Uncategorized

Justiça determina auditoria no Hospital Regional do Litoral

hospital

A juíza Daniele Nogueira da Mota, da 2ª Vara Cível de Paranaguá, determinou que seja feita uma auditoria em 15 dias no Hospital Regional do Litoral, recém inaugurado pelo governo Requião e anunciado pela propaganda oficial como modelo de instituição.

De acordo com a liminar, o Conselho Regional de Medicina deverá investigar a estrutura física, qualidade no atendimento, número de profissionais e outros aspectos.

O hospital é acusado de negligência, depois que três bebês morreram. Há também filas de pacientes, falta de medicamentos, de médicos, especialmente de obstetras, e equipamentos não instalados.

Depois da auditoria, a Secretaria de Estado de Saúde vai ter 30 dias para fazer concurso público para contratação de funcionários. O processo deve ser concluído no máximo 120 dias após decisão da juíza.

15 Comentários

  1. isso é um escandaço, é que o da construir hospital sem planejamento. Com a palavra Requião e sua trupe de incompetentes.

  2. Aqui em Paranaguá, a TV local estampa com frequencia o cara de pau de Requião na inauguração do Hospital. Um monte de mentiras registradas pelas cameras e que caem por terra na vida real.
    3 mortes de crianças.Isto não vai pro FANTÁSTICO.

  3. PARANAGUÁ DE TODOS Responder

    Não esqueçam de aproveitar e fazer auditoria na secretária de saúde de Paranaguá que comanda os postos de saúde do município ,
    não trabalham na hora do almoço ,nem aos sábado, domingo e feriado e pode ser por isso que está congestionando o Hospital Regional. É brincadeira aqui em Paranaguá não pode ficar doente na hora almoço,nem aos sabados ,domingo e feriados.

  4. Espero que realmente seja feita essa auditoria que encontrará as deficiências clínicas existentes e um final feliz para todos os usuários do SISTEMA PÚBLICO DE SAÚDE, pois não podemos pagar o ônus da incompetência, da irresponsabilidade, do descaso das nossas autoridades, que só agora depois das denúncias feitas e as desnecessárias mortes ocorridas, tomam tardiamente as ações que poderiam ter evitado essas fatalidades. Acorda PARANAGUÁÁÁÁÁ…VAMOS FICAR DE OLHO…!

  5. Essa é a concepção de “obra séria” segundo a visão míope do Sr. Requião!
    Simplesmente vergonhoso e humilhante para a população mais carente do Paraná!

  6. O GOVERNO ESTADUAL CONSTRUIU HOSPITAIS E NEGA-SE DEFINIR O MODELO DE GESTÃO E PRICIPALMENTE ASSUMIR O PAPEL DE GESTOR . O MODELO ASSISTENCIAL BRASILEIRO É HIERARQUIZADO CABENDO AOS MUNICIPIOS O ATENDIMENTO BÁSICO COMO POR Ex O PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA ,UNIDADES BÁSICAS E O SECUNDÁRIO (Ex CME eCMD) . AO ESTADO CABE AS EMERGÊNCIAS, PROCEDIMENTOS DE ALTA COMPLEXIDADE E O HOSPITALAR . A GRANDE OMISSÃO DO ESTADO FOI CONTINUAR IMPROVISANDO MESMO APÓS A INAUGURAÇÃO DO HOSPITAL . A CRISE DOS OBSTETRAS É APENAS A PONTA DO ICIBERG QUE TENTAM ENCOBRIR ACUSANDO OS MÉDICOS E MANIPULANDO A IMPRENSA CHAPA BRANCA . ENQUANTO ISSO NOSSOS “BAGRINHOS” ESTÃO NASCENDO A CONTRA-GOSTO EM CAMPO LARGO E VIDAS SENDO ROTINEIRAMENTE AMEAÇADAS. OS ADMIRADORES DO GOVERNADOR EM VEZ DE TENTAR JOGAR A CULPA EM TERCEIROS DEVERIAM SER OS PRIMEIROS A SE MOVIMENTAR PARA RESOLVER ESTA SITUAÇAO ,QUE É DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DO GOVERNO ESTADUAL .

  7. È muito bom inaugurações de hospitais,mas por favor que aja organização e cuidado,pois vocês estão lidando com vidas.

  8. Falou tudo Paranaguá Responder

    É EXATAMENTE O QUE PARANAGUÁ DE TODOS DISSE:

    Não esqueçam de aproveitar e fazer auditoria na secretária de saúde de Paranaguá que comanda os postos de saúde do município ,
    não trabalham na hora do almoço ,nem aos sábado, domingo e feriado e pode ser por isso que está congestionando o Hospital Regional. É brincadeira aqui em Paranaguá não pode ficar doente na hora almoço,nem aos sabados,domingo e feriados.

    o MUNICÍPIO tb deixa MUITO a desejar!

  9. INTERESSANTE OS FIEIS E DEVOTOS SEQUIDORES DO GOVERNADOR QUE TUDO FAZEM PARA DESVIAR E ACOBERTAR A IRRESPONSAVEL ADMINISTRAÇÃO ESTADUAL . A CULPA É DE “TODO MUNDO “,MENOS DO “GESTOR ESTADUAL”. PARA SE TER UMA IDEIA ,ELES DEVERIAM AVERIGUAR QUANTAS CIRURGIAS ELETIVAS O HOSPITAL REALIZA . RESPONDO :PRATICAMENTE NENHUMA,AS POUCAS REALIZADAS ACONTECEM POR INFLUENCIA POLITICA . O GOVERNADOR INAUGUROU UM HOSPITAL DE REABILITAÇÃO EM CURITIBA ,DIZENDO QUE IRIA SER SEMELHANTE AO SARA DE BRASILIA . RESULTADO::FUNCIONA AS DURAS PENAS QUEM SABE COM 10% DE SUA CAPACIDADE .

  10. Carlos Imperial Responder

    Lembram do rei Midas, da mitologia grega, que tudo o que tocava virava ouro? Pois o Requião éo rei M*rdas, pois tudo o que ele toca vira b*sta!

  11. odair moreira de aguiar Responder

    não podemos criticar o hostipal,pela falta de atendimento temos de criticar é a politica de paranaguá que pobre não se entende e responsavel pela cidade o governo fez o hospital é só o s politicos de paranagua se unirem e ajudar o governo. parabens Dr.ROBERTO REQUIAO

  12. E ainda continuam os absurdos nesse hospital. Falta de humanização. Minha prima acabou de perder o filho por negligência médica porque não quiseram fazer a cesarea sendo que ela estava com a bolsa rompida desde a 1hra da manhã. E mesmo depois de constatado a morte da criança, queriam esperar pra fazer parto normal. Que tipo de médicos são esses? Absurdo, total descaso com a população… Incrível como o ministério da saúde não abre um inquérito pra investigar tantas mortes de recém nascidos.

Comente