Uncategorized

O que a polícia diz do acidente de Ribas Carli?

Leia e julgue você mesmo. A Secretaria de Segurança Pública colocou no site do governo uma reportagem sobre as investigações do acidente que envolveu o deputado Fernando Ribas Carli Filho e provocou a morte de dois jovens, em Curitiba (a íntegra está no leia Mais).

A reportagem não dá detalhes sobre o depoimento das testemunhas e apenas informa que as imagens do radar já foram requisitadas. Relata ainda que exames de dosagem alcoólica do deputado já foram solicitados (mas não informa quando estes exames teriam sido feitos) e apresenta uma declaração do promotor Rodrigo Chemin, do Ministério Público, de que nenhuma testemunha teria afirmado ter visto o velocímetro do carro do deputado em 190 km/h.

Segundo a reportagem, a Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba está encaminhando hoje para o Tribunal de Justiça o inquérito sobre o acidente, como determina a lei.


A Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba está encaminhando, nesta terça-feira (12), para o Tribunal de Justiça do Paraná o inquérito sobre o acidente que matou dois jovens e deixou gravemente ferido o deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho. Segundo o delegado que presidiu o inquérito, Armando Braga de Moraes Neto, a lei determina que a autoridade policial envie o caso para o TJ, já que deputados têm direito a foro privilegiado.

“Agora o Tribunal irá designar um desembargador que presidirá as investigações. Todo o conteúdo, inclusive pedidos de laudos, exames e perícias e os depoimentos colhidos estão sendo encaminhados não só para o TJ como também uma cópia em mãos para o promotor Rodrigo Chemim, do MP”, relatou o delegado.

Segundo Braga, já foram requeridos laudos ao Instituto de Criminalística sobre o local do acidente e ao IML com o exame de necropsia das vítimas. O delegado recebeu da Urbs – órgão da Prefeitura de Curitiba que gerencia o trânsito na cidade – imagens dos radares da rua onde aconteceu a colisão e de vias próximas que possam auxiliar nas investigações. Além disso, os boletins do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e do Siate já foram juntados ao inquérito. A delegacia também recebeu imagens da câmera de vigilância do posto de combustível, na esquina onde aconteceu a colisão.

Duas testemunhas presenciais contaram o que viram à polícia. Uma delas estaria trafegando atrás do Honda Fit e a outra mora na esquina onde ocorreu a colisão. O dono do restaurante e os garçons que serviram o deputado, momentos antes do acidente, também foram ouvidos pela polícia, além dos policiais do BPTran, da PM e do Siate que atenderam o local.

Sobre o exame para verificar a taxa de álcool no sangue do deputado, o delegado explicou que solicitou os exames ao hospital no material que foi colhido pelos médicos e agora aguarda resultado.

Segundo o promotor Rodrigo Chemim, que acompanha as investigações, o inquérito foi muito bem elaborado. “O delegado foi bastante cuidadoso e nada aponta qualquer tipo de proteção ao deputado. O inquérito está isento”, afirmou.

Ainda segundo ele, não há nenhuma testemunha que tenha visto o velocímetro do carro em 190 quilômetros por hora. “Até agora, ninguém, nenhuma das testemunhas e pessoas ouvidas confirmou ter visto o velocímetro do carro marcando 190 km/h. Esta informação ainda não está confirmada por isso pedimos a quem quer que tenha visto o velocímetro que nos procure urgentemente”, disse Chemim.

54 Comentários

  1. Se como foi noticiado neste blog o repórter da Banda B testemunhou que o velocímetro estava travado em 190 km/h:

    “Uma destas testemunhas é o repórter da Banda B, Sidnei Alves, um dos primeiros a chegar na esquina do acidente durante a madrugada. “Eu vi o velocímetro travado em 190 km/h”, afirmou.”

    Como também os membros da equipe do Batalhão da Polícia de Trânsito que atenderam o local do acidente também afirmaram que o velocímetro do carro do deputado estava travado em 190 quilômetros por hora como é que não existem testemunhas que viram?

  2. Só falta os rapazes do FIT serem declarados culpados…..Viva o Requião !!!! votem nele…..para senador…..

  3. …….. sem comentários ……… PROFISSÃO POLÍTICO neste país é sem duvida, a mais vergonhosa, desonesta e está acima da verdade ……..

    esperamos que este caso que já está na mídia nacional tenha um final justo e correto para os familiares das vítimas

  4. Evidentemente a velocidade não pode ser aferida pela posição do velocímetro, e sim, apenas, com perícias sérias, independentes. Agora, não precisa ser nenhum expert para concluir que, ao conduzir o seu veículo o excelentíssimo senhor imbecil estava totalmente fora de si, alucinado talvez!

