Uncategorized

“A Assembléia não
será conivente com a impunidade”,
diz Nelson Justus

justus4

O presidente Nelson Justus afirmou a este blog o seguinte: “Eu confio na Justiça e no poder de investigação da polícia e do ministério público para apurar o caso Ribas Carli. E fique claro que a Assembléia jamais será conivente com qualquer tipo de impunidade”.

Assim, Justus esclarece sua posição sobre a questão e corrige o registro anterior.

56 Comentários

  1. Ué! Mudou tudo?
    Lembram do Múcio? Aquele personagem do Jô Soares que sempre (não) tinha uma opinião para tudo…

    …então taí o Múcio.

    É ainda devemos acreditar na tal OPINIÃO PÚBLICA.

  2. Corrige ou retrata-se? Fábio, acho que a bem da verdade, todos os comentários da coluna anterior deveriam passar automaticamente para este.

  3. O que é isso, Fábio? Sumiu com a nota anterior e todos os comentários? Afinal, o Justus falou em “onda de boatos” ou não?

  4. Luis Konig - Contend Responder

    QUANDO A VERDADE SENDO OCULTADA COMEÇA A APARECER FUGINDO DOS QUE PENSAVAM TER CONSEGUIDO CONTORNAR A SITUAÇÃO, TODOS QUE FALARAM FAZEM DE CONTA QUE NADA FALARAM, POIS PERCEBEM QUE , NÓS-POVO, NÃO SOMOS TÃO ILUDIDOS COM QUALQUER PAPO FURADO!!!!

  5. Luis Konig - Contend Responder

    ALGO MUITOS TEM RAZÃO. PODE TER SIDO SUICIDIO, ORA, ENTRARAM NA FRENTE DE UM CARRO A QUASE 190 KM/H (SEGUNDO ALGUNS TESTEMUNHOS).

  6. Ele foi o primeiro a dizer que tudo deverá ser apurado e nada será acobertado. Ele disse que houve exagero da imprensa quando noticiaram que o Deputado Carli estava morto e também ao fato de terem dito que foi utilizado avião do governo para transferi-lo para São Paulo.
    Ele disse que a imprenssa não deve INVENTAR notícias. Eu concordo!!

  7. A Lei dos direitos de igualdade e justiça foi feita para todos, porém não é aplicada para todos. Os privilégios continuam existindo e a impunidade também. O que tem de diferente os “PODEROSOS”? Fortes diante dos fracos? QUE PROTECIONISMO! QUE VERGONHA! Por que não foi cassada a carteira dele antes?????????????

  8. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Que pena! No registro anterior fiz um comentário e foi “perdido”, tentarei fazer outro, sobre o que o Presidente da Assembleia declarou:”Ele disse que estão “exagerando” nos comentários. Bem eu digo:Eu não quero atualmente entrar no mérito do acidente, este assunto está nas mãos da Justiça e cabe à ela decidir.Quero lembar a “Omissão” do Estado, do Poder Executivo e até do Poder Legislativo. Um deputado, eleito pelo povo para fazer Leis tem também obrigação Constitucional de cumprir. Um deputado que tem 130 pontos, que tem 23 multas por excesso de velocidade, sua Carteira Nacional de Habilitação apreendida, não “pode” dirigir veículos, assim também um homem comum, um trabalhador, um profissional do volante que nessa condição sustenta sua familia, abusando da Lei, seria certamente levado à cadeia e seu veículo apreendido no Detran, pagando todas as despesas.Deputado não, caso alguém falar é um “exagerado”.A Assembléia Legislativa do Paraná é abuseira , não somente nos “Fantasmas”, nos “Gafanhotos” nas nomeações irregulares sem concurso público,nos Diários Oficiais ,nas promoções de Procuradores sem Registro na OAB-PR, e muitos que NUNCA apareceram para dar um simples Parecer, nas multas de Transito dos veículos dos deputados que foram obrigados a vende-los, perto de 196 carros, concedendo depois R$7,5 mil por mês para cada deputado, nos funcionários cedidos com dois salários, bem chega.Isso e outras “coisinhas”, mais que o povo precisa saber e tenho certeza que está chegando da Hora, parece que tudo vem vindo, deputados cassados, 63 deputados e ex-deputados denunciados no Ministério Público Federal e até no Supremo Tribunal Federal, Vou encerrar cantando a aquela musica bem antiga:”Está chegando a hora o dia jpa vem raiando e eu tenho que ir embora…”

