que viajar , pago com meus próprios recursos.Especialmente no interior do Estado viajamos muito(no exercício do mandato) e custeamos nossas viagens. Portanto se eventualmente se utiliza a cota para resolver emergencialmente a necessidade de viagem de um filho, como ocorreu, não se está cometendo qualquer ilícito.

    A chamada farra das passagens é hipocrisia. Essa prática vem desde que o parlamento existe e é universal.
    A cota é destinada ao parlamentar que é autorizado a utiliza-la como melhor lhe convier. Não hà devolução de valores. A destinação é irreversível. Se o parlamentar não gasta-la totalmente , acumulará, para utilização futura. Mesmo que deixe de ser parlamentar. Todos os parlamentares , não sei se há exceção à regra, utilizam passagens para atendimento de lideranças sindicais ou de associações, pessoas doentes , emergências ,etc.No caso do Pequeno Cotolengo, recebi por oficio a solicitação e atendi. Nada mais justo. Quem conhece a instituição sabe do que estou falando. É comum também a utilização com familiares. O Presidente Lula acabou de dizer no Jornal Nacional que quando era parlamentar usava sim sua cota de passagens para levar a Brasilia sindicalistas.
    O Senador Pedro Simon reconhecido por sua postura ética inquestionável, declarou que adota a prática a 30 anos , porque é legal, moral e foi esse o modêlo instituido.Em determinado momento ele e eu, dividimos passagem de ida e volta do Paraná a Brasilia, para doente fazer tratamento no Sarah.
    Repito , o modelo vigora desde que existe o parlamento.

    AGORA mudamos. Não será mais assim. O Senado aprovou em plenário a redução dos valores em cerca de 20% e as passagens serão intransferíveis.

    Em respeito aos que em mim confiam afirmo. Nunca me preocupei com o que entra em minha conta bancária .Minha motivação na plítica é outra. Só quero ser respeitado. O dia em que não puder ser respeitado, vou embora.
    AD

  8. Gilmar Fernandes Responder

    Parabéns ao jornalista Luiz Carlos Prates. Se, nós, cidadãos brasileiros tivessemos mais coragem, já teríamos tirados do poder estes plíticos usurpadores do suado dinheiro do contribuinte. Pior ainda é ver alguns paralamentares tentar justificar o injustificável. Se toda a imprensa brasileira fizesse o mesmo, diminuiríamos esta palhaçada. Certo está o Senador Cristóvam Buarque, é preciso fechar o Congresso Nacional e começar tudo de novo, com novas regras.

  9. Chrystian S Wowk Responder

    Em relação ao Senador Alvaro Dias, reafirmo meu apoio, sou eleitor dele e continuo a confiança no prezado Senador.

    Att.

  10. O que mais irrita, não é o dinheiro gasto com passagens prá avó, filho, nora e outros afins. É sim, o descalabro dos políticos que se auto denominam de arautos da moralidade pública. O senador Álvaro Dias é um deles. Gostaria de entender de qual é moralidade eles se referem. Pagar com verba pública gastos estratosféricos de celular é correto? É certo esse circo em torno das passagens aéreas? Ora.. Todos eles se beneficiam de mordomias. Só não venham, com a maior cara de pau, falar em ética e o biscambau. Recentemente na TV passou a propaganda política do PPS. E aí eles usam o bordão “Partido limpo” Gostaria de entender que limpeza é essa. Acho que todos deveriam se olhar no espelho e fazer uma reflexão sobre seus atos e parar com tanta de hipocrisia. Meus olhos e ouvidos não são penico. Não é à toa que quem está no poder se perpetua. Não é à toa que as chances de ganhar uma eleição é triplicada para quem já exerce cargo. Também podera. Eles passam o mandato todo fazendo campanha com o nosso dinheiro. Será que essa galera antecipadamente intitulada de candidato para 2010 viaja para baixo e para cima com o dinheiro próprio? Duvide – o – dó.

  11. Olá Senador parabéns pelo seu comentario.o senhor sempre teve uma postura coerente em relação aos escandalos que acontecem no congresso.
    Espero que saia candidato ao Governo do Estado pois com certeza é o melhor nome hj para o nosso estado.
    Quanto ao que comentaram sobre a administração do Beto concordo,ele que fale menos e trabalhe mais.
    Afinal alguem sabe onde foi parar os 4 milhoes de reais desviados pelo funcionario da secretaria da saude.
    Perguntem ao Caputo ou ao Ducci que pensa que vai ser prefeito em 2012.

