Uncategorized

Flávio Arns recebe convite de sete partidos para se filiar

Flávio Arns

Foto de José Cruz/ABr
De André Gonçalves na Gazeta do Povo

Um dia após anunciar que deixaria do PT, o senador Flávio Arns recebeu convites de filiação de sete partidos (PSC, PMN, PSB, PDT, PSDB, DEM e PPS). A escolha dele, porém, deve se arrastar pelas próximas semanas. O primeiro passo de Arns será garantir judicialmente o direito ao mandato, que acaba em 31 de dezembro de 2010.

A assessoria jurídica do parlamentar deve terminar um estudo sobre mudança de partido até segunda-feira. Ainda não se sabe se ele deixará a legenda e esperará por uma possível reclamação dos petistas ou se recorrerá primeiro à Justiça. Arns deve argumentar que o PT traiu o próprio estatuto ao apoiar o arquivamento das denúncias contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).
“Quero que o meu caso sirva de jurisprudência para situações em que o partido é infiel aos seus próprios ideais”, disse. Em 2007, o Supremo Tribunal Federal interpretou que a Cons­­tituição determina que os mandatos pertencem aos partidos e não aos candidatos. A medida coíbe a infidelidade partidária, mas abre possibilidades para que os políticos possam mudar de legenda – como comprovada perseguição interna ou descumprimento do programa partidário.

Na quarta-feira, Arns virou protagonista da crise do Senado ao dizer que estava “envergonhado” de ser filiado ao PT. A declaração no Conselho de Ética do Senado (o qual ele não integra) provocou uma série de reações. Em menos de 24 horas, ele recebeu 3,6 mil e-mails parabenizando pela postura – quatro vezes mais do que a mé­dia diária.

“Gente de todo Brasil está me incentivando nessa decisão”, disse Arns. Por outro lado, o senador recebeu críticas severas de ex-dirigentes do PT. “Ele (Flávio Arns) saiu do PSDB, se elegeu senador por causa do PT e agora se promove atacando o partido. Ele aproveitou a ‘onda Lula’ e usa o PT para se projetar”, afirmou o deputado federal José Genoíno (PT-SP), ex-presidente nacional do PT. O ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu. Segundo o petista, afastado do governo sob acusação de chefiar o esquema do mensalão, a atitude do paranaense foi “patética”. Tanto Dirceu como Genoino estiveram envolvidos no escândalo do mensalão.

Arns rebateu as críticas. “José Dirceu está afastado da realidade da sociedade”, rebateu o senador paranaense. Ele garantiu que não recebeu qualquer censura de colegas do PT no Senado. “Muito pelo contrário: o líder (Aloizio Mercadante) disse que pensava exatamente como eu.”

Tendência de migração

Arns afirmou ainda que não mantém negociações sobre filiação com qualquer partido. A tendência, porém, é que ele migre para um partido pequeno ou de oposição. Por enquanto, os favoritos são o PSC e o PPS, que não possuem nenhuma cadeira no Senado.

O presidente do PSC no Paraná, deputado federal Ratinho Júnior, admitiu que o acordo com o senador esteve adiantado no ano passado. Outro deputado paranaense, Cézar Silvestri, também disse que conversaria com Arns a pedido do presidente nacional do partido, Roberto Freire. “O discurso dele é exatamente o mesmo do PPS”, afirmou Silvestri.

21 Comentários

  1. Nos da juventude do DEMo sentiriamos orgulho da vinda de Flavio Arns – chega desses MST e APAEs da vida mandarem no governo….Chegou a hora dos empresarios e gente de bonanca e riqueza e competencia governar – Estamos lancando oficialmente a campanha FICA DEMo FLAVIO ARNS, VEM QUEIMAR CONOSCO…

  2. Conegundes de Moura Responder

    Senhor Senador Arns, fui seu eleitor e confesso que estava decepcionado com sua atuação como Senador. Porém, seu posicionamento em relação aos escândalos protagonizados pelo Senado da República nos últimos dias, me fizeram novamente reconsiderar minha opinião em relação ao Senhor. Sugestão: Saia desse mar de lama em que se transformou o PT!!!!!!!