  5. Isso é uma Palhaçada, só pelo historico de multa do Playboy Deputado já era motivo para estar ana CADEIA caso tenha uma blitz e nós simples mortais caimos eles fazem um circo, agora porque é aliado do governo, filhinho de papai e deputado fica nessa enrolação, esse animal matou dois inocentes e acabou com 2 familia, imagine como será os proximos aniversarios da sua Mâe Yared, sei que é inutil pedir, mas espero que a justiça seja feita e que esse cidadão vá apara CADEIA, se fosse em um PAIS serio ele pagaria , aqui resta só DEUS,porque com esse ele vai ter que acerta as contas…

  6. Isso é tentativa de desviar a atenção para o que interessa. Não importa se estava a 190, 160, 120 ou 90, o fato é que a velocidade máxima no local é de 60 Km/h. não é necessário ser especialista, basta ver o que sobrou dos dois carros para se ter uma idéia da velocidade imprimida pelo deputado. O fato, que não é relatado por aqueles que querem livrar a cara desse sujeito, é que ele NÃO PODERIA ESTAR DIRIGINDO, POIS SUA CARTEIRA ESTAVA SUSPENSA. Com mais de 130 pontos na carteira ele já demonstrava, antes do acidente, total desprezo pelas leis do país, leis que, aliás, ele deveria como deputado ser o primeiro a defender. Um crime foi cometido por um reincidente, cabe agora à justiça não deixar que passe impune. Justiça, aliás, que tem uma grande oportunidade, atuando exemplarmente nesse caso, para demolir essa muralha que nos oprime a todos, a impunidade que é um câncer que corrói nossa sociedade.

  7. Ja posso chamar a pizza?
    Esse filme eu já assisti uns anos atrásl, e o Dulce tirou o ator principal da cena…

  8. Só para informar a Secretaria de Segurança Publica no raio de 500 antes e 300 metros depois não existe nenhum radar com isto julga-se que a referida Secretaria esta mentindo mais uma vez.

  9. Daqui a pouco chegarão à conclusão que o FIT estava de ré a 190 Km/h e atingiu o Passat do nobre Deputado. Independentemente de velocímetro travado ou não, basta olhar as fotos dos carros e deduzir o que aconteceu. Que piada.

  10. Que país é esse Responder

    Agora, penso, o que dizer da polícia. Que mundo é este de faz de conta. Onde tudo está atrelado aos interesses. A população já não confia nos políticos e usam dos meios políticos, sórdidos, para camuflar a realidade dos fatos. Se tal fato tivesse acontecido em um país civilizado, que respeitam o estado de direito. No Brasil nada acontece, pois, a classe de políticos são imunes tem foro privilegiado. Como falar em justiça, punição….prevalece a hipocrisia no país que não é sério e muito menos suas instituições.

  11. Primeiramente, presto minha solidariedade ás famílias dos dois jovens que perderam a vida.

    Por conseguinte, desejo que o caso seja esclarecido e que o Deputado Fernando Carli Filho, responda pelo acidente.

    Contudo, acho um ABSURDO essas pessoas que se utilizam do sofrimento alheio para criticar o Governo Requião e que, da mesma forma, generalizam ao achincalhar toda a classe política.

    Ora, só pra informação de todos vocês, o Dep. Carli Filho pertence a bancada de OPOSIÇÃO ao governo. Sendo que seu pai, prefeito de Guarapuava, é um ADVERSÁRIO histórico do PMDB do Paraná.

    Acho que devemos nos focar mais em cobrar atitudes do poder judiciário para que o caso seja elucidado, ao invés de cair em conformismos deterministas contra o governo.

  12. Pelo que lí, o abafa, o arranjo e a maquiagem, vão distorcer os fatos e o bandido vai virar herói, e os heróis vão virar bandidos.
    Este é o enredo de um filme de terror com base em fatos reais, que todos nós já assistimos, inclusive um, que envolveu o filho e os sobrinhos do Requião.
    Que País é este ?

