Uncategorized

Anibelli e Beraldin fecham o tempo na Assembléia

Do Documento Reservado

Ninguém sabe dizer se foi o tempo – úmido e frio – que provocou uma reação em cadeia, ontem, na Assembleia Legislativa. Em menos de meia hora, duas discussões acaloradas tiveram que ser contidas pelo presidente da Casa, deputado Nelson Justus (DEM).

neivo_beraldin
Primeiro, o deputado Neivo Beraldin (PDT), como é de seu costume, reclamou da ausência dos senhores parlamentares em plenário. “Além das sete ausências, estão registradas no painel eletrônico 48 presenças, mas, no plenário, só estão 18 parlamentares. Onde estão os outros? Essa é hora de trabalho. De votar. E é aqui (no plenário) que estes deputados deveriam estar”, ponderou.

Então, o deputado Antônio Anibelli (PMDB), irritado, pediu aparte e desancou Beraldin. “Não me considero obrigado a ter que ouvir o que não quero”, disparou. Então, o diálogo foi digno de registro:

– O senhor é procurador da Casa – remexeu Beraldin
anibeli
– Sou procurador, sim, e não sou vagabundo – respondeu Anibelli, que continuou atacando: – Vossa Excelência não foi leal nesta Casa. Foi indigno, quando pediu exame médico para o (então) deputado Bradock, quando assumi como primeiro suplente. Depois, o senhor não se elegeu e pagou por não ter dignidade…

– O senhor me respeite – esbravejava Beraldin, sem sucesso.

– Sou procurador… e o senhor não tem moral para criticar os funcionários desta Casa. Aliás, sua esposa é funcionária aqui – retrucou Anibelli.


– Exijo que meu horário seja recolocado, já que houve desrespeito. Não se fala besteira aqui… – Beraldin tentou encerrar a discussão. E quase conseguiu.

“Temos 50 deputados inscritos no painel. E não se pode exigir que os 50 estejam presentes ao mesmo tempo no plenário. Além do mais, hoje (ontem) é um dia especial, com um número expressivo de prefeitos na Casa. Essa é uma prática normal (número de inscrições no painel diferente do número de deputados presentes no plenário)”, disse Nelson

20 Comentários

  1. Que coisa mais feia.Tanta coisa para se discutir..
    Porque eles não abordam o problema dos funcionários púbicos. Em 11 de novembro do ano passado, na Escola do Governo, o governador e a secretaria da administração, Marta Lunardon, assinaram a promoção salarial para promoção de 14,7 mil servidores do QPPE. Só que até hoje, ficou só no papel. Isso sim seria “trabalhar” pelos votos que receberam.

  2. Que feio deputados! Em vez de trabalhar ficam batendo boca. Tem que fazer jus não só aos seus salários mas também àquelas “benesses”!

  3. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Agora a Assembléia Legislativa do Paraná está ficando no “Ponto”.Deputado Neivo Beraldin ataca o deputado Antonio Annibelli, por ser também Procurador da Assembléia, alias, nunca deu um Parecer,e seu filho também é funcionário do mesmo Poder, mas está a disposição de orgão do Goevrno. O deputado Neivo Beraldin tem a esposa na Assembléia.Vocês, principalmente jornalistas, precisam saber o que o ex-deputado Anibal khoury disse do Neivo Beraldin e o que este disse do Anibal Khoury!.Foi um escandalo!

  4. Tudo no Brasil, tudo vira comédia pastelão quando se esta no engendrado meio politico… Os caras não tem pena rabo de palha que carregam, não importa o tamanho da chama, eles não sentão perto do fogo apenas, eles abanam o brasido e ai que o rabo encendeia. Bom, por certo o rabo se refaz novamente, por isso não ligam de queimar o rabo, é uma forma de sempre estar de rabo novinho em folha…

  5. Foram eleitos por nós, nós pagamos os seus salários, reclamar do que? Democracia é isso. Nas próximas eleições, eles serão eleitos, e o povo que se lixe. É assim mesmo, então, pense bem antes de votar, pois a única maneira de dar resposta a eles, é no voto.

  6. Igual briga de mulher de malandro, depois vem os tapinhas nas costas e muitos abraços.E nó pagamos o salário desses imbecis.

  7. Eis o custo do voto das últimas eleições ! Nós pagamos a preço de ouro esses deputados para falarem de si mesmos e se destratarem em público, enquanto os graves problemas do Estado sequer são abordados com competencia. O que ganhamos com estes desafetos – nada. Está na hora de todos aprendermos a fazer contabilidade política, povão bão de voto do Paraná !

  8. sem comentarios baixaria da pura ,que pena que ainda os poucos que ainda podemos contar nos dedos dos deputados, paguem por estes de baixo escalão,que bom que pelo menos as 4 deputadas sao mais competentes e equilibradas,bom para nós mulheres.

  9. Pelo que entendi o Dep. Neivo Beraldin estava chamando atenção para o trabalho e não desviando assunto como alguns estão dizendo!
    Leiam com mais ATENÇÃO!

  10. O salário e os benefícios, os adcionais de gabinete entre outros, bem como, os votos recebidos pelos parlamentares, que representam a chamada Casa do Povo, justificam que os esses Deputados sejam presentes e atuantes. É UMA VERGONHA QUE NÃO SEJAM APROVADAS MATÉRIAS IMPORTANTES PARA NOSSO ESTADO, POR FALTA DA PRESENÇA DE DEPUTADOS.
    Fica aqui nosso lamento.

  11. imoral é o que fazem com o povo, isso sim é uma baixaria.

    Deputados ou Vereadores que não trabalharem deveriao ser cassados JÁ.

    Pagamos um caminhão de impostos, para esses espertalhoes e sequer eles aparecerem para o trabalho.

    Eu trabalho a 23 anos, quanto de imposto eu e minha família já pagamos? e que benefícios recebi? È uma vergonha ver nosso dinheiro ir para o ralo e deputados nao aparecerem para o trabalho.

Comente