Uncategorized

Delazari não está nem aí para a Assembléia

douglaspelanrio

Há mais de 60 dias a Assembleia aprovou requerimento do deputado estadual Douglas Fabrício, do PPS, para convidar o secretário de Segurança Pública, Luiz Fernando Delazzari, a comparecer para prestar informações sobre a pasta.

Delazari nem ao menos respondeu ao convite da Assembleia. Fabrício voltou a cobrar respostas do secretário. A falta de segurança pública é considerada o maior problema para a população do Paraná.

“Fizemos um convite gentil, mas ele não veio e até agora nem sequer nos informou se virá”, disse Douglas, ao acrescentar que prepara correspondência com algumas perguntas ao secretário, como o número de presos e de vagas no Estado, demanda de vagas, onde ficam, número de policiais, entre outras.

“As nossas penitenciárias estão superlotadas. Queremos saber se há vagas para prender mais pessoas, mas aí tem que prender culpados e não quem não tenha cometido crime”, lembrou o parlamentar.

O deputado ressaltou que na semana passada ouviu uma importante liderança do Estado dizer que o Paraná tem o mesmo número de policiais que Santa Catarina, que tem a metade da população. Também ilustrou com a realidade do Rio Grande do Sul, com uma população praticamente igual a do Paraná, mas que tem o dobro de efetivo policial.

“Temos várias dúvidas e ficamos na expectativa que o secretário nos responda porque essas respostas vão permitir que possamos ajudar mais a segurança pública”, justificou Douglas, ao comentar sobre a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), preparada pela Comissão de Orçamento. “Em breve vamos votar o orçamento, onde poderemos colocar mais recursos para melhorar a segurança. Será que está faltando dinheiro? Não sabemos. Por isso precisamos de respostas do secretário”, completou.

18 Comentários

  1. Tanto o governo como a oposição só fazem demagogia!
    Falta de segurança é uma realidade há muito tempo, e NINGUÉM fez nada para melhorar a situação, só fazem discursos; mais veementes agora que as eleições se aproximam!

  2. Inútil esse convite, mesmo que esse “Silveirinha” do Requião fosse, não saberia responder as perguntas sem a presença do nosso “governador”.

  3. V.Lemainski-Cascavel Responder

    Deputado: Quem sabe ele atenda pelo nome de Roberto Carlos!… Tente chamá-lo por este nome…

  4. Que falta de respeito, mas pensando bem deputado, ele não tem o que falar, porque até agora não fez nada…..A assembleia poderia colocar um votação projeto para alterar o nome da secretaria de segurança para secretaria da insegurança…

  5. Tem aquele velho ditado: QUEM NÃO DEVE, NÃO TEME.
    E o caso do secretário de insegurança é justamente o contrário: QUEM DEVE, TEME.
    O secretário tem medo de comparecer.

  6. O PRÓPRIO SECRETÁRIO AFIRMA, QUE DESOBEDIÊNCIA DEVE SER PUNIDA COM PRISÃO…..ENTÃO QUE SEJA CUMPRIDA A LEI…..FÁCIL….

  7. Conegundes de Moura Responder

    Calma gente, pode ser que o bate pau do requião esteja acompanhando a polícia na busca e apreenção de CNHs vencidas. Até por que, isso é mais fácil do que combater a criminalidade!

  8. Ele não é burro,ele só fala pra microfones rapidamente,não irá debater com quem está preparado pra cobrar respostas na hora , vocês acham que ele vai falar alguma coisa agora,antes das eleições.Só se o governador acionar o controle remoto…Homens de verdade não atendem a controles remoto ,só os puxa…

  9. O incompetente Secretario da Insegurança Pública não serve mesmo é para nada!
    Acabado o Governo Requião, Delazari estará liquidado em todos os sentidos!

  10. bah! o secretario não tem mesmo jeito de quem consiga enfrentar coisa séria…mas neste caso não seria nenhum problema, pois com o douglas-discurso-vazio-para-o-nada-e para-o-espelho-fabrício nada é sério…o cara chega perto e desfaz a roda, de tão chato. perto dos discursos ridículos e ególatras deste deputado os discursos do jocelito canto são musica clássica.

  11. Realmente existem várias questões de segurança para as quais o secretário não dá a minima importância. Quem sofre é a população. Vejam como exemplo o concurso da Policia Cientifica realizado em 2007, com mais de 120vagas em aberto e sem nenhuma nomeação. A situação do IML e do IC no Paraná é uma vergonha e nao me parece que tenha alguem preocupado.
    Vejam o link: http://www.concursocientifica.gratix.com.br/

  12. Gostaria que fosse perguntado ao nobre Secretario, o motivo pelo qual não foram contradados os peritos aprovados no concurso de 2007. Em todas as notas da Secretaria de Segurança, são computados como ja contrados funcionarios para o Instituto de Criminalistica e IML, informação que não procede. O paraná tem 1 perito para cada 105.000 habitantes, sendo que o recomentado, seria 1 para cada 2000 habitantes. É uma vergonha

  13. Patricia Cancelier Responder

    Já que as ouvidorias do estado do Paraná, que supostamente serviriam para atender ao cidadão paranaense, não dão retorno, também aproveito o espaço para deixar clara minha indignação em relação ao CONCURSO DA POLÍCIA CIENTÍFICA. Realizado em 2007, até agora não nomeou NENHUM dos candidatos aprovados. O caos da falta de pessoal por que passa a POLÍCIA CIENTÍFICA DO ESTADO DO PARANÁ vem sendo estampado há anos na mídia. Nem isso adiantou. O IML de Curitiba está sob intervenção há exatos 16 meses, como se a falta de pessoal não fizesse parte do principal problema da instituição. Fora o fato de que, para um concurso desse porte, é gasto muito dinheiro. Um aporte financeiro que não pode se esvair no tempo sem um retorno concreto à população.

  14. O concurso da Polícia Científica realizado em 2007 é a prova do descaso do Secretário de Segurança e do Governador.
    Sabe-se que existem apenas 103 peritos pra TODO o estado…e o déficit no IML todos já sabem… É uma falta de respeito com a população.
    Acessem o link e vejam o quadro completo das necessidades de contratação para a Polícia Científica: http://www.concursocientifica.gratix.com.br/dados.html

  15. Um dos serviços mais importantes para a segurança pública e para a justiça criminal é o realizado pela Polícia Científica. Contudo, o último concurso para perito criminal e auxiliares de perícia se extende por dois anos sem que tenha ocorrido nomeação.
    Qual será a providência tomada pelo secretário com relação a este ponto?
    A sociedade paranaense merece uma resposta.

  16. Há muito tempo ninguém comenta sobre a falta de pessoal do Instituto de Criminalística e do IML, sendo que há um concurso, realizado em 2007, que não teve nenhum nomeado até hoje. É realmente um descaso com a população paranaense.
    Dúvidas, acesse o site: http://www.concursocientifica.gratix.com.br/, lá estão anexados diversos documentos que comprovam o que estou dizendo…

  17. É uma piada. É um abuso. Vou pegar quem faz esse tipo de patifaria com o povo e levar tudo pro meu sítio. Em São José. Chegando lá, vou botar os cabrito pra mamá neles. Chapa nos peito. Testada, no pau do nariz. Soco no coração. E depois vai levar soco na cabeça, pra desentupir o cérebro. Mas antes eu quero ver os cabrito mamando neles.

  18. Vamos lá, secretário. Acorda. Abra o olho. Ainda há tempo de ser respeitado e fazer um trabalho decente. Não deixe o povo paranense nesta situação caótica, onde cada notícia é pior que a anterior e nunca vemos solução. Há braços.

Comente