Uncategorized

Alvaro Dias, que tanto cobra transparência, não declarou R$ 6 milhões à Justiça.

alvaro-epoca

Na foto, Álvaro Dias, no Senado, e as casas que ele está construindo em Brasília com o dinheiro não declarado à Justiça Eleitoral.

Da Revista Época, em reportagem de Matheus Leitão:

O senador Álvaro Dias, do PSDB, é um dos que mais usam o palanque para exigir transparência do governo e de seus adversários. Mas, quando o assunto são suas próprias contas, ele não demonstra ter os cuidados que tanto cobra.

Em 2006, Dias informou à Justiça Eleitoral que tinha um patrimmônio de R$ 1,9 milhão dividido em 15 imóveis: apartamentos, fazendas e lotes em Brasília e no Paraná. O patrimônio de Dias, no entanto, era pelo menos quatro vezes maior. Ele tinha outros R$ 6 milhões em aplicações financeiras.

O saldo das contas não declaradas de Álvaro Dias foi mostrado a ÉPOCA pelo próprio senador, inadvertidamente, quando a revista perguntou sobre quatro bens em nome da empresa ADTrade, de sua propriedade, que não apareciam em sua declaração à Justiça Eleitoral. Para explicar, ele abriu seu sigilo fiscal. Ali, constavam os valores das aplicações.

A omissão desses dados à Justiça Eleitoral é questionável, mas não pode ser considerada ilegal. A lei determina apenas que o candidato declare “bens”. Na interpretação conveniente, a lei não exige que o candidato declare “direitos”, como contas bancárias e aplicações em fundos de investimento.

No Congresso, vários parlamentares listam suas contas e aplicações aos tribunais eleitorais, inclusive o irmão de Álvaro, o também senador Osmar Dias (PDT-PR). Osmar declarou mais de R$ 500 mil em aplicações e poupanças. Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) listou quase R$ 150 mil depositados. Francisco Dornelles (PP-RJ) informou R$ 1,5 milhão em fundos de investimento. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-MA), atual alvo de uma série de denúncias, declarou quase R$ 3 milhões da mesma forma. Há poucos dias, Sarney foi denunciado por não ter informado à Justiça Eleitoral a respeito da casa que mora em Brasília.

Na interpretação de dois dos maiores especialistas de Direito eleitoral, Fernando Neves e Eduardo Alckmin, o espírito da lei é de transparência: “É conveniente que o político declare contas bancárias e aplicações financeiras para que o eleitor possa comparar o patrimônio no início e no fim do mandato”, diz Neves. “Não há irregularidade, mas é importante para evitar confusões no caso de um acréscimo patrimonial durante o mandato”, afirma Alckmin.

Álvaro Dias diz que o dinheiro não consta em sua declaração porque queria se preservar. “Não houve má intenção”, afirma. Em conversas reservadas, ele tem dito que o objetivo da omissão era manter a segurança de familiares.

O dinheiro não declarado de Álvaro Dias, segundo ele, é fruto da venda de uma fazenda de 36 hectares em Maringá, Paraná, por R$ 5,3 milhões. As terras, presente de seu pai, foram vendidas em 2002. O dinheiro rendeu em aplicações, até que, em 2007, Álvaro Dias comprou um terreno no Setor de Mansões Dom Bosco, em Brasília, uma das áreas mais valorizadas da capital. No local, estão sendo construídas cinco casas, cada uma avaliada em cerca de R$ 3 milhões.

Quando as casas forem vendidas, o patrimônio de Álvaro Dias crescerá ainda mais. Nada ilegal. Mas, a bem da transparência, não custa declarar.

64 Comentários

  1. Na decada de 70 tinha um seriado chamado o Homem de seis milhões de dólares, agora em 2009 aparece o Senador de 6 milhões de reais…. E os dois colocararam peças de reposição……..

  2. Ué, se não é ilegal porque a revista Época falou então? Quantos políticos fazem isso, não é novidade para ninguém.

  3. É Difícil alguém conviver com a seriedade de um Homem Honesto na Política onde infelizmente já quase não há homens e honestos isso é quase uma calúnia.

    Conhecia o Caso, já que o próprio Senador o retratou no blog e no Twitter, e não vejo ali nenhuma irregularidade, parece-me que os Senhores que se dão ao direito de achar, onde há leis regendo a matéria, não levam tanta sorte assim para fazê-lo, senão vejamos:

    O Senador fez exatamente o que a Lei manda, ele declarou seus bens, e ponto final.

