Uncategorized

Derrota da candidatura de Alvaro Dias anima a de Orlando Pessuti

tn_620_600_pessuti-gg

Não era segredo de ninguém que o senador Alvaro Dias jogava com o apoio do governador Requião, do PMDB, para convencer a cúpula do PSDB a lançá-lo candidato a governador no Paraná.

A prorrogação do mandato de Valdir Rossoni como presidente estadual do PSDB representou uma derrota definitiva para a pretensão de Alvaro. Isso animou as hostes de Orlando Pessuti, que passa a contar com um empenho maior de Requião pela sua candidatura a governador, pois a hipótese de aliança com Alvaro foi sepultada.

Ontem, Requião esteve com o presidente Lula, a sós, e disse as razões que o impedem de apoiar a candidatura de Osmar Dias, do PDT. Entre outras, ressuscitou a história da fazenda de Tocantins e a perseguição dos membros do PT quando Osmar era secretário da Agricultura. Também falou sobre o compromisso de Osmar com o agronegócio internacional.

9 Comentários

  1. Quando o companheiro Requião disse pra mim que o Osmar é homem do agronegócio internacional aumentou minha vontade de apoia-lo. Pois se tem uma coisa que faço na vida é vender produtos do agronegócio pelo mundo afora….

  2. NIGUEM ESTA DERROTADO NEM ALVARO NEM BETO E FICOU ACERTADO QUE AS PESQUISA VAI INDICAR O CANDIDATO DO PSDB A GOVERNO DO PARANA EM 2010.

  3. Waldir de Oliveira Responder

    Na verdade o que impede o Requião de apoiar o Osmar, é a vergonha que Osmar o fez passar com o resultado da eleição, com uma diferença tão pequena, pois é mais fácil o Requião engolir mamona do que este resultado.

  4. O Pessuti vai assumir em abril do ano que vem , se até junho o nome dele não estiver bem nas pesquisas , o PMDB indica alguem de vice do Beto Richa, com à máquina do governo e com á máquina da prefeitura de curitiba o Osmar Dias já era.

  5. É o fim dos tempos
    Manhã de quarta-feira, por volta das seis horas, dois homens armados dão voz de assalto aos funcionários de um posto de gasolina. Levam 200 reais, cigarros, bebidas e outros quitutes da loja de conveniência. Na saída, após ameaçar os funcionários com gritos e berros, perdem os documentos do carro.
    Normal para o cotidiano de Curitiba não fosse o local onde ocorreu o assalto. Avenida Batel, Posto Esso, em frente a pracinha. O posto faz divisa de parede com a delegacia de antitóxicos. Os policiais civis nada viram e nada vizeram. Para conter os marginais.
    A Polícia Militar da Companhia do Batel que fica a cinco quilômetros do local é que chegou antes.
    Como diria “Chico”, chame o ladrão, chame o ladrão.
    Em tempo, há 100 metros da antitóxicos funciona uma boca de fumo.

  6. Fiel, não entendi a analogia… como se o problema da Secretaria de Insegurança Pública fosse do Pessutão, esse está fadado a ser mais um Reitor Moreira: campeão de rejeição.
    Mas sinceramente, não dá pra atribuir a falta de segurança no estado ao Pessuti pois o Lulinha é cria de seu pai e do Requião que tem rabo preso com esta família.
    Nas eleições do ano que vem, não vou ficar surpreso se o vice do Beto Richa for o atual deputado estadual Alexandre Cury… Como diria Raul Seixas: já tá tudo armado, o jogo dos caçadores…

  7. É melhor ler alguns comentários do que ser ¨cego¨. Quer dizer que se o Pessutti não decolar, os tucanos se juntam com o PMDB e vão disputar as eleições de 2010.
    Que maravilha!!! Ver todos juntos Requião, Beto Pepe Richa, Rossoni, Mauro Morais, Anibeli, o voto limpo, Lupion…..e tantos outros abraçados.
    Vai ficar comprovado que todos são FARINHA DO MESMO SACO.
    Que pouca vergonha que essa gente tem na cara.

  8. Pessutti não tem chance nenhuma!

    Quem dera que, com ele derrotado, acabem também com o delírio da copa do mundo em Curitiba, já que isso é ele quem mantém.

Comente