    Att

    André Sobania

  12. Parabéns Senador Alvaro Dias pelo brilhante esclarecimento. Agora eu gostaria de ver o tal Beto Lerner Richa esclarecer quem paga suas churrascadas pelo interior do Paraná.

  13. No fundo o grande culpado é JK e sua dileta filha, Brasília…. JK – que também foi pai da inflação e da dívida pública – construiu um monumento à impunidade, pois só aos ricos, aos funcionários públicos bem pagos, aos sindicalistas pagos com contribuições compulsórias e os barões do movimento sem-terra donatários de recursos públicos é possível viajar à Brasilia para protestar, ou melhor no caso destes, para reivindicar maiores privilégios… Brasília é a Babilônia do Apocalipse, uma ilha da fantasia, onde os políticos se escondem do povo e andam como toda liberdade sem serem incomodados ou xingados…

  14. Hoje pela manhã, por telefone, o Orley, diretor de comunicação do Pequeno Cotolengo de Curitiba, me informou que conversou com o Padre Valdeci, diretor-geral do Instituição, sob o problema das três passagens doadas pelo senador Álvaro Dias, às representantes do Cotolengo para participar do evento em Buenos Aires, que possibilitou a presença da entidade num grande evento de âmbito internacional. Disse-me que será distribuida ainda hoje, uma nota oficial à Gazeta do Povo e à este blog do Fábio Campana, esclarecendo tudo.

    “Ninguém foi fazer turismo”. “Àlvaro dias, principal colaborador, pessoa física, do Cotolengo, sempre nos atendeu prontamente”.
    “Ainda nesta semana encaminhamos relatórios e documentação necessária ao Senado Federal para liberaração de mais uma verba do senador, de mais de 100 mil reais, o que nos ajudará e muito”

  15. Pedro Vigário Neto Responder

    – “Nobre” senador Alvaro Dias, o que está errado, está errado aqui e lá na China ! Não se justifica toda essa ladainha;
    – Se o Sr. gastou R$ 15.000,00 com dinheiro particular,para fretar um avião, deveria ter entrado com um processo para resgatar o seu dinheiro (depois do caso ser analisado). Não queira misturar alhos com bugalhos;
    – Se este sistema esta errado desde o ínicio, o que o senhor fez este tempo todo, que não propos uma mudança para corrigí-lo ? E a lei do Gerson ? Todo mundo quer levar vantagem ?
    – Este tipo de posicionamento, lembra o funcionário que só trabalha quando o patrão está por perto. Todo m undo se lambuzou e agora querem espenear, só porque a imprensa divulgou ? Estava errado senador e o senhor sabe disto;
    – Todos foram Maria vai com as outras. Ninguém levantou a voz para defender os interesses do povo brasileiro. Esta farra das passagens é com o nosso dinheiro, senador. Por isso não doi no seu bolso !!
    – E não venha com este papo de mencionar o Lulla, como referência !!! Tenha a santa paciência.
    – E olha que até agora tenho votado no senhor. Depois deste depoimento vou rever meus conceitos nas próximas eleições;
    – Seria mais ético da sua parte, dizer que errou e que devolveria o dinheiro;
    – Tô de saco cheio de tanta falcatrua com o meu dinheiro.

  16. Pedro Vigário Neto Responder

    – Completando minhas observações acima. Agora para os leitores :
    – Agora não adianta todos os políticos virem com cara de pau tentando explicar o que não tem explicação;
    – Agora não adianta ficar criando reguinhas, que já deveriam existir desde D. Pedro. O problema não é ter ou não ter regrinha, o problema é ter ou não ter VERGONHA NA CARA !!!!
    – Se você trabalha numa empresa e percebe um colega fazendo falcatruas, que está prejudicando outras pessoas, que o que está sendo feito não é ético, etc, você não tomaria alguma atitude ? E cadê os outros deputados e senadores que se dizem “bonzinhos” que nunca comentaram nada para ninguèm ? (também usaram né ?);
    – É ou não é a casa da mãe Joana. O que precisamos é nos indignarmos, pois é com o nosso suado dinheirinho, que poderia estar sendo usado para melhorar a SAÚDE, EDUCAÇÃO e SEGURANÇÃ PÚBLICA. Ou você acha que está tudo bem ?
    – ACORDA POVÃO !!!
    – Para ser representante do povo brasileiro, deveriam trazer tudo do berço (Ética, Educação, Honestidade, etc), mas infelizmente estamos sendo representados por todo este tipo de gente, que hoje está no congresso;
    – Depois de tantas falcatruas evidenciadas pela imprensa, os deputados federais e senadores que tivessem um pouco de vergonha na cara, pediriam para sair enquanto é tempo (Duvido deodô);
    – Mas é o seguinte, estes caras, fomos nós que colocamos lá (sic). Vamos ver se nas próximas eleições nós substituimos 100% dos atuais políticos (federais, estaduais e municipais). Vamos tentar até acertarmos os nossos votos;
    – Nossos filhos, netos e bisnetos merecem um País justo e políticos honestos e éticos;
    – Tô de saco cheio desta gente;

    Abraço.