  3. V.Lemainski-Cascavel Responder

    O senador Arns destacou-se mais pelo fato de ter criticado o PT do que por sua atuação parlamentar.
    Sua atitude realmente chamou a atenção da nação inteira. Se houve um acordo anti-Sarney, deveria ter sido cumprido. Erraram os outros.

  4. L.H. Bona Turra Responder

    Respeito a decisão do Arns, mas, ao contrário, orgulho-me de pertencer ao PT. Na cena de lutas, entendo superior a solução dada pelo Mercandante, que concretamente se opôs ao esquema Sarney, lutou pela apuração dos fatos, se viu derrotado, protestou e, ao final, se recompôs na unidade do partido. O pronunciamento do Mercadante é histórico, emociona-me e representa minhas convicções, perspectivas, perplexidades e decisão após 30 anos de militância na esquerda, dos quais 14 no PT. Recordo quando em 1994, vice do Lula, esteve o Mercadante no Auditório da Reitoria UFPR: dentre os deputados estaduais, éramos apenas o Ernani Pudell, o Rosinha, o Ovídio e eu próprio. Em discurso apaixonado, movimentava-se no palco o Mercadante, dizendo dos projetos sociais e econômicos, dando expressão intelectual e orgânica ao nosso projeto. Agora, 15 anos depois, o reavisto em delicado e grande momento, profundamente humano, coberto de dores e dramas, autêntica expressão da militância de base, da minha militância, sofrida, repleta de contradições, sonhos, projetos. Com Mercadante, Lula, Edésio Passos, Samek, Rosinha, Veneri, Gleisi, Vanhoni, Paulo Bernardo, Vargas, Péricles, reafirmo um milhão de vezes minha permanência no PT.

  5. Nem pensar em perder a “boquinha’ até o final de 2010.

    Como minha avó sempre diz: “Mateus, primeiro os meus”

  6. Fabiano Godoy Munoz Responder

    Não compreendi o comentário postado pelo suposto membro da Juventude dos Democratas. As idéias ali apresentadas não são compatíveis com a ideologia liberal defendida, essa idéia de empresarios ricos confabulando pelo poder não passa de conversa fiada de militantes despreparados. Concordo com a postura di Senador Flavio Arns, pois, seguindo suas convicções, não compactuou com um dos episódios mais vergonhosos do Senado Federal. Acreditamos que com o fortalecimento da iniciativa privada, através da desoneração tributária, podemos fornecer a população ferramentas para o desenvolvimento sustentável, sem excesso de beneces governamentais que tanto oneram a máquina pública. O convite realizado pela direção nacional já basta pra que o Senador decida qual caminho irá seguir e trocadilhos com a sigla do partido, mais parecem comentários de menino de ensino médio, do que uma manifestação que mereça alguma credibilidade.

  7. Ele não quer perder a teta, e esta é a principal preocupação do Senador Arnes.
    Depois de 6 anos e 8 mêses ele falou algo.
    Isto demonstra a seu despreparo para o cargo ocupado.
    Uma coisa é não concordar com alguns, e outa é lutar para que não se faça coisa errada.

  8. andreia politica Responder

    Tudo bem,até concordo que o pt ta envolvido num mar de lama,enfim muitos partidos e politicos,mas me desculpe este senador não tem expressão nenhuma ,ta totalmente apagado,é carta fora do baralho,voçe não ve nenhum projeto dele,para mim não fede nem cheira,é estatico.

  9. Acho feio este oportunismo barato dele de pegar carona na Marina. Foi PSDB durante o governo FHC. PT no governo LULA. Fez um dos piores mandatos que o Senado já viu. Sai atirando. E vozes a combatê-lo, só as do PT nacional???