  9. É o mínimo q podemos esperar da Assembléia Legislativa, e não é nenhuma benevolência, é a lei.
    E que se fosse cumprida não teria causado a tragédia q causou.
    Na hora de pedir o voto são humildes, mais uma vez empuleirados, se acham os donos do mundo…
    É por isso q na próxima eleição e as posteriores, vou votar sempre no candidato 999999999999999999999999.

  10. Olegario M Dias Responder

    VALE A PENA LER DE NOVO

    O Homem é o LOBBY do homem. – Millôr

    Durante a idade média quando havia revolta popular buscando justiça, igualdade, atenção, menos impostos, enfim, qualquer coisa que pusesse em cheque o ocupante do trono, a corte arranjava um culpado e o jogava as feras visando aplacar a sanha de justiça de malta enfurecida. Invariavelmente funcionava. E assim o mundo foi caminhando. Novos tempos, novos povos e mil anos depois eles (os senhores feudais que ocupam os tronos do poder no Estado) ainda pensam em nos tratar assim.
    O problema é que para se manter eternamente no poder, distribuiram tanto o cetro que agora não acham mais ninguém plebeu o bastante, dentro de seu círculo, para ser jogado as feras.
    Alguém lá de dentro, então, cunhou a seguinte expressão: CORTAR NA PRÓPRIA CARNE.
    E de tempos em tempos quando a malta que agora é chamada de OPINIÃO PÚBLICA, clama por SERIEDADE, HONESTIDADE, IGUALDADE, JUSTIÇA, eles, os mandatários muito modernos, CORTAM NA PRÓPRIA CARNE e expurgam um dos seus. ATÉ QUANDO? Até quando der certo, e olha que vem dando certo há muito tempo.

    A malta, nós, estamos sedentos por justiça e a queremos AMPLA, GERAL e IRRESTRITA.
    “Cortar na própria carne” dessa vez não vai resolver. Queremos mudanças. Mudanças de atitude, mudanças de conduta, de moral de ética, de civilidade e civismo. Não somos gado. Não nos “toquem”, não nos conduzam.
    Só para lembrar, vocês deputados são representantes da nossa vontade, da nossa opinião, do nosso desejo incondicional de MUDAR, e não estamos pedindo para nós sejamos os “mudados” e sim que os senhores mudem as suas maneiras de pensar as coisas nossas, as coisas públicas. Não queremos mais gastos com passagens, verbas de representação, códigos, empenhos e retrancas que ninguém saber explicar, mas sabe gastar. Mas principalmente senhores, queremos respeito. Respeito com a vida, com a honra, com o decoro, com o próprio mandato que nós povo, outorgamos a vocês.
    Palavras vazias dessa vez não vão adiantar. Tudo o que aconteceu na última quinta-feira poderia ser evitado se essa Casa de Leis exige-se conduta condizente com o decoro de seus membros. Será que há necessidade de lembrar a posição da casa no episódio do furador de pedágio, dos não pagadores das multas no Detran?
    Por favor, senhores deputados, nos deêm somente aquilo para o qual foram eleitos: legislar e fiscalizar. Não precisamos das suas neuras, traumas, arrogâncias, prepotências. Já temos as nossas: acordar cedo todos os dias para trabalhar duro e gerar recursos para pagar vossos generosos salários, suas verbas de representação, seus cargos e gabinetes.