  17. Alvaro Dias,Repito e façominhas as palavras do Luiz Carlos Prates, entendeu?
    Eu não tenho pq pagar os passeios de tua filha camarada!!!!!

  18. Concordo em número, gênero e grau com tudo que o jornalista Luiz Carlos Prates está falando, é um absurdo essa farra com o dinheiro público, o pior é como diz o jornalista, não temos Segurança, não temos Saúde e não temos uma Educação de qualidade e esse povo viajando e se esbaldando com o dinheiro do povo, isso é de indignar qualquer cidadão que tenha noção desse absurdo.Acredito que cabe a nós cidadãos de bem tomarmos uma atitude para frearmos essa pouca vergonha, precisamos mostrar nossa indignação e que não aceitamos mais essa pouca vergonha, essa falta de respeito conosco.Vamos dar um basta nisso desde agora…

  19. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Estava afastado deste Blog, mas não me contive, quando assisti este jornalista de Florianópolis a gritar e por aqui ser colocado no ar, quando escrevo, com meu nome, meu CPF e RG e se puder a minha Foto, é RETIRADO. Mas um comentarista estranho a nós é colocado para atingir os irmãos Dias , dois politicos honrados, dignos e sendo que o Senador Álvaro Dias, poderia estar recebendo salário de ex-governador desde 1991, mais de R$24 mil por mês, não sería umas passagens de avião, que até o Lula usou quando deputado federal , que vai derubar a moral politica, a credibilidade dos Senadores Dias, do nosso Paraná. Politica é Coisa Séria e não se pode abusar de divulgação maldosa e por interesses esdrúxulos.

  20. Neste incidente da “farra das passagens” (como em outros que vem surgindo no país) é preciso exercer a faculdade da discriminação, visando separar o joio do trigo, os abusos, as fraudes, a safadeza, do uso permitido, conforme o sistema então imperante no Congresso, ainda que questionável em sua essência, razão de ter sido alterado.

  21. No Jornal Nacional saiu varias matérias das enchentes anuais que deixam o nosso sofrido povo em baixo de xixi de rato de coco humano e lavagem das ruas, nada e feito e diz esse lula com dinheiro do povo que tem 77% de aprovação, na classe media, aonde essae povo ta sendo cuidado lula pt do mal.

    Passagem aerea, como assim se quando o povo precisa viajar tem que enfrentar uma ambulancia podre e caindo os pedaços eu não sabia que podia um podre se dispor de uma viagem aerea para cuidar da saude estinado pelo governo.

    Olha gente tem uma amquiagem no Brasil que precisa urgentemente ser removida, por favor que k é isso meu deus.

    Vcs sabem disso, de onde vem tanotos milhoes para vcs terem fazendas, carrões e toda mordomia gente, o povo levando fumo no rabo e vcs.

    Quanta demagogia canalhas, ladrões, tirem a mascara e deem o luxo do trabalho publico correto e da distribuição de renda verdadeira.

    Politicos anti cristos.

  22. Alguém já deu aqui uma sugestão muito importante e que merece mais destaque.
    O POVO DEVERIA SABER O PATRIMÔNIO QUE TINHAM OS POLÍTICOS E SUAS FAMÍLIAS, ANTES E NO FINAL DE SEUS MANDATOS.

  23. Passagem aérea é “merreca”…O patrimonio acumulado pelos Dias é que assusta.Deus nos livre deles, por aqui.Que cumpram o mandato em Brasilia e depois se aposentem para o bem do povo brasileiro.

  24. Acho injustificável e inapropriada a participação de Osmar e Álvaro Dias nessa farra de passagens. Tais senadores não merecem o voto do povo porque nunca se manifestaram contra os desmandos impostos pelo requião. Nunca se manifestaram para investigar os incontáveis escândalos do requião. O povo precisa exigir medidas do Congresso. Mas não se pode tirar o foco da grande nocividade da política paranaense que se chama requião. Isso não passa de uma febre. A verdadeira gangrena é o requião. Velho maquiavélico e rancoroso que nunca fez nada em prol do Paraná.