    Porque declarar dinheiro num país onde temos um (des)governo Total e claro não há segurança pública, eu no lugar do Senador também não declararia Dinheiro,(está sujeito a ter qualquer membro da família sequestrado por algum desses arruaceiros do MST ou similares que são todos da mesma fonte e se beneficiam da impunidade reinante.) o que aliás ele fez corretamente, já que o dinheiro foi declarado no IR, como aliás deve ser, ele, assim como eu e a maioria das pessoas de Bem, Aliás todas elas, não temos culpa nenhuma que a burocracia brasileira acabe atrapalhando os próprios orgãos de fiscalização,( não foi ele quem fez a lei, apenas a cumpre) que levianamente trazem a público informações pela metade, meia verdade é nada mais que uma ” CABELUDA MENTIRA”, e que atinge, neste caso alguém acima de qualquer suspeita, ou devo concordar em definitivo que estamos já numa ditadura socialista “brava” onde o crime de alguém é ser rico, ainda que isto seja uma herança?

    Comparou-se o não declarar os valores em dinheiro investidos do Senador Álvaro Dias hà:
    “Há poucos dias, Sarney foi denunciado por não ter informado à Justiça Eleitoral a respeito da casa que mora em Brasília.”

    Ao caso do Meliante do Sarney, cometeu apenas mais um crime e uma irregularidade, ele deixou de declarar um BEM. O que a justiça eleitoral determina que seja feito.(neste caso a Cabaninha de 4 milhões de reais em Brasilia)

    O Senador Álvaro não deixou de declarar o seu dinheiro já que o mesmo fazia parte da declaração de imposto de renda.

    Bem, mas o Senador não precisa de defesa, a conduta dele está acima de qualquer suspeita já que este agiu dentro da Lei, e ningém tem nada a ver com os seus investimentos de capital, já que no meu ver, por ser o homem correto que é, estes somam hoje no mínimo 4 milhões a menos, ou será que os Senhores que divulgaram a denuncia anônima não sabem que o Senador declinou do direito adquirido de receber a sua aposentadoria como ex governador do paraná, o que me parece ele não devia, já que ninguém faz isso, mas não há como ser contra algo a menos que a gente seja o Exemplo.

    Senador Os Meus PARABÉNS, e eu já estava achando estranho que não aparecesse algum pobre coitado achando como atacá-lo, mesmo que de forma apenas leviana, mentirosa e caluniosa, é para gerar mais bate boca, naquele circo que um dia voltaremos a chamar de Senado.

  4. Alguem tinha alguma duvida sobre isso, que le cobra transparência mais e um corrupto querendo caçar marajas igual aquele ex Presidente.
    O mesmo acontece com certo prefeito de certa capital de certo estado do sul, que não dou o nome mais todos sabemos quem e.

  5. Eh o que falo sempre: se o Sarney tiver que renunciar por causa de seus pecados, todos ali deveriam fazer o mesmo. Nao salva um que não comete os seus pecadinhos!
    js

  6. SR FABIO CAMPANA:

    muito me entristece o sr como grande jornalista que é, reproduzir:
    essa manchete :

    ” Alvaro Dias, que tanto cobra transparência, não declarou R$ 6 milhões à Justiça.”.

    pois , como segue na propria reportagem :

    ” Na interpretação de dois dos maiores especialistas de Direito eleitoral, Fernando Neves e Eduardo Alckmin, o espírito da lei é de transparência: “É conveniente que o político declare contas bancárias e aplicações financeiras para que o eleitor possa comparar o patrimônio no início e no fim do mandato”, diz Neves. “Não há irregularidade, mas é importante para evitar confusões no caso de um acréscimo patrimonial durante o mandato”, afirma Alckmin.”

    Gostaria que o sr saisse por aí falando aos quatro cantos, o valor do seu patrimonio, só para ver sua segurança pessoal e de sua familia ameaçada… no país em que vivemos, é só aladear alguns reais a mais e somos alvo para sequestros….

    mas quem sabe o Sr. nao se importe com isso nao é mesmo???

    sou propreitaria de uma clinica, e por muito menos fui sequestrada, juntamente com um filho de 6 anos…
    imagine se eu tivesse todo esse patrimonio exposto…. talvez nao estivesse mais aqui para escrever meu comentario…

    a origem do dinheiro foi muito bem apresentada pelo senador… mais é muito mais facil e adequado deixar o assunto rolar conforme ele veio ate o senhor…

    ate parece que não leu a materia na integra…

    furos de reportagem dão audiência , não é mesmo???
    principalmente nas mãos de adversarios politicos.

    minha opinião é muito transparente:
    primeiro se informe na integra do assunto, somente depois permita que a imagem de uma pessoa séria e honesta seja usada, para desviar outras materias de pessoas que nao valem nada.

    IMPARCIALIDADE É A MAIOR VIRTUDE DE UM GRANDE JORNALISTA, ESPERO QUE MEU COMENTARIO SEJA DIVULGADO NA INTEGRA.

    IVONE MOSER

  7. Tome vergonha na cara Alvaro. Se tu tens telhado de vidro, fiques bem quetinho.Vão começar a levantar a origem da fortuna, desde o teu nascimento na cidade de Quatá-SP!

