Uncategorized

Requião manda investigar aumento abusivo de salários
na Copel – Elejor

Faz parte do show de Requião. Em toda sessão da escolinha ele açoita alguns subordinados sob alegação de que pretende mantê-los na linha. E manda investigar denúncias de irregularidades ou abusos em sua administração.

Ontem foi a vez dos diretores da Copel. Requião mandou o presidente da Copel, Rubens Guillardi, e o diretor de engenharia, Luiz Antonio Rossafa, que abram investigação de abusos no pagamento de salários de dirigentes da ELEJOR, usina comprada pela Copel.

10 Comentários

  1. e as economias dele escondidas no exterior o governador Mello e Silva não conta.
    claro, com muito suor e trabalho.

  2. O corrupto mandando investigar corrupção?
    É eleitor, a figura é mais desmiolada que imaginávamos.

  3. E O PARANACIDADE? LÁ TEM SALARIOS DE 15.000 FACIL FACIL, E DETALHE TEM AUMENTO TODO ANO. ENQUANTO PARA OS DEMAIS MORTAIS FUNCIONÁRIOS PUBLICOS 6%….

  4. ta na hora de privatizar esta empresa que é o caixa-forte destes politicos corruptos salarios acima de 15000 para funcionarios amigos do sistema vão ganhar na iniciativa privada ve se conseguem.

  5. DEVERIA VER E EXONERAR OS APOSENTADOS DA SANEPAR E ABRIR ESPAÇO PARA OS NOVOS CONCURSADOS;;;;

  6. Miguel A.Messias. Responder

    É BRINCADEIRA ESSA DO GOVERNADOR.
    CADÊ A AUDITORIA QUE MANDOU FAZER NO DETRAN.
    O SR.MIGUEL GRILLO,UNS DOS DIRETORES E MORADOR DE MGA,FAZ NO DETRAN ATÉ ELEFANTE VOAR.
    JÁ FOI DIAS ATRÁS CONDENADO PELA JUSTIÇA LOCAL,ELE E OUTROS EX.FUNCIONÁRIOS POR FORMAÇÃO DE QUADRILHA E OUTRAS COSITAS MAIS.
    ESTE É O CABO ELEITORAL NA REGIÃO DO SOBRINHO DO REQUIÃO,JOÃO ARRUDA E DO SR.PESSUTI A GOVERNADOR.

  7. Petista de verdade Responder

    Agora que tanto mamou nas tetas do erário usufruindo tudo quanto é tipo de mordomias novamente ao se aproximar as eleições começa a posar como o “pai da moralidade pública”!

    Para fazer a fachada já mudou do “doce exílio no Canguiri” para a modesta casa no Bigorrilho.

    Em seu discursinho chinfrim hipócrita e falso moralista o “crime da mala” não é o preço superfaturado pago às caras terceirizadas, mas os esmagados salários dos funcionários!

    Ele está tentando demitir 700 funcionários bem treinados e preparados ao longo dos anos pela Copel, o que custou muito ao erário, e ao mesmo tempo a empresa já começa em substituição destes quadros, que são o que de melhor a empresa possui, a contratar consultorias privadas a preços elevados.

Comente