  25. Tá certo o sujeito. Falou e disse tudo que tinha de dizer. Aqui no Paraná tivemos uns deputadinhos envolvidos na farra das passagens como Silvestri e outros. Guarapuava deve estar de cabelo em pé, assim como Pitanga e municipios ao redor. A pergunta que fica é: Como continuar elegendo esses candidatos que só ferem a moral política? Será que esses municipios devem continuar elegendo essa gente? Candidatos que só pensam em levar vantagem para sí e para os seus? ACORDA INTERIOR DO PARANÁ.

  26. Lucio,. Maringaense Responder

    O patrimonio dos Dias é honrado,. Aliás, a honra é o maior patrimonio da familia.
    Calunia senhor londrinense. Apresente-se , se identifique e responda pelo que diz.
    Os DIAS possuem patrimonio sim , construido com suor e muito trabalho pelos seus pais, sobretudo.Quem conhece como eu essa familia não pode admitir tal ofensa.

  27. Não se preocupe senador Alvaro, com as ofensas, São pessoas pagas, assessores dos seus adversários da política.Exatamente aqueles que temem pelo seu retorno ao Governo,.Já conheceram a seriedade da sua ação., sua honestidade e o que mais temem é sua coragem para combater corrupção. Já teve a vida devassada inumeras vezes pelos órgãos de informação do governo .Sua vida é limpa. É uma honra para as pessoas de bem te-lo como representante. Venha e seja governador .Será a sua melhor resposta,.

  28. Senador, eu só queria saber de uma coisa, como vc disse que não se preocupa com o que entra em sua conta bancária, por que vc não pagou então do seu bolso a passagem emergêncial para seu filho, será que era emergêncial mesmo. Emergência eu entendo e quando alguém ta indo para o hospital e este não era o caso. Para o senhor vir votar na venda da copel saiu correndo e pagando da bolso R$ 15.000 isso e vergonhoso dizer, ninguém em sã consiência no mundo pagaría para vir votar e praticamente o salário de um mês de um senador, como fica suas contas. Se um trabalhador deixar de pagar suas contas no mês vai parar no seproque,credito aínunca mais na época dessa votação qual era o valor do salario mínimo. MÌNIMO DEVERIA SER O SALÁRIO DOS POLITICOS AÍ SIM ELES MOSTRARIAM QUAL SERIA A VERDADEIRA MOTIVAÇÃO POLÍTICA OU SOMENTE INTERESSE PROPRIO. SENADOR NAS ULTÍMAS ELEIÇÕES VOTEI NO SENHOR, MAS DEPOIS DESSA DECLARAÇÃO ESTOU AMARGAMENTE ARREPENDIDO, DEVERIA TER CONFIADO MEU VOTO A GLEISE, MAS 2014 LOGO CHEGARÁ. MEU VOTO NUNCA MAIS

  29. Eu NÃO vi nenhum comentarista falar da farra que o Lula e sua quadrilha aprontam com o dinheiro público. Por que será, hein?

  30. Pedro Vigário Neto Responder

    – Complementando meus comentários acima, segue o texto que foi transcrito da seção de Cora Rónai, O Globo, segundo caderno, 23/04/09. é bem curtinho e vale a pena mesmo ler e repassar, o povo de alguma meneira tem q ver quem são os políticos do nosso país, e aprender a votar.

    “Finalmente parece que começamos a ver o início de uma rebelião contra o estado de coisas que assola o país..
    Leia com atenção e repasse.
    Façamos a nossa parte.

    “Na entrevista que deu à “Veja” esta semana, Michel Temer, a excelência-mor, disse que, no Congresso Nacional, há “confusão entre o que se pode fazer e o que não se pode fazer”; disse ainda que “há falhas no controle” e que “os erros de poucos não podem contaminar a instituição”.
    Como contribuinte às voltas com o assalto do imposto de renda, de um lado, e, do outro, o noticiário simplesmente obsceno da política, tive que respirar fundo e contar até dez _ várias vezes_ para não ter um ataque de fúria. Não basta ter cara de pau para dizer isso, é preciso também subestimar, em altíssimo grau, a inteligência dos leitores. Prevarique, excelência, já que ninguém lhe disse que prevaricar não se pode fazer, mas, por favor, não me chame de burra!
    Qualquer criança razoavelmente educada sabe, muito bem, o que pode e o que não pode fazer. Vai me dizer agora que um bando de marmanjos não sabe? O fato de não existir regulamentação proibindo congressistas safados de levarem a família de férias às custas do contribuinte não significa, em absoluto, que qualquer congressista safado esteja autorizado a fazê-lo. É mais do que evidente, para qualquer pessoa com um mínimo de dignidade e de boa-fé, que verbas públicas não podem ser usadas para fins privados. Qual é a regra que está faltando para que a politicalha entenda isso?
    Em que mundo levitam as excelências que não percebem que os seus gastos nababescos custam o suor de brasileiros que trabalham de verdade? Em que mundo vivem as excelências que acham normal que seus filhinhos mimados torrem dezenas de salários mínimos em conta de celular, só assim? Em que mundo vivem as excelências que, não contentes em alugar jatinhos às nossas custas, ainda têm a petulância de posar como partes ofendidas? Em que mundo, afinal, se homiziam essas excelências que, pegas em flagrante, reagem afirmando que “faltam regras claras”?
    Ora, o que falta, excelências, é apreço à democracia, é amor pelo país, é compaixão pelo povo que trabalha de sol a sol e não tem escola, não tem hospital, não tem nada.
    O que falta é vergonha na cara!”
    Cora Rónai, O Globo

