Uncategorized

Na opinião de Lula, Sarney não é “pessoa comum”

De Josias de Souza, na Folha Online

Em viagem à Ásia, Lula trocou um dedo de prosa com os repórteres sobre a crise do Senado. Disse que não leu o noticiário sobre Sarney. Não leu e não gostou. A pretexto de defender Sarney, disse que ele “tem história no Brasil suficiente para que não seja tratado como se fosse uma pessoa comum”.

Lula tem razão. Sarney não é um qualquer. Merece tratamento epecial. Mais rigoroso que o habitual.

Já entrado em anos, com 55 anos de política nas costas, já deveria saber: na administração pública, não há espaço para decisões secretas.

Lula revelou-se incomodado com a avalanche de denúncias: “Elas não têm fim e depois não acontece nada”.

Certo, muito certo, certíssimo. Desde a posse de Sarney, em fevereiro, as mazelas do Senado chegam às manchetes em catadupas. E não acontece nada.

Referindo-se à burocracia clandestina do Senado, Lula disse: “Essa história tem que ser mais bem explicada. Não sei a quem interessa enfraquecer o Poder Legislativo…”

“…Quando tivemos o Congresso Nacional desmoralizado e fechado foi muito pior para o Brasil…”

“…Portanto é importante pensar na preservação das instituições e separar o joio do trigo. Se tiver coisa errada, que se faça uma investigação correta”.

A encrenca, de fato, reclama explicações. Algo que spo virá com uma, duas, três, tantas investigações quantas sejam necessárias.

Lula ainda não se deu conta. Mas o Legislativo vem adotando um comportamento de alto risco.

O Senado, por exemplo, promove uma autoconspiração. É como se estivesse tomado por um instinto suicida.

Congresso fechado, como diz Lula, é “muito pior”. Vale a velha máxima de Churchill: a democracia é o pior regime imaginável com exceção de todos os outros.

Gerente de um consórcio partidário que reúne a maioria da Câmara e do Senado, Lula talvez devesse tentar convencer o Legislativo a parar de brincar de roleta russa.

44 Comentários

  1. Sarney já fez escola. Seu novo pupilo é Lula, que se projeta na situação de Sarney após o exercício da presidência.

  2. Luis Adolfo Kutax Responder

    É verdade o que o Lula disse: “tem história no Brasil suficiente para que não seja tratado como se fosse uma pessoa comum”. No Brasil algumas classes politicas a séculos vivem de negociatas com práticas cartoriais que a todos beneficia….

  3. Olegario M Dias Responder

    Realmente.

    Uma pessoa comum tem que trabalhar para pagar as suas contas, não tem como empregar netos e sobrinhos nem tem uma Maranhão como fazenda.

    Ele realmente não é uma pessoa comum.

    Agora sobre o Lula e o Sarney, bom, o que não aprece com o dono, é roubado.

  4. Realmente o Lula tem razão, o Sarney não é um cidadão comum, basta conferir o estrago que este cidadão causou ao Estado do Maranhão em mais de 40 anos no poder. Uma biografia muito rica em cargos: dep. estadual, dep. federal, prefeito, governador,ministro, coroando com a Presidência da República, cargo herdado com a morte de Tancredo. A verdade é que este cidadão, sua família e agregados, enriqueceram a olhos vistos neste período, enquanto a maioria do povo maranhense, continua na miséria.

  5. Mas que bonito, hein seu Lula ? Passando a mão na cabeça do Sarney … que pouca vergonha !
    Gente, PAREM PARA PENSAR :
    Vivemos num país em que o Presidente do Senado (Poder Legislativo) se diz acima da Lei, acima de qualquer julgamento… se diz não ser uma “pessoa comum”…
    O Presidente da República (Poder Executivo) concorda e avalisa uma asneira de tal proporção e repercussão…
    O Presidente do Supremo Tribunal Federal (Poder Judiciário), Gilmar Mendes (aquele… que não permitiu prender o banqueiro Daniel Dantas; aquele… que discutiu com o outro ministro no plenário do Supremo; aquele que diz que a Policia Federal extrapola no cumprimento de seu dever institucional…) compara Jornalista a cozinheiro e diz que não é necessário diploma para exercer a profissão de jornalista …
    e o prefeito de Guarapuava, pai do ex-deputado playboyzinho, Ribas Carli, aquele que matou dois no acidente em Curitiba quando estava bêbado como um gambá, volta à francesa para a prefeitura… e re-assume como se nada tivesse acontecido, como se nenhuma satisfação devesse ao povo daquela cidade, ao seu eleitor, ao eleitor a quem ele próprio enfiou goela abaixo a eleição do “primeiro-filho” para deputado…
    Então, gente… PARA PARA PENSAR : Alguma coisa está MUITO ERRADA nisso tudo.
    A estrutuda do poder está PODRE. Em todos os níveis, em todos os poderes. Os “podres poderes”…
    E nós… o que fazemos além de manifestar nossa indignação nestes espaço ? ? ? Ficamos na janela vendo a banda passar ? ? ?