  11. Lingua de Krocodilo® Responder

    Mas Fábio, os comentários anteriores ficam suprimidos? Eu entendo que eles foram importantes e a ponto do deputado Justus esclarecer e melhorar a sua opinião.

  12. ô Fábio, a família e o advogado do Yared morto estão neste momento na Assembleia. Acho que vão pedir a cassação do mandato do Carli. Dá uma levnatada aí.

  13. É parece que a operação Abafa não está conseguindo segurar a tampa da panela de pressão em que está submerso este caso.

    A solução quando uma operação como esta não resiste ao publico é o Cortar da propria Carne.
    Neste mundo dos jogos politicos das aparencias nenhum parlamentar quer defender ou atacar um deputado. O que desejam é alavancar sua imagem. Se for perceptivel que a defesa será favorável, a farão, e caso percebam que a execração será favorável estes à farão.

  14. A assembleia nao pode conivente com nada errado. Espero q a justica seja feita, mas nao vamos a cacas as bruxas……….

  15. Assembléia Legislativa e Ministério Público Estadual não tem isenção para apurar esses fatos. Sinto muito meus caros, mas tudo caminha para um fim detestável. Lembram do caso da filha de policiais que parou o Centro da cidade – Praça Osório ? O que aconteceu ? A conclusão será como na música do Adoniran Barbosa “Paciência Iracema, paciência, o chofer não teve culpa.”

  16. Cantei antes.

    Entrariam na pressão do jogo do abafa, a favor do Carly, inclusive a Assembléia Corporativista Legislativa, e aí está o resultado, neste pronunciamento de seu presidente. Lamentável.
    Já estão fazendo pressão na justiça, nas Delegacias, nos tribunais, na Urbs, na prefeitura, notadamente pelo envolvimento de alta autoridade do município.
    Vão repetir a dose do famoso acidente que envolveu os sobrinhos e o filho do Requião.

    Os nobres da corte tudo podem. Transformam os nobres, ao longo de qualquer processo, e até o criminal, em operação de abafa, de esconde provas, e no final do processo ficam como – inimputáveis -, ou seja, não são responsáveis, não respondem pelos crimes que cometem.
    Este é o Brasil de hoje, dividido em duas classes sociais. Aos poderosos dirigentes do Estado, que tudo podem, com o abrandamento e o afrouxamento da lei, e aos que nada podem, fica a decisão dura do arrocho pesado da lei, no lombo.
    Na mídia, já estão fazendo este jogo de complementação da operação abafa, para colocar dúvidas no povo do caso Carly, com notícias malandras, que levantam dúvidas; será que foi ? Ou não foi ? Ou não é bem assim etc. bem no estilo de confundir a opinião pública, igualzinho ao que falou o presidente da assembléia. O cartaz piegas do deo. Ney Leprevost, no gabinete do dep. Carly, diz tudo sobre este esquema de mídia, desmancha fatos. Lamentáel, a posição de alguns órgãos da imprensa de Curitiba.

  17. PAULO SERGIO MOREIRA Responder

    Fábio, houve pressão para que vc suprimisse os comentários anteriores sobre ‘exageros’ dito pelo Justus no “Caso Ribas 51 Carli ?”
    R: Assim, Justus esclarece sua posição sobre a questão e corrige o registro anterior.

  18. Penso que o ANONIMO tem uma vaguinha na ALEP, ou é funcionário do Carli Filho, porque defende o sujeito como ninguém… ehehehe
    Crime é crime, e a justiça vai fazer seu papel, porque assim todos nós esperamos. Mas só reafirmo um cometário anterior, lugar de criminoso é na cadeia, e se assim restar comprovado é para este lugar que devem mandar o playboyzinho mimado e irresponsável.

  19. Waldir de Oliveira Responder

    Sem entrar no mérito do acidente, ficando só no fato do Deputado estar com a carteira cassada. É a “síndrome” do Romaneli, andar sem carteira, furar pedágio, da no mesmo………..

