Uncategorized

Na República do Bispo Lugo, a suruba do embaixador

Espinola presta juramente como Embaixador

Espínola na suruba (de peruca loura)

A República Lugoriana do Paraguai inaugurou novas mudanças, como se vê pela festa de nomeação do novo embaixador no Chile.

Na foto de cima, a solenidade de posse do senador Armando Espínola no gabinete do vigário Lugo. Ao lado reprodução do jornal que publicou as fotos da suruba com que Espínola, de peruca loira, festejou a conquista do cargo.

O governo chileno comunicou hoje cedo à chancelaria paraguaia o desconforto da presidente Bachelet com o acontecimento e solicitou que Espínola não esteja presente no encontro de presidentes em Assunção, além de se providenciar um novo nome para o lugar do desmoralizado amigo de Lugo.

Espínola foi um dos braços-direitos de Lugo na campanha e foi o responsável pela administração da equipe enviada pelo governador Roberto Requião e comandada pelo ex-secretário de comunicação Airton Pisseti, hoje diretor do BRDE.rio

16 Comentários

  1. Eugênio de Castro Responder

    A presença da equipe de Requião, comandada pelo inefável Pisseti, foi o início da suruba…

  2. Josoe de Carvalho Responder

    Elementar meu caro Fábio. Não nos esqueçamos que o “Pai do Real” o mineiríssimo Presidente da Republica Itamar Franco foi fotografado junto com uma moça sem a calçinha no carnaval do Rio de Janeiro.

  3. Não, Dirceu, na Itália também não pode. Aliás, a mínima moralidade é o que se espera dos homens públicos, eleitos ou nomeados, já que representam a coletividade.

    No caso do Embaixador, este representa o Chile (um País) no Paraguay.

    Se o cara quer ser malandrão, pervertido, é uma opção pessoal. Mas que não seja ocupando um cargo público.

  4. ehehehehhehehe… Ta certo… tem mais é que comemorar mesmo.

    Pior é fazer falcatrua e festejar por ser absolvido.

  5. Podem esperar que vem mais fotos por aí.
    E vai aparecer o nosso grande secretario, Airto Pisseti

  6. Esta é a tônica da américa latrina bolivariana… os mais estapafúrdios e caricatos personagens… a ralé, a choldra, a escumalha, a escória nomeada para altos cargos, como a zombar das instituições, dos países e das nações… palhaços de circo – que estes me perdoem a comparação – representariam com mais dignidade suas pátrias do que as criaturas ridículas que ponteiam na mídia, como lideranças da américa latrina bolivariana, encabeçada pelo sargentão Chávez e seus miquinhos amestrados… como tentam fazer em Honduras, onde um tal chulé chamado Zelaya, que anda fantasiado de caubói de terceiro mundo, com chapéu e tudo, pretendia dar o golpe e instalar mais uma coreografia da ópera bufa de Chávez em território estrangeiro…. viva Zapata…digo, viva Catena-Zapata….

  7. E é essa mesma turma que quer posar de moralista pra cima do Brasil quando fala da Itaipu.

  8. Professor José Responder

    BANDO DE HIPÓCRITAS MORALISTAS.A maior indecência está bem longe disso…Pessoas passando fome e crianças morrendo não provocam tanto espanto em vossos corações e estão presentes todos os dias nas suas fuças.

Comente