  13. Anônimo das 17:45, dizer que ele estava alucinado é boa premissa de defesa. Vai alegar que alguém tentou o “golpe da cinderela” e colocou em seu chá mate alguma droga que o privou da razão.
    Não esqueça que deputados tudo podem, como disse um cidadão que comentou uma das notícias referentes ao caso.

  14. Polícia para quem precisa,
    polícia para quem precisa de polícia

    Requião, votei no senhor, mas assim não dá.

  15. Lingua de Krocodilo® Responder

    Essa familia manda no judiciario e no legislativo paranaense, nada vai acontecer…é a turma do pedágio gente!!

    Se o legislativo e o judiciario fossem sérios, já teriam se manifestado. O presidente da assembleia teria feito um comunicado, mandando apurar a vida do tal deputado e abriria a temporada de cassa ao mimadinho e bebeum das pistas.

    O judiciario mandaria uma preventiva, estaria ele proibido de se deslocar, viajar e teria que entregar o passaporte até o seu julgamento, pois há clara evidencia de que ele tinha intenção de matar…as multas e as garrafas de vinho dizem tudo, sem contar o que o compuador de bordo, se não foi afanado, vai entregar.

    Ao executivo, cabe seguir os preceitos da lei.

    Espero ser contrariado como cidadão.

  16. espero que esse imbecil e criminoso, fique com o rosto igual ao do Frankstein para o resto da vida e que cirurgiao plastico nenhum no mundo, de jeito nisso; seria um belo castigo para esse monstro.

  17. A nossa Assembleia Legislativa vive momentos de transparência. Que tal iniciarmos um movimento para que os deputados que quiserem realmente ser transparentes com o cidadão que paga os seus salários, exibam, para serem publicados, os seus prontuários do Detran. Não seria um bom começo? Nenhum deputado seria obrigado a isso. Sómente aqueles que entendam que o cidadão merece alguma consideração.

  18. Cuidado comentaristas, senão daqui a pouco a ‘tropa de choque’ abre processo contra vocêsw por terem caluniado, difamado, injuriado, chamado de nome feio e blablabla o nobre deputadinho. E viva a pizza!

  19. O Break está muito por dentro da localização dos radares. Deve ter acesso fácil a alguém da Urbs. Claro, escreve de dentro da prefeitura. Aproveite e diga lá, Break: com o seu prefeito pensando apenas na eleição de 2010, a prefeitura fará algo contra um deputado?

  20. Vou dar uma de advogado do diabo agora!

    Mas que tipo de velocimetro é esse? Digital, analógico ou misto?

    Se for analógico (de ponteiro) o velocimetro estar travado a 190 Km/h não prova muita coisa. Ele pode ter quebrado no impacto e quando quebrou ficou nesta posição. O normal seria ter ficado no zero, pois o carro depois do acidente estava parado.

    Se for um velocimetro digital, nao sei como funciona num caso desses, mas suponho deve apagar tudo, nao mostrando nada.

    Teria o veiculo, algo como computador de bordo que registra as velocidades maximas atingidas?

    Se fosse em um avião teria a caixa preta. Agora, em um carro, tem-se poucos meios de verificar a velocidade em que ele estava.

    A pericia tecnica pode levantar tais dados, quer seja pelo dano causado pelo impacto,
    freiadas, etc. É possivel avaliar a velocidade em que ele estava por diverssas formas, como por exemplo, a deformação do veículo.

    Creio que o fato do velocimetro estar a 190 km/h será uma prova que precisa ser confirmada por outras.

  21. Jaferrer,

    mesmo sendo culpado, o referido deputado nao pode ser boi-de-piranha pra servir de exemplo.

    Uma coisa é fazer justiça, outra é forjar a justiça pra que o réu sirva de exemplo. Em muitos casos desses nao teriamos a justica, mas um desvio da justiça
    para que serivisse de exemplo.

    Deve ser julgado, entretanto, sem privilégios.

    O que vai acontecer é o seguinte:
    1-processo por carteir avencida
    2-processo por excesso de velocidade
    3-processo por duplo homicidio crime culposo

    Assim sendo:
    1- paga -se uma multa
    2- paga-se outra multa
    3- nao foi a intenção, sera absolvido.

    Nada que uma boa equipe de advogados nao resolva!

    É mais facil o Lula pegar a gripe suina que esse deputado ser condenado.

  22. Não existe herói nem bandido.
    Herói pq morreu?
    Bandido pq matou?

    Existe sim vitimas…isso existe…
    E as vitimas sao aquelas q perderam a vida..
    E o Dep. Irá pagar…torçamos para isso.

