Uncategorized

Apesar de Requião,
Beto Richa tem o apoio
de bases do PMDB

beto-e-pmdb-470x266

Via Elizabete Castro, do Paraná Online

Mesmo com a oposição da principal liderança do PMDB, o governador Roberto Requião, o prefeito de Curitiba, Beto Richa, do PSDB, que aparece na foto ladeado pelos deputados Alexandre Curi e Luiz Claudio Romanelli, do PMDB, vê as portas abertas para uma negociação com os peemedebistas visando à uma composição para a sucessão estadual do próximo ano no Paraná. Em entrevista a O Estado, Beto disse que tem sentido a proximidade das bases do PMDB ao PSDB.

De dez prefeitos que o visitaram durante esta semana, o tucano afirmou que quatro eram do PMDB. E que estes, assim como outros com os quais têm conversado, manifestam-se favoráveis à discussão de uma aliança entre os dois partidos e também a simpatia por uma eventual candidatura tucana ao governo.

Com a ressalva de que o PSDB respeita a pré-candidatura do vice-governador Orlando Pessuti ao governo, Beto afirmou que a afinidade entre os dois partidos é natural já que têm a mesma origem. As articulações da direção nacional do PSDB para atrair o apoio do PMDB à candidatura presidencial do partido são uma prova de que, apesar das peculiaridades locais, o acordo pode ser costurado também no plano estadual, afirmou Beto.

Beto Richa estaria disposto a esquecer os mais recentes conflitos, que se acirraram após a direção estadual do PSDB identificar no governador e no seu partido um foco de disseminação de denúncias de irregularidades na campanha de Beto à reeleição no ano passado.

“Todo mundo conhece o meu perfil. Sou conciliador e agregador. Não vejo dificuldades para conversar”, afirmou o prefeito tucano. Ele reforçou que os sinais emitidos pelas bases peemedebistas, e também por deputados estaduais, deixam muitas brechas para um entendimento.

Da mesma forma que não vê a possibilidade de rachas internos no partido, quando chegar a hora de definir o nome do candidato tucano ao governo. “Vai ser de uma forma consensual. Duvido que haja disputa em convenção. A vontade da maioria será aceita”, disse o prefeito, que garante já ter conversado com o senador Álvaro Dias muitas vezes sobre esse assunto e que não há divergências entre os dois, quanto a prevalecer a preferência da maioria do partido. Ainda que as pesquisas de intenções de votos sejam usadas como indicadores, afirmou.

Na mesma

Sobre sua conversa com o senador Osmar Dias (PDT), anteontem, em Brasília, Beto disse que foi mais um encontro rotineiro e que, ao contrário do que foi ventilado, não os aproximou ou distanciou.
“Toda a vez que vou a Brasília converso com o senador Osmar. Nada mudou. Foi uma visita de cortesia e, novamente, disse que o PSDB não irá definir nada antes de 2010”, afirmou o prefeito.

Beto também conversou com o presidente nacional do partido, Sérgio Guerra. Disse que há “simpatia” da direção nacional para a hipótese de concorrer ao governo. “Mas eu tenho agido com cautela. E é cedo para avaliar isso”, comentou.

15 Comentários

  1. É melhor conversar com o PMDB, do que o Urtigão que com este PDT que a maioria era PDS…..Principalmente em Foz do Iguaçu aonde o prefeito atual foi do PCdoB,PFL, PDT….. “pouco oportunista o cidadão”……

  2. Cuidado Beto!!! repare bem na foto o Roubanelli estáva tentando enfiar o mão no seu bolso!!!!

  3. Depois desta, o Requião foi acometido de uma diaréia no Cangueri. Ver o Romanelli sorridente ao lado do Beto
    E depois desta o que pensar Pressuti?
    Haja visto que a sua bancada o desbancou. O lider do Governo na Assembléia é a prova disso.
    Pressuti, seja vice do Beto e você vai se dar melhor.

  4. Até o presidente da Associaçãpo dos Municípios do Paraná, o peemedebista da cozinha do Requião, o prefeito de Castro Moacyr Fadel Junior, há muito faz campanha para Beto Richa. E acompanha seu amigo, o prefeito de Curitiba, em suas palestras pelo Interior do Paraná. Moacyr, sabe bem Beto Rcha, tem hoje uma forte influência sobre muitos colegas prefeitos do Interior. Tem sido Moacyr que dá as caras para brigar com os petistas em Brasília para conseguir repasses e a reposição do FPM que caiu exageradamente. E a AMP tem sido instrumento forte da prefeitarada para resolver parte de seus problemas municipais. Beto tem a AMP nas mãos. Pelo menos o comando maior. E basta fazer um levantamento. Na gregioão do Moacyr Fadel, a maioria dos vereadores do PMDB faz campanha aberta para Beto Richa. Sem nem saber se o tucano será candidato a governador. Pessuti governador, para eles, parece ser sonho de um só. Dele mesmo. E o Beto, o conciliador, tem conseguido unir na mesma mesa inimigos mortais como o prefeito Fadel Jr (PMDB) e o deputado Plauto Guimarães Filho (DEM). Isto enquanto Alexandre Cury negocia ser o vice de Beto. Hare Baba…

  5. Essa foto é antiga…foi na assembléia quando o prefeito almoçou lá no início do ano. Não representa apoio político nada!

