Uncategorized

Sobe para 79 o número
de mortes causadas pela gripe suína no Paraná

gripe-suina

A Secretaria Estadual da Saúde acaba de divulgar um novo boletim epidemiológico com os números da gripe H1N1 no Paraná.

O Paraná tem 1.283 casos confirmados no Estado, sendo que 79 tiveram complicações e foram à óbito. No início da semana, o número de mortes era de 39. Outros 1.704 casos foram descartados por exames laboratoriais.

Apesar do aumento no número de mortes, o secretário de saúde, Gilberto Martin, tranquiliza a população e mantém a afirmação de que a gripe A está sob controle no estado.

17 Comentários

  1. “Apesar do aumento no número de mortes, o secretário de saúde, Gilberto Martin, tranquiliza a população e mantém a afirmação de que a gripe A está sob controle no estado.” Será que alguém vai pagar pela irresponsabilidade? O número dobrou em uma semana. E se dobrar na próxima? O problema é que não se pode confiar nessa gente. A exemplo da câmara e do senado (minúscula proposital) a única coisa que esse pessoal de governo faz é meter a mão no nosso bolso e arrecadar mais impostos e se dar bem na vida. O povo? Como disse aquele vagabundo lá em Brasília: Tô me lixando pro povo…

  2. acho que esse secretário de saúde não sabe somar. se dbrou os casos de morte, esta sob controle, imagine se não estivesse?

  3. Então a mortalidade é de 6,15%!!! Como podem afirmar que esta gripe mata menos que a gripe sazonal, cuja taxa de mortalidade é de 0,2% ??? Eu não sei fazer conta ou estão mentindo???

  4. Essa postura dos Governos, em todas as esferas, de afirmar que a situação está sob controle, que a gripe A mata menos que a gripe sazonal, é da mais absoluta irresponsabilidade. Não precisa ser matemático para calcular o número de mortes dentro de um mês, a seguir a média de 20 mortes a cada 2 dias.
    Os números estão aí e a realidade é por demais dura. Quase todas as pessoas conhecem alguém que morreu, pessoas jovens, sadias, sem qualquer histórico.
    E, lamentavelmente, dentro de duas ou três semanas a situação irá piorar bastante em razão do retorno das crianças às aulas, o que facilitará e ampliará a disseminação do vírus.

  5. Vou perguntar de novo. Quanto morreram por causa da gripe “comum”? E aproveitando, quantos morreram o ano passado de gripe?

  6. Vigilante do Portão Responder

    E o INCOMPETENTE do governador Roberto Requião vai dizer alguma coisa?
    Claro que é invenção da imprensa, mancomunada com os laboratórios para vender mais remédio.
    Conta isso para as famílias enlutadas.

  7. Caros leitores>
    O que ocorreu é que vários casos com quadros muito rápidos, por vezes com óbitos sem internamento, ou quadros atípicos cujo diagnóstico inicial foi outro, tiveram, finalmente, o resultado do exame liberado nos últimos dias e, desta forma, o número de óbitos aumentou.
    só para vcs saberem, aproximadamente 90% dos quadros de resfriado e de gripes sem complicações que ocorreram em Curitiba nas 3 últimas semanas foram causados pelo H1N1!!!!!!!! provavelmente muitos de vcs que tiveram enorme alívio porque só “era um resfriadinho” tiveram a gripe A e nem sabiam…ah,ah!!!
    é exatamente por isto que considera-se sob controle, no sentido de saber claramente que o índice de complicações é inferior a 1%.
    É uma doença que veio para ficar por um bom tempo.
    Coma volta às aulas espera-se que aumente o número de casos infantis, mas não haveria sentido ficar mais 1 ou 2 semanas, ou 3…nada mudaria. a não ser que houvesse uma vacina; aí era vacinar, esperar 7 dias e liberar..
    Não adianta o pãnico.
    Sabemos agora como e porque complica e a sobrevida na UTI vem aumentando, bem como o número de altas.
    Abraços a todos.

  8. Demorou né Vigilane do Porcão para falar bobagem, largue mão de ser mané, o teu amado prefeito também é governante o que ele esta fazendo contra isso em Curitiba.

  9. Ele deve ter tido aulas com o melhor e maior secretario,( VULVO MENTIRA) o de segurançae é claro, tudo esta as mil maravilhas sem assaltos, assasinatos entre outras coisas, e na saude tudo sob controle mais só para ele, pois em uma semana quase dobrou o numero de mortes pelo virus AH1, mas isto quem informa é a saude sera que esta e a verdadeira estatistica ou é como o da segurança UMA FARSA só para enganar a população.

  10. O transito em Curitiba está “sob controle”? Quantos morreram no transito de curitiba este ano?

  11. OH LOCO MEU!!!! Responder

    Nossa agora a gripe é culpa do Governo…….pensem pensem vcs conseguem…!!!

    -Virus existem desde a criação do Universo…eles são e maior número que nós humanos o que esta acontecendo ,que hoje com super população e a densidade demografica estourando estes seres tem mais facilidade para se multiplicarem pois tem mais hospedeiros.

    – Epidemias sempre existiram e vão existir por mais que se criem medicamentos, as viroses são mutantes e se recriam todos os dias…!

    -Outro fator é coMprovado que hoje geneticamente somos mais vuLneraveis que antigamente ….nossas crianças por um exagero de cuidado não são colocadas em contato como virus naturalmente e não desenvolvem uma imunidade satisfatoria….

    -E outo fator quanto mais hospedeiro mais virus mais fatalidade ….este virus é “esperto” ele não mata o hospedeiro facilmente sendo assim ele tem tempo de se multipplicar e se instalar em outros..

    – Agora teremos que conviver comm mais esta virose no meiode tantas …pq culpar o governo e os orgãos de saúde é fácil…cancelaram as aulas mas os shoppings e as esquinas ficaram cheio de jovens passando virus não só pelo contato mas tb via “oral”

  12. Tá aí o melhor texto que li sobre gripe suína… uma mistura de teoria da evolução de Darwin, densidade demográfica, história, infectologia e política. Mandou bem, Fastão!

  13. ATCHIM...virou SOCORRO!! Responder

    Lamentável prezados leitores do blog,o número crescente de mortes no estado, causadas pelo vírus H1N1. Quando lemos nos jornais, ” a gripe está sob controle…”, não podemos esquecer das famílias das 79 vítimas da doença. O que estarão sentindo,pais,filhos,irmãos,tios,primos, amigos destas pessoas? Crianças, jovens, adultos, idosos, todos,perderam suas vidas e se tornaram números estatísticos de uma tabela de controle da “saúde pública”, poderia ser diferente? Poderia, sim. Caso medidas fossem tomadas no ínicio da crise, quando a imprensa divulgou o que estava acontecendo no México. Era óbvio demais que o vírus atingiria também o Brasil e, nossa Saúde Pública, tão frágil e despreparada esperou que a coisa toda se efetivasse para começar a se mexer. A vacina só ficará pronta, daqui há meses e até lá…os jornais noticiarão o quê? Os blogs e seus leitores continuarão comentando o quê? O sistema está errado, já não evoluímos o bastante, para sermos mais eficientes, senhores governantes? Chega de doenças antigas e novas, trabalhem realmente em pról da população que tanto acreditou em vocês e agilizem as soluções, são pessoas que estão morrendo. Menos burocracia e mais ação, por favor.

Comente