  8. fabio campana durante quatro anos voce foi secretário de comunicação do governo alvaro dias, e divulgou para todo o brasil a forma seria e honesta do governo alvaro dias, divulgou as prisoes administativas criadas por alvaro para acabar com a corrupção, divulgou o combate a corrupção na usina de segredo, onde o governador alvaro economizou mais de cem milhões de dolares, foi um governo sério que voce fez parte e sabe muito bem disso, tenho a certeza que, quanto alvaro; quanto voce sairam do governo com o mesmo patrimonio que entraram…o senador alvaro dias teve um pai maravilhoso que além da moral e honestidade que passou para seus filhos entre eles alvaro e osmar, deixou uma boa herança para os nove filhos, agora construir casas com o dinheiro proprio, gerar empregos , trabalhar neste pais é imoral, esta revista tá de brincadeira. Alvaro vai contnuar bater forte nos corruptos do governo. quanto a imprensa fabio voce conhece bem e sabe os motivos que levam a produzir materias encomendadas para atingir a honra das pessoas.

    .

  9. José Russomanno Responder

    Engraçado, a maioria dos políticos possuem fazendas,porquê será isso?
    Existem mais mistérios entre o céu e a terra do que imagina….!!

    É mole?

  10. Bem , pensei que ele , o Sr. Alvaro Dias fosse uma pessoa inteligente. Se tem 6 milhões, mais facil ele declarar os 6 milhões e conseguir com os investimentos pagar a carga tributária…. A não ser que o início do 6 milhões teve início em uma quantia menor, porém duvidosa, sim por que de 300 em 300 mil posso chegar a um milhão , … “Se o malandro soubesse que e honestida e o lance ele numca se dava mal” . A claro a moralidade é para aparecer na TV… propraganda gratuita e a mais idonea possivel, o jornalismo.
    Att
    Silvio

  11. Denúncia caluniosa e anônima chegou à revista Época e obrigou um jornalista a trabalho desnecessário, durante um bom tempo. Queriam encontrar irregularidades em minha vida financeira. Coloquei à disposição todas as minhas declarações do Imposto de Renda desde o ano 2000 e abri meus sigilos bancário e fiscal. O jornalista analisou cuidadosamente os documentos e consultou especialistas. Tudo em perfeita ordem. Verificou-se que não declarei o saldo de minha movimentação financeira bancária à Justiça Eleitoral em 2006, quando disputei o Senado. Esclareci: A lei só exige seja entregue à Justiça Eleitoral a declaração de bens. A declaração de bens e direitos é feita à Receita Federal anualmente. A revista consultou dois juristas especializados em direito eleitoral, o Dr. Eduardo Alckmin e o Dr. Fernando Neves. Ambos confirmaram o que é realmente exigência legal. Sugestão: podemos mudar a lei e passar a exigir que os candidatos apresentem à Justiça Eleitoral a Declaração de Bens e Direitos, a mesma feita à Receita Federal. Simplifica, facilita e evita equívocos. A denuncia caluniosa ,foi uma tentativa anônima, torpe e covarde de amedrontar-me. Lembrei-me de frase de JK: “Deus poupou-me do sentimento do medo”. Vou continuar defendendo a liberdade de não ter medo.

  12. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Para começo de conversa, o Senador Álvaro Dias em fins de 1990, terminou seu mandato de Governador. No Paraná, todos os ex-Governadores “tem Direito a perceber mensalmente a titulo de REMUNERAÇÃO VITALICIA, vencimento básico do Cargo de Desembargador, aproximadamente de R$25 mil. Ex-Governadores , receberam ou recebem esta REMUNERAÇÃO VITALICIIA. O Senador Álvaro Dias, desde janeiro de 1991 até a presente data, NUNCA recebeu este salário, quando outros ex-Governadores, que cumpriram apenas 30 dias ou um ou dois anos, recebem ou receberam. Agora o Fato:A revista Época, certa vez a meu pedido, mandou um jornalista em minha residência para uma entrevista sobre a Assembléia Legislativa do Paraná. Fiz entrega a ele de todas as documentações, ele foi até a Assembléia Legislativa, por dois dias, jornais publicaram sobre a permanencia dele naquele Poder Legislativo.Passado esse periodo, telefonei para o celular, cobrando o retorno de nossa conversa.Ele disse estar indo para o aeroporto e que nada de irregular havia na Assembléia do Paraná.Os documentos citados, encontram-se no Inquérito 041/04, PARADO no Ministério Público da Justiça do Paraná. Quanto ao caso do Senador Álvaro Dias, político com 40 anos de mandatos eletivos, NADA consta que o desabone. Tenho provas, denuncias, documentações sobre políticos do Paraná, NADA sobre o Senador. A Revista época poderia, novamente, determinar um jornalista para uma entrevista comigo. Não se pode confundir “Declaração de Imposto de Rendas com Declaração de Bens”, para efeito Eleitoral, para este caso não se entrega a Declaração de Rendas.Eu sei porque essa celeuma toda.Conheço deputados estaduais que não tinham roupa para vestir e hoje possue avião e residências de luxo, a Revista Época está por fora disso, procure os 400 “gafanhotos” denunciados na Assembléia Legsislativa pelo Ministério Público Federal e Policia Federal de Porto Alegre, vejam o que representa para o “bolso do povo”, 400 “gafanhotos (funcionários com nomes fictícios, cujo salários eram depositados nas contas bancárias de até deputado), por muitos e muitos anos e na ÉPOCA , que se deu esta falcatrua, em 2001, o 1° Secretário da Assembléia era o Deputado Valdir Rossoni, cargo responsável pela administração da Casa. Este caso de 400 “gafanhotos” com salário de R$3 mil no minimo representa R$1,2 milhões por mês, durante muitos e muitos anos!.Aliás, este negocio de ser 1° Secretário da Assembléia rende muito, houve um que ele mesmo assinou um Decreto nomeando a mulher dele, em cargo inexistente, com efeito retroativo de mais de um ano.