  31. MARIA DAS DORES Responder

    Carlo, você é um cara muito mal informado ou então está de sacanagem. O Senador Alvaro Dias votou sim mas, contra a vanda da Cpel, ou melhor ele veio para articular essa venda que o govêrno do Lerner pretendia fazer e entregar esse maravilhoso partrimôneo do povo paranaense à estrangeiros. Diga-se de passagem que o líder do
    governador na
    Assembléia éra nada mais nada menos do do que o Valdir Lérner Rossoni que hoje é o Presidente do PSDB do Béto Richa. Será que você está a serviço desses crápulas ou do PT.

  32. Senhora Maria das Dores, o que eu disse mas acho que vc não entendeu é que uma pessoa em sã consciência não iria pagar do seu bolso R$ 15.000 reais so para votar PELOS PARANAENSES, algum interesse deve existir, como vc disse que a copel e um patrimonio dos paranaenses, eu como paranaense não tenho beneficio algum, ou vc tem e pode me dizer, todo mês tenho que pagar a luz e a iluminação publica independente se a minha rua tem ou não se não o corte vem com certeza, para mim ou para vc não faz diferença alguma na mão de quem estaria a copel, vou te dar um exemplo com a privatização da telefonia melhorou muito se vc não gosta dessa companhia pode mudar para outra, com a luz deveria ser igual.Agora para eles pode apostar que não existe interesse em vender, vc sabem qual e o valor que recebe um diretor ou presidente mensalmente, este sempre e indicado por alguem, ele entra lá sem concurso sabia, não estou de sacanagem e sou muito mais informado do que vc pensa. Obrigado E ESPERO BETO RICHA EM 2010 GOVERNADOR

  33. Olha, estão conseguindo desfocar um assunto que só interessa ao Congresso que está aí: a malfadada Reforma Política, que de tão direitista lembra os piores tempos da ditadura.
    Num país sem parlamentarismo, nem voto distrital eles vem falar em lista fechada. É a volta do caciquismo: só vai entrar na lista quem for vaquinha de presépio dos diretórios estaduais.
    É também uma forma de manter e ampliar o nepotismo. Se os papais mandarem, os filhinhos serão os primeiros da listinha. Aí, o pai vai a senador, o filho a federal e a filha a estadual, sem constrangimento. E, teoricamente,com voto.
    Mas que voto, se você não sabe quem estará elegendo?
    O financiamento público então será o disparate completo, pois o Poder Público vai bancar a campanha e os amigos, via caixa 2 e outras mazelas irão reforçar o orçamento dos “eleitos”.
    Melhor fariam os nossos políticos se parassem de mexer com isso e fossem estudar a crise.
    Ah, tem uma coisa que eles podem fazer em proveito próprio: acabar com a verticalização, já que se o PSDB e o DEM, ou o PT e o PMDB romperem antes da eleição vai faltar base no Congresso para aprovar outras “Reformas”.

  34. Sem a verticalização os palanques do Paraná poderiam ficar muito esquisitos: Requião(PMDB) apoiando Dilma(PT), junto com Osmar Dias(PDT), Gleisi e Fruet(PSDB); ou Beto Richa(PSDB) apoiando Serra, ou Aécio(tucanos), Requião(PMDB) e Lupion(DEM), mas a hipótese mais “interessante seria Dilma(PT), apoiando Osmar(PDT), tendo Richa ou Fruet(PSDB) como vice e Requião(PMDB) e Rubens Bueno(PPS) ao Senado.
    Só não sabemos se seria a volta do MDB ou o fim dos tempos.

Comente