    Mas oque mais me deixa indigna é que isso ocorre todos os dias, e nunca tem tanta repercussão assim… Só pq era deputado?
    Só porque as vitimas eram de posses tbm..

    Para deixar claro, nao estou aqui defendendo o deputado, quero a justiça tbm….
    Mas o povo é muito manipulado.

    ATT EU

  23. Dá-lhe Pedrão!!

    Judia desses desinformados desprovidos de qualquer capacidade mental.

    Daqui a pouco se o Coxa cair para a segundona a culpa é do Requião e desses políticos, TODOS corruptos e miseráveis que nós, SOCIEDADE, elegemos.

    Se todo político não presta, ou a maioria, significa que a sociedade não presta, ou sua maioria, pois quem coloca o politico no poder é a sociedade!

    Será que somos uma sociedade majoritáriamente de corruptos e inescrupulosos? Creio que não… Apenas os “comentaristas” generalizam tudo, sem dó nem piedade. Para quê? Sei lá… devem ser uns desocupados que ao invés de criar preferem destruir, sempre.

  24. Existe foto do velocímetro parado em 190km tirado pelo fotógrafo dos jornais Tribuna do Paraná e Estado do Paraná é só requisitarem e juntarem aos autos do processo!
    Picaretagem não será aceita pela população.

  25. Eu vou encaminhar por aqui a mensagem da família que recebi:

    Olá queridos
    > amigos!
    >
    > Voces não imaginam a importancia de ter amigos.
    > Neste momento de muita dor, onde a tristeza tomou
    > conta de minha alma, onde a vontade de viver
    > dá lugar a de morrer, receber as muitas mensagens através
    > de telefonemas, e-mails tem sido um refrigério.
    > Ontem a equipe da TV Paranaense esteve em minha casa,
    > gravamos uma matéria que revelava bem a nossa
    > indignação.
    > Mas infelizmente cortaram e colocaram apenas o que
    > não poderia repercutir ou seja
    > nada comparado ao que
    > falamos.
    > Vejo o Poder Publico sendo colocado a disposição do
    > deputado para diminuir as evidências deste crime.
    > No posto de gasolina onde praticamente tudo começou,
    > o frentista revelou que no dia seguinte onde nós
    > chorávamos a morte de meu filho ,os advogados do
    > deputado já estavam trabalhando recolhendo
    > evidencias.

  26. TEM POLÍTICO BOM, PENA QUE SE APOSENTARAM!!! DE RESTO QUE CULPA O DEPUTADO TEM DE NÃO SER UM CIDADÃO COMUM. TODOS FAZEM FORÇA PARA PROTEGÊ-LO…

  27. Este caso diferente do caso do sobrinho do Requiao porque ao menos uma das vitimas tem pais bem posicionados socialmente, queridos e respeitados por todos. Ja no outro caso, o que restou foi a voz de Terezinha Piccolo, pobre, a gritar por justica.

    Ambos os casos sao absolutamente lamentaveis, mas acredito que a punicao, nesse caso do deputado, sera mais severa do que a que foi imposta ao Joao Arruda, pelo motivo que acima coloquei.

  28. deixo aqui uma pergunta. Como pode haver uma testemunha a respeito da velocidade do carro se o mesmo, encontrava-se só dentro do carro? E como uma pessoa, na rua, poderia observar o velocimetro dentro do altomóvel, e na velocidade que se encontrava?
    Só se fosse uma testemunha biônica.
    Que os radares possam confirmar tal velocidade.

  29. PRECISAMOS MOBILIZAR UMA MANIFESTAÇÃO COM CHEGADA ATÉ A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA PARA REPUDIAR OS PRIVILÉGIOS QUE ESTÃO DANDO A ESSE SUJEITO QUE TEMOS QUE PAGAR CONTA E CHAMAR DE DEPUTADO, PRESSIONAR PARA QUE NÃO TENHA PRIVILÉGIOS NESTE CASO.
    APROVEITANDO VAMOS DAR A RESPOSTA NAS URNAS, “NÃO DEVEMOS ESQUECER DO “TITIO” QUE FAZ PARTE DA MESMA LAIA!!!!!!!