  13. E ta querendo ser GOVERNADOR de qual quer jeito, junto com a turma do REQUIÃO, a coitada da mulher lá de SÃO PAULO que não declarava as compras de sua loja tá em cana, e esta senador ta fazendo o que s…….

  14. É DE ESTARRECER – Um político como Alvaro Dias tido como defensor incondicional dos pobres e oprimidos, sempre se passando por humilde, é dono de um patrimônio então declarado de R$ 1.900 milhões (quase dois milhões de reais). E o pior; Descobre-se agora, que a coisa vai mais além, o mesmo era, e é possuidor de bens ocultos, ou seja, de outros R$ 6 milhões em aplicações financeiras que não foram declarados por ele a Justiça eleitoral. Isso foi o que se descobriu. Pode ter muito mais coisas.. Parece, pois, que a política é um ramo de profissão altamente lucrativa aos espertos. Dá muito lucro a seus detentores como Requião, Alvaro Dias, seu irmão candidato e tantos outros políticos. Seria interessante chamar o Sr. Alvaro, Sr. Requião e seus familiares que ocupam ou ocuparam altos cargos na administração pública, a fim de rastrear, passo a passo, através dos anos, a quantidade, a origem e a procedencia lícita de seus bens. Paralelamente que o Sr. Alvaro Dias, arauto da justiça e da legalidade, proponha, urgentemente no senado, a criação de uma lei específica, TORNANDO CRIME, com duras penas, a omissão de bens que não forem declarados ou deixar de comprovar minuciosamente a origem, procedência e a evolução de todos esses bens, os quais seriam submetidos a análise e confisco, caso não ficassem bem caracterizado a legalidade das suas aquisições. Será que o senador Alvaro Dias que tanto gosta de combater a corrupção, mas ao que parece, não gosta de leis duras contra amesma, proporia um projeto desses?

  15. É DE ESTARRECER – Um político como Alvaro Dias tido como defensor incondicional dos pobres e oprimidos, sempre se passando por humilde, é dono de um patrimônio então declarado de R$ 1.900 milhões (quase dois milhões de reais). E o pior; Descobre-se agora, que a coisa vai mais além, o mesmo era, e é possuidor de bens ocultos, ou seja, de outros R$ 6 milhões em aplicações financeiras que não foram declarados por ele a Justiça eleitoral. Isso foi o que se descobriu. Pode ter muito mais coisas.. Parece, pois, que a política é um ramo de profissão altamente lucrativa aos espertos. Dá muito lucro a seus detentores como Requião, Alvaro Dias, seu irmão candidato e tantos outros políticos. Seria interessante chamar o Sr. Alvaro, Sr. Requião e seus familiares que ocupam ou ocuparam altos cargos na administração pública, a fim de rastrear, passo a passo, através dos anos, a quantidade, a origem e a procedencia lícita de seus bens. Paralelamente que o Sr. Alvaro Dias, arauto da justiça e da legalidade, proponha, urgentemente no senado, a criação de uma lei específica, TORNANDO CRIME, com duras penas, a omissão de bens que não forem declarados ou deixar de comprovar minuciosamente a origem, procedência e a evolução de todos esses bens, os quais seriam submetidos a análise e confisco, caso não ficassem bem caracterizado a legalidade das suas aquisições. Será que o senador Alvaro Dias que tanto gosta de combater a corrupção, mas ao que parece, não gosta de leis duras contra amesma, proporia um projeto desses?