  6. Todos nós desconfiavamos, Agora temos a certeza, Claro que não é uma pessoa comum, é um incompetente, Canalha, um Sem vergonha que a única atitude realmente decente e que o livraria do rídiculo é renunciar, mas isso ele não faz, lá ele vai poder continuar a mentir e enganar, ajudar o “cumpanheiro” e rir da cara do contribuinte que ele já mostrou com a cara mais deslavada do MUNDO que não respeita, nunca respeitou e continuará a Não respeitar, e ainda ri de nós.
    hÓ!!!! PALHAÇO – Seja Homem – RENUNCIE

  7. Escória…
    Tivesse ficado quieto, perdia menos esse presidente. Tem prazo para acabar. Contagem regressiva.
    É uma vergonha para os seus que tanta força e dedicação fizeram para elevá-lo a essa condição.
    Agora fica de fresqueando com essa corja oriunda da ditadura. Sarney sempre foi cria de milico e foi imposto na chapa do Tancredo. Só criou espaço por causa da morte do presidente eleito.
    Ulysses Guimarães deve se retorcer no fundo do mar por ter dado posse e legitimado esse cabra na presidência.

  8. O Maurício Requião sonha em voltar para o TCE em uma articulação via Sarney. MP, TJ, OAB, como pode manter gabinete alguém que estpa sub judice?

  9. esse è o resultado da igreja catòlica, muitos professores, e todo tipo de hipòcritas apoiarem um ignorante corrupto e incompetente p/ presidente. o resultado disso sò pode ser a revolta popular e o retorno da ditadura.pq agora o lula sò pensa em se perpetuar no poder a qualquer custo, a mim ele nao engana

  10. V.Lemainski-Cascavel Responder

    Se perante a lei todos são iguais ou comuns, por que o Sarney não o é?
    Acho que o Lula novamente falou bobagem…

  11. É discurso de quem protege a governabilidade, e em nome dela que prossiga a corrupção ?
    Discordo.

  12. PAPAGAIO DE PIRATA Responder

    VERGONHA NACIONAL, …SARNEY NÃO É
    UMA PESSOA COMUM, ….SERIA MUITO BOM QUE O SR LUIZ INÁÇO DESSE EXPLICAÇÃO PARA O POVO BRASILEIRO O É SER UMA PESSOA COMUM E UMA PESSOA ESPECIAL…..AI FICO PENSANDO
    COITADO DO TANCREDO NEVES FICOU DOENTE, TENDO COMO VICE JOSÉ SARNEY, COITADO DO VELHINHO SÓ PODIA DAR NO QUE DEU……MORTE NA CERTA. OUTRA COISA O INAÇO DIZ QUE NÃO LEU, SERÁ QUE ELE SABE LER ?

  13. mas que m…… será que esse mundo de poder afasta tanto as pessoas da realidade. Porque não faz como no caso Zé Dirceu, quando defendeu as investigação e que punan-se os culpados?
    JÁ PASSOU A HORA DE TIRAR ESSE BANDO DE POLÍTICO DA VIDA PÚBLICA!!
    SERÁ QUE ALGUM SENADOR TEM CORAGEM DE PEDIR COMISSÃO DE ÉTICA AO SARNEY, OU ESTÃO TODOS COM PARENTES, VERBAS EXTRAS E OUTRAS REGALIAS INCONFESSÁVEIS?

  14. LULA CADA DIA PIOR!!!!!!!!!!!!!!!!
    VOTEI NESSE PILANTRA……. NUNCA MAIS!!!!!!
    Para o mundo civilizado, em se falando de pessoas públicas, vale a máxima: “não basta a mulher de Cesar ser honesta, elá tem que demonstrar que é honesta”!!!!
    Aqui no Brasil, segundo o Lula, presidente picareta, temos dois tipos de pessoas, os comuns, com os direitos de serem espoliados, achacados, vilipendiados, etc, etc, e os não comuns que podem se locupletar, roubar o erário público e não devem ser denunciados (sic) e nem responsabilizados por isso.
    É triste mas temos que reconhecer: nós somos um povo sem catgegoria, nós elegemos e aceitamos isso que tá aí, nos cuspindo na cara todo dia…..

