Uncategorized

As vozes do Paraná no texto de Aroldo Murá

Aroldo4

Jaime Lerner está com olhos fincados no “Museu da Rua”, que ele diz “vai ser o menor museu do mundo”; Gleisi Hoffmann conta sua luta para entrar no convento, ideal cortado pelo pai; Alexandre Curi tem data para ser governador; Gustavo Fruet revela-se militante do movimento Economia de Comunhão e seguidor de um ex-Brigada Vermelha; Ricardo Pasquini, cientista, hematologista dos transplantes de medula óssea, faz concessões ao mundanismo – ao vinho italiano e às gravatas idem; René Dotti é só recordações de uns tempos em que brilhava e ganhava manchetes nos palcos curitibanos; Luiz Fernando e Elin de Queiroz são investidores, sem ajuda de governos, em projetos de preservação da cidade, como o Caminhos Nota Dez; Raul Trombini, recém desaparecido, era o homem da fé kardecista; Wilson de Araujo Bueno, o colunista que tem o Norte do Paraná nas veias e Ibaiti no coração; padre Ricardo Hoepers é o criador da Pastoral dos Surdos, um especialista em linguagem brasileira de sinais (LIBRAS); Irineo Costa Rodrigues, um capitão do agronegócios, dirigente de cooperativa que em pequena cidade do Oeste do PR fatara R$ 1,5 bilhão; Waldo Vieira, o controvertido ideólogo da Projecciologia, ex-kardecista, ao lado de Chico Xavier foi autor de vários livros espíritas.

Estes são rápidos registros de algumas da personalidades que compõem o livro “Vozes do Paraná 2”, que o jornalista Aroldo Murá lançará na sexta-feira, dia 14 deste mês, no Piso L4 do Shopping Crystal. Uma noite
que vai reunir personalidades culturais e das vidas política, social e econômica do Paraná em torno dos perfilados por Aroldo.

“O livro é também trabalho de referência, de consulta sobre os modernos construtores do Paraná”, assegura Aroldo Murá. Parte da renda da noite será em benefício do Centro Cultural João Paulo II, de Laranjeiras, Piraquara, obra de Belmiro Valverde Castor e Elizabeth.

2 Comentários

  1. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Quem é o culpado de tudo isso?

    Digo que 100% que a culpa é nossa, do povo brasileiro, que votamos neles e elgeu um Presidente que não temqualquer compromisso com asociedadebrasileira a não ser distribuir a maldita bolsa miséria.

    Mas há a necessidade urgente de se fazer cumprir as leis. Nosso país é rico em leis, mas os poderes: Executivo, Legislativo e Judiciario estão corrompidos.

    Em quem confiar?
    O que está sobrando nesse nosso amado país é a IMPUNIDADE. Já está totalmente institucionalizada.

    A grande maioria da população está feliz com as migalhas do bolsa-familia (BOLSA MISÉRIA), o futebol e carnaval.

    Qual é o exemplo que temos?
    Quais são as qualidades necessárias para ser presidente????
    E político????
    Eu preciso ter um curriculum impecável para conseguir um emprego e ELES?
    Onde estão os caras pintadas que expulsaram Color do poder?
    Porque Lulla da Silva e seu plano maldito de governo assistencialista, rumo ao socialismo de Obbama e Chaves ainda esta no poder, e escancaradamente protege o maior coronel do Brasil, chamado Sarney?

    Você duvidaque Dilma,candidata de Lulla da Silva (guerrilheira eassaltante de Banco), vai se eleger a Presidência da Republica?

    Que é isso,que vergonha, onde vamos parar?

  2. MARIO DO ATLÉTICO Responder

    NA COMPANIA DO HERMAS BRANDÃO, DO HEINS, DO BETO RICHA CAIXA DOIS, DO ENIO FORNÉA E DO TONI GARCIA, O ALEXANDRE KHURI JAMAIS SERÁ GOVERNADOR DO PARANÁ. CAI FORA ALEXANDRE.

Comente