Uncategorized

Polícia prende quadrilha que assaltou fazenda da família Dias

A Polícia Civil prendeu 11 acusados de integrar a quadrilha que assaltou a fazenda do sobrinho dos senadores Alvaro e Osmar Dias no mês passado. Na ocasião, o grupo fez como refém nove pessoas e roubou caminhões e tratores.

A quadrilha roubava fazendas e propriedades rurais no norte do Paraná. A Justiça expediu 14 mandados de busca e apreensão e 12 de prisão temporária dentro da “Operação fazenda”, desencadeada hoje. A polícia estima que a quadrilha agia há seis meses e já tenha roubado pelo menos 15 propriedades.

12 Comentários

  1. Só a serviço deles e para eles a “puliça” funciona. Para os trabalhadores de baixa renda até que se prove a inocência ela só serve para tratar a todos como bandidos, o que é uma inversão total de valores. A “lógica do inimigo interno” ainda está presente na ideologia das corporações policiais, e este é o “povo”, mas enquanto isto acontece os reais criminosos, os de colarinho branco, ficam impunes!

  2. Conde Edmundo Dantas Responder

    As colocações do Stalinista, pelo teor da notícia, estão completamente descoladas da realidade. Dentre as várias fazendas que foram assaltadas encontra-se a dos Dias. Parabéns à polícia por solucionar uma grande quantidade de crimes violentos praticados contra agricultores do norte paranaense. Bom, pensando bem, partindo de um Stalinista, não se pode esperar coerência.

  3. Acredito que os crimes cometidos contra os latifundiários, que são uma pequena minoria social, sejam solucionados rapidamente, tal qual o foi o cometido na fazenda do Dias, mas isto é exceção.

    É claro que quem se autodenomina como conde não deve conviver com a realidade social que envolve a maioria das pessoas que não possuem “sangue azul”!

    Aliás, os descendentes de condes e viscondes não faltam no meio destes grandes agros negociantes descendentes dos escravocratas!

    A miséria que envolve milhões nos grandes centros é fruto da centralização da propriedade da terra, já que a maioria destes que vivem a margem da sociedade sobrevivendo nas favelas foi expulsa do campo pela cobiça destes que carregam nomes aristocráticos, dos oligarcas patrimonialistas, que sempre tiveram no que deveria ser público coisas suas.

    Para os pobres a polícia continua cumprindo o antigo papel exercido anteriormente pelos capitães de mato!

  4. è uma prova de que previlégios existem.
    Se a fazenda fosse de um outro cidadão não teriam prendido os bandidos…

  5. Conde Edmundo Dantas Responder

    Lamento Stalinista, mas qualquer um que se auto proclame correligionário das idéias de Stalin, não pode ser encarado com seriedade quando menciona estar preocupado com o destino dos menos favorecidos. A história da humanidade só mostrou uma classe de seres mais desprezíveis que Hitler e os nazistas, esta é: Stalin e os stalinistas. Durante a 2º Guerra Mundial não houve uma única deserção de alemães para lutar nas fileiras inimigas; o mesmo não se pode dizer dos soviéticos, onde milhares de russos se juntaram aos nazistas para combater o teu mentor, o carrasco Stalin.

  6. Ser roubado ou feito refém por bandidos, não é algo que se goste, portanto, independente de quem seja, não deve-se ficar jogando pedra, pode acontecer com qualquer um.

  7. O “sangue azul”, mero borrão de aristocrata, desconhece a história e nos vem contar estórias.

    O pretenso Conde Edmundo Dantas ao não ter argumentos tenta desviar o foco da discussão ao misturar assaltos a fazendeiros e o protecionismo policial a figurões com a história da segunda guerra mundial, o que pelas barbaridades de escreveu mostra um profundo desconhecimento do tema.

    Pelo jeito você tem alguma afinidade com o nazismo ao se vangloriar, mas sem provar, de que “durante a 2º Guerra Mundial não houve uma única deserção de alemães para lutar nas fileiras inimigas; o mesmo não se pode dizer dos soviéticos”, como se a ideologia nazista tivesse sido um exemplo de construção da “unidade nacional”.

    No enfrentamento com os russos os nazistas perderam a Segunda Guerra Mundial. Este ato de resistência histórico custou à vida de mais de 26.000.000 de seres humanos, que sob o comando do Stalin resistiram bravamente ao exército mais poderoso que a história da humanidade já viu, pois preferiram a morte a capitular.

    Os russos em defesa da sua pátria e do socialismo preferiam destruir a própria comida, o que os levou a morrerem de fome em massa, a alimentar as tropas inimigas. No cerco promovido pelos nazistas a Stalingrado os socialistas resistiram bairro a bairro, rua a rua e casa a casa, se isto não é acreditar no regime, no seu líder maior e ser um exemplo de unidade nacional então o que será?

  8. Quem gsta do Stalin se filie ao PMDB ou PCdo B e militem com eles pra vcs sentirem o quento é ultrajante essas ideias

  9. Imaginem se foi por causa dos Dias!
    Claro que não.
    Da mesma forma, foi por pura coincidência que recuperaram o carro e deram cabo dos assaltantes da ministra Ellen Gracie.
    Para os que não lembram :
    http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,AA1379857-5606,00.html

Comente