  30. Maçonaria … lugares comuns… pessoas incomuns .. turma do abafa… refaz a história… MP ..??? vamos ver o que vai dar

  31. Rosângela Sicuro Responder

    As pessoas não são daqui ou dali, todas são filhas de Deus. Não me importo se é filho de prefeito ou de quem seja. Para uma mãe, o seu filho é o especial e amado. Nenhuma mãe merecia passar pelo que estas duas senhoras estão passando. O pai como prefeito tinha a obrigação moral, já que é eleito pelo voto do povo, de se mostrar solidário e solícito a essas mães que perderam seus filhos de forma covarde. Mas o que esperar de pais que não têm controle nem dá quantidade de multas que esse filho tinha e não alertaram ele para o perigo de dirigir com uma carteira suspensa?
    Orem sim, mas por vocês. Para Deus os iluminar e não continuar errando tanto na vida, e matando filhos inocentes, verdadeiramente amados por seus pais.

  32. O Campana,
    1 – O FIT vinha de marcha à ré a 190.
    2 – Cadê o Raio-X do Evangélico com as múltiplas fraturas?
    3 – Carli pai é perito criminal, especialista no assunto. Isso ninguém foi atrás até agora.
    4 – Tá na hora da família Miró-Ribas Carli se manifestar publicamente; um pedido de desculpas público e parar com essa brincadeira em relação ao sentimento que hoje revolta todo o Estado.

  33. Em Guarapuava o Jornal financiado pelo Prefeito “Tribuna Regional” estampou em primeira página “Comoção da População” pelo Deputado que sofreu traumatismo craniano grave. Reporter da Rádio do Prefeito trabalhou 48 horas no ar. O médico da família quase chorava nas entrevistas. Alguns já o consideravam morto. Eis que mais de repente o pseudo quase falecido, se restabelece e agride a enfermeira e sai apenas com bandagens no rosto e vai para SP fazer uma cirurgia… E o Delegado…Os corpos estraçalhados dos garotos ninguém comenta!
    Um bólido blindado nas mãos de um irresponsável, que sempre promoveu bebedeiras e festinhas em Guarapuava….
    A FARSA vai acabar se houver seriedade no processo, coisa que ninguém acredita…

  34. Espero que o promotor seja de fato imparcial e muito transparente para não macular um histórico familiar que possue no Ministério Público. Esta declaração dizendo que não existiu testemunha afirmando a velocidade que o deputado estava é estranha. Assisti na Band, no horário do almoço, na segunda-feira, um tenente da PM que, parece, teria atendido a ocorrência dando entrevista ao programa, sendo informado em tal programa que a velocidade seria 190 km/h sim, o que não foi contraditado pelo policial, não seria uma testemunha? Além disso, não apenas pelo estado em que o carro das vítimas se encontrava, que já demonstra tal circunstância de altíssima velocidade, esta informação saiu fartamente na imprensa, porque será que de repente tudo mudou, qual foi a fonte desse imbróglio, irresponsabilidade da imprensa?!

  35. Reginaldo Carvalho Responder

    é pessoal , infelizmente os nossos nobres deputados estão se especializando em cometer infrações de trânsito, lembram do Romanelli furando o pedágio. E A MULTA QUE ELE LEVOU o que que deu, ele disse que ia recorrer né.
    E agora vem esta tragédia para ceifar vidas, demonstrando que a lei não vale para esses tipos.
    E nós continuamos a votar errado, vale uma reflexão sobre 2010.

  36. Esse é o BRASIL país em que moramos infelismente kkkkk.Terra que não tem dono ou melhor tem dono até demais, todo mundo manda e desmanda e fica por isso mesmo.

  37. Acredito que a prova de alta velocidade esta na situação em que ficaram os veículos, pouco importa se estava 100, 120 ou 190 km por hora. Aquela via pública contem placas de limite de velocidade de no máximo 60 km/h, o resto é uma forma de encobrir uma grande caga…..QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA.

  38. Só gostaria de contar a todos vocês da experiência que tive com o delegado Braga.

    Ele realmente é uma pessoa séria que não se deixa levar por pressões, venham de onde for(ao menos no meu caso foi assim), se houver pizza no caso eu sinceramente duvido que seja ele que ponha pra assar.

    Desejo a ele muita serenidade na condução deste inquerito que mobilizou a opinião pública

  39. Uma das coisas que diferencia um país civilizado de um país atrasado é que nos paises civilizados a lei vale para todos e num país atrasado como o nosso a lei é válida apenas para os pobres e para pessoas sem poder político.
    Aqui como em Alagoas criminosos de “alta família” (lembram do cunhado do Collor), podem matar e ficar impunes……………..