  16. Essa banda ruim do PSDB, não para de aumentar….
    1. Governadora Yeda ¨cruz credo¨;
    2. Prefeito Beto ¨pepe ezequias klaus…Richa;
    3. Senador Alvaro ¨bens não declarados¨ Dias;
    4. Artur ¨réu confesso¨ Virgilio;
    E por aí vai….
    E tem gente que fala em mudança, em politico jovem, moderno e outros adjetivos……

  17. Eu aguardo um explica;ao do Sen Alvaro, nao farei nenhuma considera;ao sobre o assunto antes de saber de sua vesao, ele e v etrine, e esta recebendo uma retalia;ao

  18. AFINAL TEM CULPA OU NÃO ?

    Como está otexto, não fica claro se foi SONEGAÇÃO OU ÑÃO.

    A nota diz:

    “A omissão destes dados à Justiça Eleitora é questionáel, mas NÃO PODE SER CONSIDERADA ILEGAL “…..l

    Afinal é ilegal ou não ?

    Dá para esclarece melhor a notícia ?

  19. policarpo quaressma Responder

    aldo venha em araucaria para conhecer mais um pouco do psdb daqui e depois voce tera vergonha de ser brasileiro.

  20. Quem leu a entrevista até o fim viu que ele não feriu a legislação, já que a mesma exige somente a declaração de bens, a revista bancou a sensacionalista ao querer dar o ar de que Álvaro é corrupto…

    Mais um exemplo de que a banda podre do Renan está comprando todo mundo para descer pau na oposição, assim Sarney reina soberano e o PMDB continua como gosta: perto do cofre…
    Como há medíocres que acreditam em qualquer notícia!

  21. Existe um abismo entre contas públicas e contas privadas. Só a ptzada parece não saber disso!

    Sempre vi o Senador pedindo esclarecimentos quantos às públicas, aquelas que são de todos nós…!!!

  22. O saudoso deputado Alencar Furtado, que era adversário do então deputado Álvaro Dias, sempre repetia em seus discursos: O ÁLVARO DIAS É MAIS PREOCUPADO COM O CABELO QUE COM A CABEÇA. Isso ocorreu quando o Álvaro percebeu que estava ficando careca e fez implantes de capilares.

  23. RESUMO: C. PENA - Responder

    Resumo geral do que penso em relação a atual crise do Senado: sem entrar nos méritos, concordo preliminarmente com o que dizem os senadores, um do outro.

  24. Paulo Soares Roldão Paúra Responder

    Denúncia caluniosa anônima e a liberdade de não ter medo
    Escrito em 8 de agosto de 2009 – 19:38 –

    Denúncia caluniosa e anônima chegou à revista Época e obrigou um jornalista a trabalho desnecessário, durante um bom tempo. Queriam encontrar irregularidades em minha vida financeira. Coloquei à disposição todas as minhas declarações do Imposto de Renda desde o ano 2000 e abri meus sigilos bancário e fiscal. O jornalista analisou cuidadosamente os documentos e consultou especialistas. Tudo em perfeita ordem. Verificou-se que não declarei o saldo de minha movimentação financeira bancária à Justiça Eleitoral em 2006, quando disputei o Senado. Esclareci: A lei só exige seja entregue à Justiça Eleitoral a declaração de bens. A declaração de bens e direitos é feita à Receita Federal anualmente. A revista consultou dois juristas especializados em direito eleitoral, o Dr. Eduardo Alckmin e o Dr. Fernando Neves. Ambos confirmaram o que é realmente exigência legal. Sugestão: podemos mudar a lei e passar a exigir que os candidatos apresentem à Justiça Eleitoral a Declaração de Bens e Direitos, a mesma feita à Receita Federal. Simplifica, facilita , evita equívocos e interpretações de má fé . A denuncia caluniosa foi uma tentativa anônima, torpe e covarde de amedrontar-me.

    Lembrei-me de frase de JK: “Deus poupou-me do sentimento do medo”. Vou continuar defendendo a liberdade de não ter medo.

  25. Os comentários da Sra. dna.IVONE MOSER, e Paola de foz, assim como os do Sr.João Ribeiro são de pessoas idóneas conhecedoras do que dizem e principalmente do que leram onde ainda dá até para perceber que conheem bem o Senador, é assombroso perceber que a maioria das pessoas que aqui veio e escreveu não entendeu nada do que foi escrito, seé que leu, acho que não. É Lamentável, eu realmente não esperava ver o Fabio publicar um calúnia Falsa, gerada por uma noticia anônima de època, mas ele é o jornalista.

    Gostei muito de ler o que foi escrito pelo Senhor SYLVIO SEBASTIANI –

    E Para os que não entenderam deixe que eu me adiante.

    Não há IRREGULARIDADE NENHUMA PRATICADA PELO SENADOR ÁLVARO DIAS. E isso está e ficou Bem claro, isso sem esquecer, que o Próprio Senador levou para o Blog dele a noticia antes desta ser veiculada aqui.