  20. Fábio, ainda não acredito que você não vai colocar todos os comentários.
    R: Assim, Justus esclarece sua posição sobre a questão e corrige o registro anterior.

  21. Pedro Vigário Neto Responder

    Fábio Campana,

    solicito que a nota anterior e todos os comentários sejam resgatados e disponibilizados novamente.

    abraço.
    R: Justus esclarece sua posição sobre a questão e corrige o registro anterior.

  22. A população está atenta e cobrando o posicionamento do caso! Não é a toa que o Sr. Nelson Justos voltou atrás correndo e justificou sua posição anteriormente “deturpada”, é bom saberem que a população está ao lado das famílias que tiveram seus filhos assasinados por um desobediente das normas e leis de trânsito que encontrava-se cassado do direito de dirigir, quando tirou duas vidas de dois jovens de maneira “estúpida e irresponsável” vamos estar atentos a cada passo neste sentido para que a Justiça seja realmente cumprida!

  23. V.Lemainski-Cascavel Responder

    Presidente Justus. Imaginei que estivesses sonâmbulo quando destes aquele desastrado e corporativo depoimento. Pessoas inteligentes e sensíveis, ao perceberem a mancada, mudam de opinião e se adequam a realidade.

  24. CADEIA NESSE CIDADÃO, E O POVO DE GUARAPUAVA PENSE BEM ANTES DE DAR PODER PARA ESSE PESSOAL …

    Reincidência

    O deputado já teria se envolvido em outro acidente em Guarapuava, há cerca de 12 anos. Segundo informações do presidente da câmara de vereadores da cidade, Admir Strechar (PMDB), na época o deputado dirigia outro Passat quando se envolveu em um acidente grave que destruiu o carro. Não houve vítimas. A informação também foi confirmada por um proprietário de jornal da época, João Mendes. “Ele era menor e estava fazendo um racha”, afirmou.

  25. É incrível a capacidade de um povo. Conseguiram eleger esse beleza desse deputado na minha cidade. Ele nunca nem deve passear em Guarapuava, afinal, ele nunca nem morou lá mesmo. Somente ver que suas multas são todas em Curitiba. Ele devia estar fugindo da cidade que o elegeu…

  26. Caroline Sandri Responder

    Ah rammmmm pra quem entendeu isso significa que nossa voz tem poder e que podemos expremer até sair leite pessoas!!!!
    Vamos botar a boca no trambone porque falar bonitinho não adianta muito, já percebi que quem fala bonito só faz M**!!!
    Enquanto ao Sr Presidente Nelson, acho ótimo mesmo que a justiça seja feita, afinal, pagamos seu salário, que dá comida, estudo, plano de saúde e lazer para vcs, para falarem em nome do povo, e não em nome do que lhes é mais conivente!!
    Não sejamos complacente dessa vez PARANÁ, nossa voz tem valor!!!

  27. CERTAMENTE QUE O JORNALISTA FABIO CAMPANA NÃO FAZ PARTE DE OPERAÇÃO ABAFA. TEM, INCLUSIVE, DADO ESPAÇO A TODAS AS PARTES. CONTUDO, O PRESENTE CASO ESTÁ CHEIO DE DÚVIDAS, MENTIRAS E INTERPRETAÇÕES EQUIVOCADAS.QUE O CASO É LAMENTÁVEL, NINGUEM TEM DÚVIDA, PORÉM O EXAGERO DÁ MÍDIA OCORRE PARA TODOS OS LADOS VISTO QUE JÁ FOI NOTICIADO EQUIVOCADAMENTE: 1) A OCORRÊNCIA DE RACHA, 2) QUE OS ENVOLVIDOS ERAM AMIGOS, 3) QUE O DEPUTADO TINHA FALECIDO E O VELÓRIO SERIA NA ALEP, 4) A MORTE CEREBRAL DO DEPUTADO, 5)É O USO DO AVIÃO DO GOVERNO PARA TRANSPORTAR O DEPUTADO, 6) O APARECIMENTO DE COCAÍNA NO SANGUE DO DEPUTADO (MESMO NAO TENDO SIDO FEITO O EXAME A COCAINA APARECEU)… TUDO ISSO PARA VENDER JORNAL E SEM PROVA ALGUMA… COM RELAÇÃO AO ACIDENTE NINGUÉM É LOUCO DE NEGAR QUE TEM QUE SE APURAR A RESPONSABILIDADE DO DEPUTADO CARLI, PORÉM ISSO NÃO PODE TRANSFORMAR ESSE RESPEITÁVEL BLOG EM UMA BAIXARIA SEM TAMANHO ONDE ALGUNS MAIS EXALTADOS PERDEM COMPLETAMENTE AS ESTRIBEIRAS E CHEGAM A DESEJAR A MORTE DE OUTRO SER HUMANO

