Uncategorized

PMDB prepara defesa
na ação movida por Mauro Moraes

waldir_pugliesi

O Tribunal Regional Eleitoral deu prazo até a próxima segunda-feira (3) para que o PMDB apresente defesa na ação com o pedido de desfiliação do deputado Mauro Moraes em que ele alega sofrer perseguição do partido.

O presidente do PMDB estadual, deputado Waldyr Pugliesi (foto), já informou a Moraes que, se ele sair, o mandato é do partido. Fora isso, Pugliesi disse que não há nenhuma movimentação para pedir a expulsão de Moraes.

“Vamos provar que nunca houve perseguição. Ele perdeu os cargos nas comissões porque não defendeu os interesses do partido. Só isso”, afirmou Pugliesi.

10 Comentários

  1. “Ele perdeu os cargos nas comissões porque não defendeu os interesses do partido. Só isso”, diz Pugliesi

    entao a Comissao de Segurança é pra atender os interesses do PMDB ?!?
    Aaaah bom, pq nao disse antes. E eu q achei q fosse pra atender as necessidades da população, uma vez que a segurança é o que mais aflinge os paranaenses hoje !!!

  2. Não Acredito!!! Responder

    Fica uma perguntinha ao PMDB…
    O interesse do partido: O PMDB, está contente com a segurança em nosso estado?
    Se o dep. M.Moraes, que na época era presidente da comissão de segurança, apontou diversas falhas, ou melhor mostrou que aqui em nosso estado, não estamos seguros e começou a tentar melhorar este caos, o partido e os outros deputados do PMDB, ao invés de apóia-lo e ajuda-lo, expulsam das comissões.
    No meu entender ele não estava contra o partido, mas sim a favor da população, que vivem em suas casas com medo, e que por sinal está corretíssimo, pois foi eleito para defender os interesses do povo e não desse partido de MERDA!
    “Que já foi muito bom!”

  3. O deputado tem vergonha na cara, ao contrário desses outros que se ajoelham, frente ao Requião, que por sinal já foi um ótimo governador, mas que no momento está pecando muito, vá em frente Mauro Moraes, defenda os interesses da população, você vai vencer esta batalha.
    Cleverson L

  4. COMO NUNCA HOUVE, FIZERAM O CARA RETIRAR EMENDAS PARA O AUMENTO DOS SERVIDORES…”OU RETIRA OU É EXPULSO!”

  5. Pugliesi é o estafeta de luxo do nepotista-mor do sul do mundo. Vai detonar o MM a pedidos. E ai começa rifa da vaga.

  6. TOMARA QUE PERCA O MANDATO.,

    E A$$IM , PARA $ERVIR DE EXEMPLO PARA O$ PULA-PULA DE PARTIDO$ POLÍTICO$ QUE LEVAM MUITA$ E BOA$ VANTAGEN$ COM A VENDA DE APOIO$ AO$ POLITICO$ QUE COMPRAM O$ VOTO$ DO INOCENTE$ E BOBO$ DO$ ELEITORE$ QUE NÃO $ABEM QUE $EU$ VOTO$ FORMA NEGOCIADO$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$.

  7. Toda nossa politica gira em torno de partidos politicos gente, não é so com o PMDB isso não, ou vc é a favor ou é contra, por isso que temos muitos projetos bons engavetados, tanto no municipio como no governo, quem manda é a maioria, e em nosso estado temos um grande problema. Municipio = Prefeito Beto Richa – ele tem a maioria na camara de vereadores e manda oque aprova e oque nao aprova. Estado = Governador Requiao – ele tem a maioria na assembleia e manda oque aprova e oque nao aprova…. Enquanto estes politicos pensarem como partidos nada vai pra frente, pois muitos não tem nem voz ativa, são simples bonecos que aparecem para votar oque o lider do partido manda…… E por falar em Mauro Moraes, porque ele não fala abertamente como ele lida com o povão da zonal 145 onde ele tem grande maioria de votos, e la o indice de crimes é violento……. ACABEM DE VEZ COM OS PARTIDOS POLITICOS E DEIXEM OS CANDIDATOS VOTAREM TRANQUILOS…….

  8. Interesses do PMDB que nada! Só quem tem interesses é o Governador. Os deputados de apoio simplesmente baixam a cabeça e aceitam o que o Requião determina.

  9. A que ponto desprezível chegou nossa politica. Lideranças chegam a usar a mentira, engôdo, e outros experientes excusos para tentar justificar seus atos de opressão. Este é o caso do deputado Pugliesi.

    Quem diria. Waldir Pugliesi, vereador e prefeito de Arapongas
    sempre eleito pelo MDB (MDB, sim…não esse oportunista e já desmoralizado PMDB) que nos anos 70, no auge do regime militar combatia esse mesmo tipo de cerceamento ao direito do cidadão, sempre discriminado, hoje, se comporta como seus algozes de outrora.

Comente