  40. TEMOS QUE FAZER PRESSÃO, a opnião pública tem força, igual o caso da Isabela Nardoni, assim a Justiça é forçada ser mais ligeira na condenação.

  41. Desculpe-me a ignorância, mas o Paraná não tem um instituto de criminalística? Peritos não podem, por meio de fotos, filmagens, distância dos objetos lançados, posição do carro, avaliar a velocidade dos dois carros? Posição em que se encontravam na hora do acidente?
    Todo segurado recebe um perito em casa depois de um raspão sofrido no carro. Vem lá o especialista, tira fotos, avalia as avariações para saber se podemos ser ressarcidos pelo seguro, etc.
    Em suma, a existência ou não deste velocímetro travado é tão fundamental assim?
    Com a palavra, os peritos.

  42. Reginaldo Carvalho, o Dep. Romanelli recorreu da multa que levou e, adivinha?? GANHOU O RECURSO… E os pobres mortais que recorrem das multas??

  43. ABAFA - KNOW-HOW Responder

    requião está protejendo o deputado 190 km/h! Se fosse o contrário, se o deputado fosse o morto, requião já teria mandado prender os outros. requião tem know-how em abafar acidentes com vítimas fatais!

  44. Repito o que comentei ontem, discutir a qual velocidade estava o carro é desviar a atenção do que interessa. O estado dos carros já diz tudo. Quanto ao deputado servir de exemplo, nada mais justo. A impunidade somente será vencida quando casos como esse, envolvendo pessoas públicas, tiverem uma resposta efetiva e rigorosa do poder judiciário. A punição para aqueles que têm o dever de zelar pelo cumprimento das leis e cometem crimes (juízes, policiais, políticos, etc.) deve ser a mais rigorosa possível, só assim o cidadão comum começará a perceber que todos, efetivamente, são iguais perante a lei e que a sensação de impunidade, aos poucos, poderá ser superada.

  45. Estou fazendo um “bolão”. Façam suas apostas.Agora o deputado terá que ser transferido para os EUA para tratamento com os seus “cirurgiões internacionais” e ficará por um tempo lá. Depois ele volta, o povo esqueceu, e ainda passa por “coitadinho”, se candidata, é reeleito e continua o baile… Quem dá mais???Façam suas apostas !!!!

  46. Quem mora ou já morou em Guarapuava conhece o poder econômico “dos Carli”. Aqui em Guarapuava o nobre deputado já é figurinha carimbada, por cheirar uns “pó de reboco”, dar pau de carro. Antes das eleições presenciei ele saindo do mercado bebendo uma latinha de cerveja e entrando no seu belo carro, juntamente com um companheiro e sair rua afora. Ainda comentei com uma amiga que estava comigo “belo exemplo” e ainda me disseram: “Vou votar nele porque é tão bonitinho”. Infelizmente esses são os eleitores que colocam no poder playboizinhos que são admirados pelas suas facetas de pegas de carro e por aí vai…. Espero que com arepercussão nacional que está tendo este caso, a punição também seja exemplar!!!

  47. Pelo amor de Deus quando é que nós, brasileiros vamos parar de ser submissos?
    Só se ouive as pessoas dizerem… É, tem que ser feito justiça né? Pelo amor de Deus não é assim…
    Temos que ir as ruas e protestar. Até os politicos mais radicais estão começando voltar atras com medo de se queimarem. Justiça para este animal!!!

  48. Nossa o deputado atropelou um carro, ser´que vão continuar com essa lenga lenga de que não estava a 190 KM /H , como se explica a destruição do Honda Fit , que literalmente foi atropelado pelo passat….história da carrochina é para crianças …. outra coisa se nós pobres mortais passarmos por um radar em 15 dias receberemos em nossa casa a multa em carta registrada …nesse caso o radar parece que não registrou…será que passando em altissima velocidade não dá tempo de tirar a foto???

  49. “Denunciado e processado, foi o condutor do veículo Ford Explorer, João José de Arruda Filho, condenado pelos crimes de homicídio culposo e fuga do local do acidente (fls. 768/798), tendo, tal decisão, transitado em julgado no dia 13 de março de 2006

    “A violência da colisão resultou na morte de dois passageiros e ocasionou lesões a outro passageiro e ao condutor, todos ocupantes do veículo GM Astra”.

    Se não é uma mãe a gritar, se é uma família humilde, tudo acaba em pizza.

Comente