  15. Se fosse pra ser assim, era melhor a “Monarquia” né não seu Lula.
    E tem gente que vota neste cidadão ainda.
    Hóoo vida…hóóóó azar.

  16. Ocomentario do critico é a õpinião da maioria dos brasileiros, temos que fazer alguma coisa .vou dar uma solução voto nulo em 2010 vamos começar a mostrar para esses canalhas que não somos mais escravos dos coroneis.

  17. Sr. Lula, a democracia que o Sr. Churchill se referia na época era a da Inglaterra e não a da terra de Lampião

  18. Sapo Barbudo tem razão – “Não li a reportagem do presidente Sarney, mas penso que ele tem história no Brasil suficiente para que não seja tratado como se fosse uma pessoa comum”. Palavras do presidente Lula, corretíssimas, o presidente do Senado efetivamente não é cidadão comum e sim um ilustre cara de pau (ambos são).
    Ass. Rede PDT Brasil, vejaredepdt@hotmail.com

  19. PAULO SERGIO MOREIRA Responder

    Lula defende Sarney e leva pau.
    FHC defende Roberto Jefferson e NÃO leva pau.

  20. É evidente que o Sarney não é pessoa comum, pois se fosse já estaria pressa a muito tempo!
    Mas como detém muito dinheiro e tem forte esquema político se perpetua no poder a 50 anos mais ou menos.
    Este é o Brasil da “nova república”.

  21. Lula, quem te viu e quem te vê!.
    Em outras palavras, nosso grande guru disse: esquecem o que falei o passado. Esqueçam a ética que eu cobrava no passado. Tudo é relativo.Se para amigos não tem problema, deixa passar.

  22. a sorte dessa pessoa, é que esqueceram
    de enquadrá-lo na ditadura, como os que deram a “cara para bater”, foram enquadrados.

  23. Não é pessoa “comum” mesmo. Porque as pessoas comuns têm muito mais decência. Já que gosta tanto dos parentes, porque nãos os emprega nas suas próprias empresas ?

  24. Piá Curitibano Responder

    Leonel Brizola, em seu túmulo, deve estar ironisando:
    “FILHOTE DA DITADURA!!!!”

  25. EX PETISTA
    Não esqueça que o “malandro” foi escolhido e premiado como “operário padrão”, durante o regime militar………………
    Concurso promovido sob os auspicio da ditadura!!!

  26. esta incomum pessoa comum, um mártir da República, deveria ter o mesmo fim que o mártir da inconfidencia. E logo

  27. Borat baixa em Lula
    Publicidade

    O presidente Lula fala cada coisa…

    Em sua passagem pelo Cazaquistão, o espírito de Borat, aquele que se orgulhava de ter como irmã a quarta melhor prostituta do país, parece ter lhe deixado especialmente inspirado.

    “Não li a reportagem do presidente Sarney, mas penso que ele tem história no Brasil suficiente para que não seja tratado como se fosse uma pessoa comum”, disse o presidente.

    Eu, pessoa comum, acho que Sarney deve ser tratado pior do que nós.

    1) Pela nomeação secreta de parentes a cargos no Senado e as tentativas de minimizar ou esconder os escândalos em série na Casa que preside.

    2) Por ter sido um péssimo primeiro presidente do Brasil pós-ditadura, guiando a nova democracia aos porões do fisiologismo, da corrupção e do centrão, de onde não conseguimos escapar.

    3) Pela miséria no Maranhão após décadas de sarneyzismo.

    4) Por ter trocado de Estado como quem troca de partido para se eleger senador.

    5) Pelas recorrentes investigações, inconclusivas, claro, contra seus aliados mais próximos, incluindo filhos.

    Apesar dessa ficha toda, Lula acha que Sarney deve ser tratado melhor do que uma pessoa comum. Precisa do maranhense (e do PMDB) para abafar a CPI da Petrobras, entre outros serviços essenciais.

    Mais Borat, quero dizer, Lula: “Elas [denúncias] não têm fim e depois não acontece nada.” Puro boratismo: já que a Justiça é incapaz de punir políticos, vamos parar de denunciá-los.