  28. Como a notícia perdeu o controle até o lord Justus solta a nota para dizer que a Alep não é conivente com a impunidade.
    Não era tudo folclórico, Justus?

  29. Esse caso não vai ficar impune, as próximas eleições estão chegando e quem for conivente com essa historia ira se dar muito mal com os eleitores….. E uma pena q se faça justiça por interesse mais se DEUS quiser a justiça sará feita…..estou solidaria a familia Yared e que Jesus continue dando força pra q essa familia prossiga nessa luta ….

  30. Vão dar transparência ao julgamento na comissão de ética da Casa no pedido de Cassação do nobre parlamentar?

  31. João Cana Mansa Responder

    Agora sim justos tá justos,na matéria anterior que não entrou meu comentário justos não era justos e acho que ardeu e pensou no justos.
    saco cheio de todos!

  32. LUGAR DE ASSASSINO É NA CADEIA, vamos fazer um grande movimento na cidade, pedindo JUSTIÇA, JUSTIÇA,JUSTIÇA, e um aviso aos srs DEPUTADOS, não tentem proteger este canalha desse deputadinho assassino, pois vamos montar um grande painel na boca maldita colocando os nomes dos srs ” NOBRES DEPUTADOS ” cumplices deste assassinato..

  33. TA NA HORA DO POVO FAZER UMA GRANDE MOBILIZAÇÃO EM DIREÇÃO A ASSEMBLÉIA E EXIGIR QUE ESSE IRRESPONSAVEL DEIXE DE SER DEPUTADO.É UMA VERGONHA ISSO TUDO.

  34. Mas é claro que foi feito exame de sangue no indivíduo… qualquer paciente antes de ser submetido a tratamento dentro de um hospital passa necessariamente por um exame de sangue… até para saber a tipagem… senão como vão fazer transfusão… não era mais decente a familia do deputado vir a público e se desculpar pelo erro, assumir a responsabilidade e sair de cabeça erguida? só teriam que vender algumas cabeças de gado para as indenizações , mas teriam condições de manter o feudo de guarapuava….

  35. Excelente esse canal de comunicação jornalista Fábio. O protesto das pessoas aqui fez com que o presidente da ALEP se retratasse. Agora esperamos,também, que ele haja, ou seja, dê andamento ao pedido de cassação e que o “deputado homicida” seja banido da Assembléia.

  36. Nelson Justus.
    Cai fora dessa.
    O povo está sabendo de todas astentaivas de abafar o caso, tecnicamente, e judicialmente.
    Veja neste blog aí em cima, testemunhas que estavam no restaurante. ´Foi um horror. Este moço tinha que estar com um acompanhante que lhe desse ordens.
    Este relato é uma sentença de cassação e de prisão. Leia. Está aí em cima de tua declaração.
    Caia fora desta.

  37. TUDO "ALEMÃO"! Responder

    Tanto o Nelson, que é um Plácido e Silva, como os Carli pertencem ao velho estamento social da oligarquia patrimonialista, que sempre controlou e manipulou os poderes neste estado.

