Uncategorized

Novos atos indicam que grupo de Agaciel operou após afastado

agaciel

Agência Estado

A descoberta de novos 468 atos secretos no Senado, após a conclusão de levantamento sobre os outros cerca de 500 revelados pelo Estado, são um indício de que o grupo do ex-diretor-geral Agaciel Maia operou depois que a nova diretoria-geral da Casa assumiu.

A conclusão é de um funcionário próximo ao primeiro-secretario do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI). A publicação dos novos atos secretos “só pode ter sido por quem já estava lá e que tinha acesso” aos atos, explicou o funcionário.

Com a divulgação, o primeiro-secretário anunciou nesta quinta-feira, 13, a instalação de uma comissão de inquérito para analisar os novos atos secretos. Além desses, já tinham sido identificados outros 511 atos no Senado, com nomeações de servidores e concessões de benefícios sem a publicação exigida por lei. A decisão de instalar a comissão foi aprovada em reunião da Mesa Diretora da Casa.

Na tentativa de explicar como é possível que tenham aparecido de repente mais atos secretos – após o fim dos trabalhos da comissão que examinou os 511 -, Heráclito Fortes disse acreditar que pode ter havido má-fé de algum servidor que teria inserido os 468 atos no sistema informatizado de publicações do Senado. “Considero sabotagem, ou até mesmo molecagem, por parte de servidores que se acham fundamentalistas e acreditam que ainda vão voltar ao poder”, afirmou o primeiro-secretário.

Sobre a possibilidade de ter sido o ex-diretor-geral do Senado Agaciel Maia o servidor que incluiu os 468 atos no sistema, Heráclito disse: “Não gosto de fulanizar. Mas, com certeza, foram pessoas de gestões passadas tentando desestabilizar a atual gestão.”

O secretário afirmou que os 468 atos tratam de questões administrativas e foram todos assinados no período de 1998 e 1999, quando o presidente do Senado era Antonio Carlos Magalhães (ACM – falecido há dois anos). Heráclito disse que três foram assinados por ACM.

4 Comentários

  1. Neste periodo 1998, 1999 o partido que estava no poder era o PSDB e DEM (FHC, Serra, Álvaro Dias, ACM e Cia).
    Isto acontece à 14 anos.
    Porque querem crucificar somente o Sarney?
    Todos os Senadores que estão no senado neste periodo são culpados de alguma forma ou por atos ou por omissão.
    E talves até tenhão sido favorecido por estes atos.
    Seria importante fazer uma relação dos atos secretos e quem foi favorecido com os mesmos. Quais os Senadores envolvidos.
    Os senadores que estão no senado por mais de 14 anos e não denunciaram nada antes são conivente e com certeza foram favorecidos de alguma forma por algum ato secreto.
    Deveria ser cassado o mandato de todos que são senadores a mais de 6 anos.

  2. Que o Sarney é Culpado não há a menor dúvida, que o Agaciel é Culpado ninguém duvida, ele até está de férias e o que não deve faltar é dinheiro para passear.

    Só o que não entendo é a simplicidade da noticia: “Novos atos indicam que grupo de Agaciel operou após afastado” porque o grupo de Agaciel, porque é que no Meio de 10.000 Incompetentes e Inoperantes servidores não pode haver outro ou outros grupos cometendo desmandos.

    É uma utopia, investigar seriamente sem considerar que pode ser obra de algum outro grupo, melhor até deve ser, já que não há, e isso está amplamente demonstrado nenhum tipo de Administração confiável no Senado.

    Por outro lado, disse o Senador responsável que esses novos atos são todos da Época de ACM, quem disse que até hj não há gente dele lá dentro, afinal tem um Neto dele em Política e essa gente é tudo “farinha do mesmo saco”.

    portanto acusar Agaciel pura e simplesmente de mais esses atos, parece muito mais uma tentativa de não se procurar o verdadeiro culpado ou culpados, mas se houver competência para tal procurem porque isso não é coisa do Agaciel.

  3. Ninguém foi preso e nem demitido, eta país de safados, republica de bananas e bandidos. Deve ter atos secretos desde a época do Marechal Deodoro.
    E o bando de senadores, todos inocentes?
    AI-5 já!!!!!!!!!!!!

  4. Alguém tinha dúvida de que esse cara mesmo afastado deixou de influir fortemente na Casa legislativa? Se a resposta for sim caracteriza certa inocência.

Comente