  10. Pode ir para qualquer Partido de merda que esse País, também de merda, merece. Aliás, quem quer o cara? Se o PT não fez questão, quem fará? Ainda mais: Quem gostaria de receber em seu Partido os seguintes: Requião, Arns, Serra, Pessuti, Alvaro, Osmar, Richa, e outros menos votados em termos nacionais e estaduais. Gente, acordem, pois a sociedade paranaense já acordou e não conta mais com essa gentinha de merda acima. Acabou, e só êles e alguns comentaristas políticos não se tocaram. Pô gente, conversem por aí. Acordaem nesse pequeno toque.

  11. Vou te dizer: depois dessa ele pode até perdr o mandato, mas se se filiar a outro partido e se candidatar se elege de novo ano que vem, não teria páreo p/ ele….

  12. POUCOS POLITICOS HONRAM SEU NOME COMO O FEZ FLAVIO ARNS. INFELIZMENTE SE DEPENDER DE MANTER SUA POSTURA QUE TERMINOU EM RENUNCIA VAI TER DIFICULDADE EM ENCONTRAR UM PARTIDO QUE NÃO SEJA CORRUPTO. LEMBRANDO QUE SE A CORRUPÇÃO NÃO SE DÁ PELA AÇÃO, SE DEU POR OMISSÃO, JÁ QUE NO SENADO E NA CAMARA DOS DEPUTADOS NÃO SÃO AMBIENTES DA MAIS PURA INOCENCIA. COM CERTEZA TODOS TINHAM CONHECIMENTO DE COMO AS COISAS ACONTECIAM. E PIOR, O MESMO FATO ACONTECE EM TODAS AS PREFEITURAS DO BRASIL QUE POSSUEM APADRINHADOS DE TODA ESPÉCIE EM CARGOS DE COMISSÃO. CONTENDA/PR REPRESENTA TAL SITUAÇÃO, ALIMENTA FILHO DE DEPUTADO, EMPREGADO DE FILHO DE DEPUTADO, FAZ CONCURSOS SUSPEITOS DE FRAUDES PARA BENEFICIAR FILHA DE VICE PREFEITO, ENFIM É O ESPELHO DO SENADO DO BRASIL….

  13. A unica coisa que ele fez foi votar contra o povo e a favor das telecom, para que elas continuem abocanhando R$49,00 todo mes,,mesmo que a gente não faça uma única ligação telefonica. Vai tarde, , e digo mais, não tem hombridade pra entregar o mandato. E sem mandato nenhum partido quereria uma merdadoria fora da prateleira. Só querem o mandato. Como tenho convicção todo p$dbista (ele éra ex) não teem palavra e não cumpre comproimisso. Exemplo fresquinho, Beto Richa que deixou o Osmar Dias olhando o horizonte.

  14. Pelo jeito este senador tem mais de uma ideologia… direita e centro direita disputam-no. Dá para entender porque ele é fiel mesmo ao mandato e não aos compromissos partidários, como dizem os petistas… Será que pelo menos quem trabalha em Apae está satisfeito com o trabalho deste senador?

  15. porrete de lapacho Responder

    CERTO O SENADOR, SE AFASTAR DOS PESTISTAS CORRUPTOS, ANO QUE VEM AJUDARÀ A IMPOR UMA DERROTA FANTÀSTICA AO PT DO PARANÀ.

  16. Bus Atinho da Serrinha Responder

    Ilmo Sr. “João da Fila”: todas as suas calúnias que vc vem fazendo neste respeitável Blog não atingem o trabalho sério feito pelo Hélio na Prefeitura de Contenda…
    pois é … “João da Fila”, que moral que Vossa Senhoria tem, iludiu a menina do convento prometendo casamento e na hora H, saiu fora…. que feio….
    aquela proposta de abrir o escritório em Londrina está em pé.. estou sabendo que vc não está atuando na área e anda infeliz, amargo…
    caso queira a máquina de xerox está te esperando…
    Seu amigo, Bus Atinho da Serrinha….

Comente