    O Fernando Ribas Carli Filho é filho do ex-deputado e ex-prefeito de Guarapuava, Fernando Ribas Carli, e bisneto do falecido senador Flávio Guimarães. Plauto Miró Guimarães, tio de Fernando Ribas Carli Filho, é deputado estadual.

    Ele também é neto do Senador Flávio Guimarães, todos descendentes de Manoel Antonio Guimarães, o Visconde de Nácar.

  38. Bem, já que não temos o resgate dos comentários anteriores eu vou tentar relembrar o que escrevi em um deles. Sugiro que vocês façam o mesmo.

    “quosque tandem abutere Catilina patientia nostra” Até quando vamos aguentar? Eu já desisti de votar. A eleição passada foi a última. Daqui para a frente só nulo. Vocês já pensaram o que vai acontecer o dia em que os votos nulos forem a maioria? Acho que a maioria de nós não tem idéia da força que temos. Chega. Ou tomamos uma decisão e mudamos tudo ou enfiamos o rabo no meio das pernas e vamos quietinhos para a casinha como sempre. Não acredito que exista uma pessoa que seja eleita e continue sendo a mesma. Está provado por A+B+C+D+E+F+…+n que basta entrar para a “tchurma”, e ai não sei se é por pressão, por medo, por impotência diante da realidade, pessoas que tinhamos como sérias (ou que nos enganaram direitinho) se transformam. E não estou falando de partido ou de filosofia ou de ideologia. Analisem, reflitam. Tem algum deles que não mudou? Seja de que partido for? A partir do momento que sobem, que ganham o poder a frase daquele primor de deputado passa a ser o lema: “Tô me lixando pra opinião pública”.
    Eu não voto mais.

  39. Piá Curitibano Responder

    Terrivel!!!!
    2 (dois) rapazes tiveram de morrer numa forma barbara para que nós (todos nós) olhassemos com mais acuidade para a vida pessoal desses Deputados. Um deles, diz a imprensa chegou a ser decapitado.
    Vcs. percebem a barbaridade desse fato. Somente na idade média morriam pessoas decapitadas. Todos nós temos também uma parcela de culpa por não investigar e cobrar transparencia na vida desses homens públicos. Verdade seja dita!
    A Assembleia Legislativa do Paraná não pode tornar-se um agrupamento de delinquentes a mais a colocar em risco a vida de pessoas inocentes e honestas.

  40. Silvio Sebastiani – seus comentários são sempre oportunos e pertinentes. Acrescento à sua mensagem o fato do deputado Romanelli ter furado praças de pedágio, infringindo o código de trânsito e outras leis, e não ter merecido nenhuma punição, nem da Assembléia nem das autoridades constituídas. A Assembléia, com isto, jogou no lixo a raspa do tacho da sua credibilidade – não respeitam, eles,os homens que fazem as leis, nem mesmo seu Regimento Interno, sua lei interna. Talvez este deputado Carli, se as autoridades públicas tivesem cassado sua carteira, não tivesse ocasionado esta tragédia. mais uma vez a impunidade, aqui não só causando prejuízo ao erário, causando morte. O Detran é um poço de dinheiro, com esta arrecadação confiscatória de multas, e não tem estrutura para cumprir a lei de trânsito por incompetência e malversação da coisa pública pelo governo de ocasião. É tudo vergonhoso, escandaloso. Ou chega este governo ao fim ou chegamos nós.

  41. Anna Luiza P. Carval Responder

    Meu Deus como o poder político pode ser tão podre, garanto que se fosse ao contrário, ou seja a culpa fosse dos meninos que morreram caso estivem vivos, eles ja estariam presos e sem chances de se defender, agora como o culpado é um político de família de políticos influentes, conseguem manipular e distorcer o que tá regido na lei.

  42. Sou suplente de vereador em Curitiba pelo PSB e estou vendo que estão direcionando acusações de todo lado para ferir a integridade do deputado Nelson Justos do Psdb, gostaria que este momento não fosse manchado por corrupção, e que as campanhas tivesse um exemplo limpo e transparente.

Comente