Uncategorized

Paulo Bernardo confirma liberação de R$ 1 bi para emendas

paulo1

Da Agência Estado:

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, confirmou nesta quarta-feira, 8, que o governo vai liberar R$ 1 bilhão do orçamento deste ano para atender emendas de parlamentares.

Ele descartou, no entanto, que a iniciativa seja uma ajuda ao Congresso para antecipar o recesso parlamentar e diminuir a crise no Senado. Segundo ele, essa liberação foi possível por houve condições econômicas.

“A liberação de emendas não tem nada a ver com recesso. O recesso tem data marcada na Constituição. Nós estamos concordando em começar a liberar as emendas porque temos uma condição que permite isso”, declarou Paulo Bernardo, após sair de audiência com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

Paulo Bernardo lembrou que o ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, pleiteia a liberação dessas emendas desde fevereiro e os parlamentares, desde o ano passado. “Assumimos o compromisso de liberar. Mas não temos a menor condição de operacionalizar isso em uma semana. Até porque o ministro Múcio vai fazer o levantamento, vamos ver onde estão as demandas e vamos indicar os ministérios que vamos atender”, disse o ministro, explicando que, rotineiramente, esse processo, andando depressa, leva uns 10 dias para ser liberado o dinheiro.

Questionado se não seria uma contradição o governo estar liberando emendas justamente num momento de queda de arrecadação, o ministro declarou “não tem contradição alguma”. “Os investimentos que estão garantidos são os do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e os referentes a ampliação dos projetos da área de educação. Os demais, podendo, vamos executar. Não podendo, não vamos”, disse.

6 Comentários

  1. SERA QUE OS NOSSOS CONGRESSISTAS DO PARANA CONSEGUIRÃO GANHAR DOS CATARINENSES,BAIANOS,CAPIXABAS E ETC????

  2. Não sabem mais o que fazer para atrapalharem o bom funcionamento do Legislativo, e saem com todo o tipo de jogada que lhes é possível, daqui a uns dias trazem a desculpa do porque não aconteceu.

    BRINCADEIRA

  3. E os aposentados e pensionistas federais, Ministrone … Fazendo economia até que todos morram nas filas das revisões salariais nunca concedidas ? Essa é o tipo da emenda mais vergonhosa que o soneto …

  4. Sim, emendas dos Deputados do PT. E do jeito que os PTistas do Paraná dormem no ponto, ficam só pensando em como atingir politicamente o adversário, já era.

  5. O Ministro diz que o Governo não tem dinheiro mas,
    O valor total das faturas do cartão corporativo da Presidência, nos primeiros seis meses de 2008, foi de R$ 1,867 milhão, segundo o jornal. Já no primeiro semestre de 2009, a soma ficou em R$ 3,787 milhões.
    O que diz o Ministro sobre isto ?

Comente