Uncategorized

MP quer explicações sobre reviravolta no crime do Morro do Boi

osiris

A Promotoria de Justiça de Matinhos protocolou hoje um pedido de informações à Secretaria de Segurança Pública do Paraná para esclarecer os fatos em virtude do surgimento de um suposto “novo autor” para o crime, Paulo Delci Unfried, informou a assessoria do Ministério Público.

Entre diversos pedidos, todos já acatados pela Justiça, o Ministério Público requer que ele seja submetido a exame de corpo de delito; que seja imediatamente juntada aos autos o laudo pericial de confronto de balística entre a arma encontrada com Unfried e os projéteis retirados do corpo da vítima (Osíris del Corso – foto); seja determinada uma reconstituição dos fatos criminais segundo a versão de Unfried; que ele seja submetido a reconhecimento pessoal pela vítima, Monik Pergorari de Lima; que a vítima seja submetida a reconhecimento pessoal por Unfried.

As promotoras e Justiça Carolina Dias Aidar e Fernanda Maria Motta Ribas, de Matinhos, já interrogaram o novo suspeito, que caiu em contradição diversas vezes ao descrever o crime.

Em março deste ano, o MP-PR propôs denúncia criminal contra Juarez Ferreira Pinto por roubo seguido de morte, roubo seguido de lesão corporal grave, atentado violento ao pudor e por perigo de contágio de moléstia grave.

Juarez é acusado de ter atirado no estudante Osíris Del Corso e na namorada, Monik Pergorari de Lima, no dia 31 de janeiro, no Morro do Boi, situado entre as praias Brava e Mansa, no balneário de Caiobá, comarca de Matinhos (autos nº 2009.397-4).

16 Comentários

  1. Cade o melhor Secretaria de Segurança do Brasil, aquele que gosta de uma entrevista quando o assunto é pau nos outros. O Delazari explica esta caca…

  2. Que coisa bonita de se ver né? Até uma funcionária que foi dar depoimento a favor foi indiciada por falso testemunho e esse dr cartaxo então? Fica aqui o conselho a moça que foi indiciada por falso testemunho, pegue um bom advogado e tome um monte do Estado, porque os políticos já tomam e nós que pagamos, então voce que vai estar com a razão, retire o seu bilhete premiado.

  3. EXPLICAÇÕES? Eles participaram dessa farsa, e agora querem explicações? Não subestimem nossa inteligência.

  4. A arrogância dos Delegados Cartacho, aqui de Curitiba, e Belo de Matinhos, somadas à natural prepotência do Ministério Público, pelo que começa a se desenhar, acabaram por produzir algo tão violento e repugnante quanto o crime que vitimou os jovens do Borro do Boi. Ouvi uma entrevista onde os Delegados em que negavam qualquer semelhança entre Paulo Unfried e o retrato falado, quanto até míope sem óculos conseguia ver o quanto se pareciam. Certamente o Ministério Público, com sua conhecida falta de responsabilidade, vai tenta “tirar o seu da reta” e afirmar que cometeram o erro por culpa da polícia como, aliás, sempre se utilizam desta desculpa esfarrapada.

  5. Adeus...Lazari.... Responder

    Já vai tarde antes que outros erros sejam cometidos em nome da “justiça Requionica”…

  6. O Ministério Público estadual parece que escorregou na casca de banana do processo e agora tenta recuperar-se. Se o novo indiciado é de fato o criminoso do Morro do Boi, o que foi apurado antes está tudo errado, e no erro de alguns foram todos dar com os burros n’água. Que vexame ! Pagamos estas “autoridades” a preço de ouro … e quando se defrontam com um caso difícil vão pro brejo … e levam inocentes juntos … e o povo do Paraná (através do erário público) será chamado a pagar justa indenização por danos morais e materiais ao inocente … Pergunta: a final serão responsabilizados todos os causadores deste erro ?

  7. Cap. Nascimento Responder

    Para que serve o ministério publico mesmo?
    O ministério público só serve para fornecer ao nepotão de mello e silva o seu secretário de insegurança pública, mais conhecido como rambinho dellazari? Só serve para ser obediente ao nepotão de mello e silva?
    Nós, contribuintes que pagamos os salários polpudos destes arrogantes promotores é que queremos uma explicação!
    Sai fora reiquejão, você e seus cupinchas já me encheram o saco, e o pior, é que irei futuramente e como contribuinte pagar a conta da indenização ao pobre coitado que foi preso sem ter culpa.

  8. Ministério Público.
    Um lugar repleto de advogadinhos que passaram ou foram empurrados, em concursos do estado.
    E do que eles mais gostam? Mídia, mídia, mídia…
    Tudo merda que nunca chegará a ser Juíz.
    E se chegar, deve ter sobrenome Macedo, Bacelar, Portugal…

  9. professor josé Responder

    O QUE ME DIZEM OS AMIGOS QUE DEFENDEM A PENA DE MORTE? Esse injustiçado poderia já ter ido pra fita…

  10. professor josé Responder

    Talvez alguns críticos do Delazari preferissem que ele fizesse como em outros tempos ou outros governantes que abafasse o caso e que a verdade não viesse a tona

  11. A VISTA DO MEU PONTO Responder

    Seria muito fácil para o SECRETÁRIO abafar o caso e deixar um injustiçado na cadeia comprando a tudo e a todos…PARABÉNS PELA DIGNIDADE DE RECONHECER O ERRO.

  12. A tese defendida pela Polícia e MP hoje:
    Encontrar o culpado, custe o que custar! Ou melhor, encontrar ALGUM culpado, qualquer um, para lhe ser imputado a prática de ato ilícito!
    Eles querem isso apenas para lançarem na MÍDIA que os crimes estão sendo solucionados… que estão sendo COMPETENTES… que são ÁGEIS… que são OS MELHORES… que são EFICIENTES e EFICAZES.
    Pois bem!!! Essa… é a segurança que você, POVO, está pagando!!! Essa é a atitude INSANA que nossos DEFENSORES estão tendo para coibir a criminalidade em nosso Estado!! CUSTE O QUE CUSTAR… nem que seja incriminar um INOCENTE!!!!
    CHEGA!!!!!!
    BASTA!!!!!!
    FORA GOVERNADOR E SUA CORJA!!!!!!!!
    Pior cego é aquele que não quer ver!!!!!!!!!!!
    Não sei como ainda não acharam algum “laranja” para o crime da menina Rachel!!!!!!!!!!
    A final de contas… como andam as investigações desse hediondo crime????????
    Do jeito que a coisa anda… daqui a pouco já encontram algum pobre coitado pra “assumir” o fato!!
    Lamentável, porém, esse indivíduo aí É O QUE O POVO ELEGEU!!! Agora, aguenta!
    E esse 2010 que não chega logo!!!

  13. Alto lá, só críticas à polícia? O Ministério Público corroborou todas as diligencias, o Judiciário também ao expedir o mandado de prisão. Houve erro, que se reconheça e se faça Justiça. O que não pode é o MP ficar fazendo cara de santo e posando de guardião da moral, assobiando e olhando pro alto… que a imprensa também os cobre pelos erros…

  14. Que história foi essa de intimidar testemunhas a favor do indiciado? Isso procede?

    “Em sua defesa, Juarez apresentou uma testemunha que afirma que perto da hora do crime o teria visto próximo de sua residência. A promotora de Matinhos, Carolina de Oliveira, convicta da culpa de Juarez, ameaçou processar a testemunha por falsidade.”

Comente