  6. Os membros do PMDB que estão querendo apoiar o Beto(PSDB) são os que só defendem seus próprios interesses e não do povo do Paraná, são aqueles aproveitadores que nem deverias estar na politica.

  7. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Eu conheço a nossa política, eu conheço os políticos do Paraná, principalmente os atuais deputados, estes dois que aparecem na foto ao lado do Prefeito Beto Richa, só mode ser “cobra-mandada”.Quem manda no PMDB é Roberto Requião, ele quem vai decidir o que o PMDB do Paraná vai fazer no próximo ano e tudo que fizer é para proveito próprio. É só vendo a cara dos dois, para confirmar! TÁ NA CARA!

  8. O ALEXANDRE KHURI FAZ PARTE DO GRUPO DO HEINS E DO HERMAS BRANDÃO QUE APOIAM O BETO. ESSES DOIS SÃO A “INTELIGENCIA” POLITICA DO BETO. NO SEUS ANSEIOS DE HOSTILIZAÇÃO AO SENADOR ALVARO DIAS NÃO MEDEM ESFORÇOS PARA ENFRAQUECÊ-LO DENTRO DO PSDB ESTADUAL E COLOCAM O ALEXANDRE KHURI COMO UM POSSÍVEL VICE DO BETO. NA VERDADE ESSA ESTRATÉGIA SÓ TEM A DIREÇÃO DE ATIRAR NO ALVARO POIS, SABEM MUITO BEM QUE DOIS CANDIDATOS DA CAPITAL ESTABELECERIA UM CONFRONTO CONTRA O INTERIOR QUE DETÉM 81% POR CENTO DOS ELEITORES DO ESTADO E ISSO SERIA UMA DERROTA ANTECIPADA. A ESSES “RAPOSÕES” DA POLÍTICA, A QUEM SÓ INTERESSA O LUCRO FINANCEIRO QUE ADVÊM DA CONQUISTA DO PODER POUCO IMPORTA QUEM VÁ PARA O INFERNO, DESDE QUE UM SEU ADVERSÁRIO, QUE NÃO COMUNGUE COM AS SUAS FALCATRUAS, NÃO OBTENHA SUCESSO. ESSAS ARTICULAÇÕES INSIDIÓSAS, NA CALADA DA NOITE, NAS SOMBRAS, NOS GABINETES SUSTENTADOS PELO ESTADO SÓ TÊM UM OBJETIVO; A GARANTIA DE MAIS LUCROS FINANCEIROS. O PIOR DE TUDO É QUE O ALEXANDRE ESTÁ SE PRESTANDO A ISSO. AFASTANDO-SE DO SENADOR ALVARO DIAS, QUE SERÁ O CANDIDATO A GOVERNADOR PELO PSDB E PODERÁ COM ESSES “CONSELHEIROS”, ENTERRAR A SUA VIDA POLÍTICA. NÃO PERCEBEU AINDA QUE ESTÁ SENDO USADO POR ESSA “TROUPE” DE MALANDROS DO TRIBUNAL DE CONTAS. LEVANDO AINDA NA ALGIBEIRA O MALACO DO “ROMA”, AÍ SIM, A “VACA FOI P’RO BREJO.

  9. Perguntar não ofende: diante deste quadro ou destas figuras, o que é ou seria bom para Beto Richa é ou seria bom para o Paraná ? Ou mudaria só para permanecer este tipo de compadrio entre poderes, tal como brilhante narrado na novela Il Gattopardo, do conde Giuseppe Tomasi di Lampedusa, onde consta esta sentença lapidar:

    “A não ser que nos salvemos, dando-nos as mãos agora, eles nos submeterão à República. Para que as coisas permaneçam iguais, é preciso que tudo mude.”

    Guardem esta sentença, ela é sempre atual. E o povo não percebe, porque que implica no analfabetismo político e na anomia reinantes no Estado, fruto do compadrio institucionalizado entre os poders públicos. Isto foi banalizado a ponto de não haver reação.

  10. Morro e não vejo tudo. Que balaio. O Beto Richa esta mostrando que é mesmo moderninho. Que falta de dignidade é achincalhado pelo Requião e agora aparece abraçado com a base dele.

  11. Pessutao é bao Responder

    Melhor eles se abrraçaram com o BETO. DEPOIS NAO VENHA PEDIR CARGOS. eNTREM NO GABINETE DO ALEXANDRE CURI E CONTEM QUANTOS ASSESSORES. pARECE UMA FABRICA

  12. Essa foto nada quer dizer, a imprensa, ou melhor, alguns da imprensa que ficam veiculando reportagens vangloriando Beto Richa e Osmar Dias.
    A imprensa tenta desestabilizar o PMDB, uma simples foto e veja o que a imprensa maldosa faz. O que percebo é uma grande preocupação com a candidatura do Pessuti, porque ele é o único dos candidatos que não têm rejeição política, agora o que a imprensa não pode fazer é tratá-lo como um candidato fraco, tudo isso porque o governador do Paraná não se limita aos caprichos da imprensa com gastos, e sim com trabalho sério a frente do governo paranaense.
    Para finalizar, Orlando Pessuti, Osmar Dias e Beto Richa, são fortissimos candidatos ao governo do estado do Paraná, não podemos menosprezar nenhum.

Comente