    Novamente Senador – BOA SORTE E CONTINUE CAÇANDO ESSES CANALHAS que querem só se apoderar do Brasil.

  26. Nessa era Lula-PT onde o vale tudo é costumeiro, onde os crimes passam a ser erros e equívocos. Que importâsncia tem AD declarar ou não suas posses? O país dos PeTebas virou uma nhaca fétida, tudo pelo poder . O quê os PeTistóides fazem pelo povo brasileiro? Ellles só sabem acusar, inventar e plantar mentiras de outras pessoas e partidos. Ellles querem confundir o povo, isso sim, fazendo mal aos outros para que todos fiquem iguais a ellles.

  27. O senador Alvaro Dias tem uma vida de trabalho pelo Paraná. Desde sua primeira eleição como vereador em Londrina nunca permaneceu sem mandato, a não ser o curto período em que presidiu a Telepar. Como deputado estadual, deputado federal, governador e senador, sempre foi bem remunerado e também recebeu uma herança familiar. O fato deste bem não haver sido declarado a Justiça Eleitoral está explicado na própria nota do blog. Não era obrigatório, ele não declarou.
    Agora .. querer comparar a situação com os chunchos feitos por esta cambada de ladrões e calhordas que infesta a cena política nacional, é um disparate. Coisa de quem tem inveja, ciúmes, raiva ou outro sentimento mesquinho deste quilate em relação ao nosso melhor senador. Aconselho que todos leiam, lá em cima, o comentário do Sylvio Sebastiani.

  28. Veja os depoimentos sobre Alvaro Dias no seu blog. O tiro parece que saiu pela culatra. O senador só encontrou solidaridade

  29. Fábio Campana, não vi o porque dessa materia, a não ser denegrir a imagem de um político sério.

  30. CARA!!!! 36 HECTARES POR 5,3 MILHOES?????? VEIO JUNTO A IGREJA MATRIZ A PREFEITURA E O Q MAIS??????

  31. Um homem público, político profissional, deve ter TUDO DECLARADO direitinho. Ninguém esconde o que não precisa ser escondido, eu acho…

  32. ATENÇÃO FABIO CAMPANA.

    Sugiro a voce que reprise a nota do senador ALVARO DIAS, sobre este assunto, a qual foi publicada no blog do ÁLVARO, no site do – http://www.jornale.com.br -.

    Esta acusação, contra o ÁLVARO, TRAZIA EM SÍ MESMA A DÚVIDA QUE LEVANTEI ACIMA.

    O jornalista fez a matéria, parece, com objetivo de encontrar uma grande falcatrua contra o Alvaro. Não encontrando, moldou e distorceu fatos, para assim cumprir com o pedido encomendado.

    Antes que o Álvaro lhe peça para publicar sua nota, acho que seria até elegante, voce fazê-lo, mesmo pelo respeito ao bom jprnalismo que registra o CONTRADITÓRIO.
    Saia na frente dele.

  33. Vamos acabar com a hipocrisia nem o Álvaro Dias e nenhum político vive com a remuneração do cargo que ocupa. Aliás a grande maioria que escreve neste blog é farinha do mesmo saco, faça um exame de consciência e veja como você já cometeu ilícitos, sonegando impostos, não declarando rendas, deixando de pagar algo ou pior ainda os militantes funcionários que ficam escrevendo o que os seus patrões mandam ao invés de trabalhar. ESSE É UM PAÍS PODRE, A SOCIEDADE É PODRE E HIPOCRITA

  34. SARNEY PRA SE COÇAR Responder

    O que me deixa mais indignado, como algumas pessoas ainda acham lindo o fato de todo esse pessoal mamar a vida inteira como carreira nas tetas do dinheiro público, enriquecer, adquirir posses, dinheiro, poder , poder e dinheiro. Até quando aceitaremos isso?

  35. Não entendo do assunto,mas uma coisa me deixou emcabulado. O valor da terra. 36 hectares por esse milhões todos? Achei que é pouca terra para muito dinheiro. Posso estar enganado e desconhecer os valores, de qualquer forma acho muito dinheiro para a quantia de terra? Mas pra quem gosta tanto de CPI bem que ele poderia requerer uma para investigar e esclkarecer esse patrimonio todo. CPI do Alvaro já. Assina Senador.

  36. Trabalhei minha vida inteira durante 45 anos e sempre fiz uma reserva, meus vencimentos sempre foram em torno da metade que ganha um senador, pois ora eu nunca consegui entender como eles tem tanto em tão pouco tempo, em PATRIMONIO, e em ESPECIE, pois eu mesmo conseguindo guardar 40% da minha renda jamais consegui chegar a esses valores. Talvez na proxima encarnação vou tentar ser POLITICO.