    Mais: “O que não se pode é todo dia você arrumar uma vírgula a mais, você vai desmoralizando todo mundo, cansando todo mundo, inclusive a imprensa corre o risco. Porque a imprensa também tem que ter a certeza de que ela não pode ser desacreditada porque, na hora em que a pessoa começar a pensar ‘olha, eu não acredito no Senado, não acredito na Câmara, não acredito no Poder Executivo, no STF [Supremo Tribunal Federal], também não acredito na imprensa’, o que vai surgir depois?”

    O raciocínio tortuoso para tentar intimidar a mídia pressupõe que o descrédito seja doença contagiosa, o que a Organização Mundial da Saúde contesta. E tomara que surja algo depois do descrédito geral.

    E o que o petista chama de “uma vírgula a mais” (evidências de nepotismo, desvios de conduta de servidores e benefícios irregulares com dinheiro público) estão mais para pontos de exclamação!

    Se Lula foi fundamental ao consolidar a mudança de patamar da economia brasileira, ao garantir a estabilidade econômica, vai sendo também tristemente fundamental na consolidação da podridão política no país, o segundo ato maculando o primeiro.

    Sérgio Malbergier

  28. Então tá. Se Sarney não é uma pessoa comum perguntamos: “Que tipo de pessoa é o Senador José Sarney”? Fala aí!

  29. É SÓ BUSCAR NOS ANAIS DA CÃMARA E NOS NOTICIÁRIOS DOS JORNAIS DA ÉPOCA EM QUE SARNEY ERA PRESIDENTE DA ARENA E DEPOIS DA REPÚBLICA PARA VER COMO ESSE LULA É UM FALSO. DIZIA QUE O SARNEY ÉRA UM BANDALHO. AGÓRA DIZ QUE O HOMEM É INCOMUM E HONESTO. COMO ACREDITAR EM LULA?

  30. RELATORIO FINAL Responder

    Esses são os da “nova república” que acabaram com a ditadura segundo eles. Só que meu pensamento sobre isso é um tremendo paradóxo. O governo militar principalmente o de João batista figueiredo fez a abertura para que a democracia viesse a reinar, não é o caso desses senhores lula e sarney e tantos outros que agora querem inventar uma ditadura à sua maneira.

  31. Argemiro Pertence Responder

    Sarney é um sujeito tão incomum que recebeu dos cofres públicos o tal “auxílio-moradia”, algo na faixa de 3 mil e poucos reais mensais, durante meses, tendo direito a usufruir de uma mansão que o Senado reserva para os seus presidentes.
    Indagado sobre a duplicidade dos benefícios, ele disse que “não sabia que recebia o auxílio-moradia”.
    Pergunto: ele já devolveu o dinheiro recebido indevidamente?

  32. Me envergonha ter um presidente que diga uma bobagem dessas. Então quando ele vivia bêbados fazendo comícios, era uma pessoa comum. Agora que é presidente ele não é mais uma pessoa comum.. Bom.. Penso que se seguirmos esta lógica, logo logo ele vai voltar a ser uma pessoa comum e pode nunca mais ser uma pessoa “especial”.. Isso é um absurdo. Com certeza o Sarnei não é comum não, pois o Sarnei é um criminoso que só soube assaltar os cofres públicos, aqueles que são abarrotados de dinheiro por pessoas como nós.. PESSOAS COMUNS.

  33. É compreensível que ele não queria (e nem vá) renunciar. Que cão quer largar o osso? Mais de 5 décadas no poder, variando nele… Ora no Legislativo, ora no Executivo… Judiciário nunca o interessou, que graça tem? No Judiciário não dá pra comandar um país. O Brasil tem dois presidentes. Gilmar Mendes e José Sarney. Acima deles, só Deus mesmo.
    Saindo ou não da presidência do Senado, de fome ele não morre. Além de toda fortuna acumulada, ele pode contar com a profissão de dono de Rede de Comunicação (Rede Mirante, a maior do Maranhão, filiada a segunda maior do mundo, Rede Globo).
    Me espantaria o Lula não falar o que falou. Depois do abraço mais conveniente que eu já vi, o mínimo que ele poderia fazer era essa defesa contextual.

    Viva o Brasil.

  34. Retificando: Rede Globo é a maior da América Latina e a 4ª maior do mundo.

    *( Quem dera ela tivesse perdido um pouco da força com meu erro de informação ).

Comente