  37. UMA COISA É UMA COISA OUTRA COISA É OUTRA COISA!!!!
    O SR. ALVARO DIAS PRESTOU BOM SERVIÇO AO PAÍS AO INSISTIR NA CPI DA PETROBRAS E ESTE É UM PONTO POSITIVO A SEU FAVOR, CONTUDO, A HISTÓRIA DO SR. ALVARO DIAS É A DE UM POLÍTICO VOLÚVEL, PARA NÃO DIZER VENAL.
    POR ISSO ENTENDO QUE A SOCIEDADE NÃO PODE TRANSIGIR COM CRIMES E/OU ROUBALHEIRA, POR MENOR QUE SEJA. SE QUEREMOS UM PAÍS MELHOR TEMOS QUE DENUNCIAR E CONDENAR TODOS OS CRIMES.
    FORA O SR ALVARO DIAS, JUNTO COM SARNEY, RENAN, COLLOR, LULA E TODOS QUE CULPA TIVEREM, NÃO INTERESSA O TAMANHO.
    EM SE TRATANDO DE COISA PÚBLICA, O ROUBO É SEMPRE MAIOR DO QUE APARENTA!!!!!!!!!!!!.

  38. V.Lemainski-Cascavel Responder

    O senador deu mole. Deveria ter declarado. Mas não lhe tiro a razão quando diz que foi para se preservar. Menos mal que o dinheiro tem origem consistente. Ele não disse jamais que o dinheiro não é dele como já vimos por aí. Não é fruto de patrocínios ou comissão sobre obras.

  39. É lamentavel que tenha alguns puxassacos que ainda defenda esse crápula. Ora não é ele que faz estardalhaço no congresso cobrando transparencia dos outros? É, isso só acontece no Brasil, como pode um cara de pau senvergonha desse se achar o baluarte da moralidadde pública e depois aprontar uma dessa? Tem que levar paulada para aprender ser mais honesto e fazer menos discursos. Se arrependimento matasse eu já teria morrido por ser paranaense e ter votado três vezes neste falso moralista. Alvaro nunca mais!

    É sou eu sim vc me conhece sou o Dinarte de Jaguariaíva – Paraná, não falo anônimo dou a cara para bater e ao mesmo tempo não admito que o Paraná seja envergonhado por político como Você.

  40. PAULO SERGIO MOREIRA Responder

    Álvaro é PSDB. Só que diferente do PSDB SP onde aparece a história de propina de 7.5% da francesa ALSTOM.
    Álvaro é PSDB. Só que diferente do PSDB RS onde aprece a Yeda Crusius desvio do Detran.
    Álvaro é PSDB. Só que diferente do PSDB MG onde em 1.998 usaram o senhor Marcso Valério.
    Álvaro é PSDB. Só que diferente do PSDB MT onde utilizaram a Planam…

  41. Não é limpinho do PPS, não é demo do DEM, mas é de pressuposta santidade, pois é do PSDB, partido de todos os santos, de todos os honestos, de todos os engomadinhos do país. Partido de alguns blogueiros também.

    Isso para aqueles ingênuos que sarneys existem apenas no PMDB, que quem usa cueca (com dólares) é só o PT.

    E os beto richa football club continuam torcendo como se estivessem em dia de clássico, na arquibancada lotada, contra o mais odiado adversário. Como acontece nos estádios lotados, alguns tem o azar de levar um saco de urina na orelha. O transgênico senador acabou de desferir um bem na orelha-ego-cego de alguns.

  42. Patrulha de choque do Sarney, não vão conseguir calar aqueles que nada devem!
    Parabéns ao Senador Álvaro Dias pelos esclarecimentos mais que satisfatórios a respeito das notícias “plantadas” na imprensa suspeita de receber R$ do Governo Federal!
    Quem não deve não teme!

  43. Eta Álvaro.
    E isto só é o Saldo em uma conta bancária,
    e o resto da fortuna?
    Senador rende…

  44. É pegaram o Tio Butox. Depois esse povo fala do Tio Belinatti que se procurar as aplicações dele em Banco garanto que não tem nem 10 pilas(mil reais). É butox agora va correr a tras do prejuizo pois a coluna do fabio campana é famosa e bem lida.

  45. Alguém já viu Milionário defender os trabalhadores e os menos favorecidos?
    Só defendem os interesses dos milionários, e de nós eles só querem o voto.
    Vamos acordar povo.
    Fora Álvaro.
    Fora Beto.
    Fora Serra.
    Forra PSDB.
    Fora Osmar.

  46. ESSA REVISTA ÉPOCA É VENAL E CORRUPTA. ESTÁ A SERVIÇO DO GOVERNO LULISTA E DEVE RECEBER UNS BONS TROCADOS DO PT. A POUCO TEMPO ATRÁS FEZ UMA ENQUETE FAJUTA PARA FAVORECER A DILMA E COM A MAIOR CARA DE PAU DEU RESULTADOS QUE NÃO CONDIZIAM COM A REALIDADE DOS VÓTOS DOS INTERNAUTAS. NÃO HÁ CRIME ALGUM NO COMPORTAMENTO DO SENADOR POIS TODOS OS SEUS BENS FORAM DECLARADOS AO IMPÔSTO DE RENDA. O QUE ACONTECE É QUE OS BANDALHOS E LADRÕES DA POLÍTICA TEM VERDADEIRO TEMOR DE QUE O SENADOR ALVARO DIAS ASSUMA O GOVÊRNO DO ESTADO.

  47. Por que a imprensa não levanta a lista de funcionários nomeados pelos deputados Hermas Brandão, Anibelli, Agustinho Zuchi, Alexadre Khury, Rossoni e Nereu Moura…na época que eles tinham a caneta?

  48. Se o Senador Álvaro Dias está construíndo uma mansão tão grande em Brasília não deve ser para emprestar para o Requião, então concluímos que ele pretende permanecer como Senador por muitos e muitos anos, portanto sua candidatura ao Governo do Estado do Paraná está descartada, mesmo porque a indicação será quase que certamente feita ao Beto Richa, concorrendo ao Senado nas duas vagas restantes de renovação o Osmar Dias e o Gustavo Fruet, portanto aposentadoria ao Requião e permanência dos irmãos Dias a frente do Senado Federal!

  49. Cada dia vemos que os verdadeiros ladrões do país não são aqueles roubam galinha e estão preso, e sim o senado, joga uma bomba la e resolve tudo!

  50. PORRETE DE LAPACHO Responder

    p/ o sr JESUS, faça a conta 36 hectares equivalem a 720 lotes de 500 metros quadrados. resultando em 7,3 mil reais por lote. barato no?? qual è o problema entao???continuo com ÀLVARO DIAS, SENADOR DECENTE INTELIGENTE,

  51. Senhores, embora não goste muito do senador Álvaro Dias, entendo que não houve nenhum ato digamos ilicito . O Senador tem direito de “ocultar” seus bens, que diga-se de passagem são seus vindos da sua familia. Esses bens ( dinheiro, vendas, etc) tem que constar no seu imposto de renda e não nas contas eleitoral. Tão qual foi tentado fazer com o Beto, agora aparece uma tentativa de crise sem qualquer lógica…a politica tã correndo solta no estado…

  52. Homero da Silva Pereira Responder

    Esse senhor nunca me enganou…..sempre com um discurso politicamente correto…porém com uma prática duvidosa….tanto que o povo já percebeu e na última eleição quase que ele fica de fora….se for candidato a governador,o PSDB vai jogar o governo nos braços do PT,pois o seu Irmão Osmar voltará para o senado e o Paulo Bernardo vai nadar de braçadas colhendo os frutos do bolsa familia, do bolsa carro,do bolsa minha casa-minha vida, do aumento real do salário mínimo,da inflação baixa e outras políticas eleitoreiras que virão por ai.
    Homero.

  53. Esse eh o senador dos paranaenses, que Deus tenha misericordia da gente!!! sabe, como pode 2 cadeiras no senado ser ocupado por uma mesma familia!! quem perde com isso e a populaçao do nosso Estado, pois ambos sao politicos retrogados, e que soh pensa no seus bolsos!!, sou a favor de extinguir o senado, assim o Alvaro e o Osmar ficaram de fora, jah que a vaidade de ambos, nao aceita outros cargos menores….rs,rs,rs,rs,rs.

  54. Nossa qt asneira!
    Qd alguém se candidata a algum cargo, na sua ficha fica descrito os supostos bens.
    Eu ainda não vi nenhum q tenha colocado o verdadeiro valor.
    Meu ex marido é candidato e declarou um valor que chegou a me dar peninha dele!
    kkkkk
    O Ratinho Jr. por exemplo, declarou que tem R$29.000 referentes a ações da Rede Massa.
    Pecado!
    Alguém ai disposto a ajudar ele???
    Em um pais como esse, onde pagamos as contas dos incompetentes, declaração de bens é o de menos.
    Eu mesma tenho uma casa que custa 4 x mais que o valor declarado.
    É o pais do futebol, das mulatas delirantes…
    da negligência, do totalitarismo…
    Uma mosca caiu na minha sopa! Saco!

  55. Essa matéria até parece piada de salão, ou seja, confundem valor de mercado com valor de origem quando o assunto é imposto de renda.
    Tenho uma casa que vale 500 mil reais !! na minha declaração de imposto de renda declarei o valor de 70 mil…!! isso não é sonegação !! isso é o correto !! pois esse foi o valor que eu investi na compra da casa em 2003. o resto é tudo balela de quem está mais por fora do que umbigo de vedete!! acho que alguns tem que se reciclar urgentemente !!

Comente