Uncategorized

“É agora ou nunca”, diz Alvaro Dias

alvarodias-230x230

O senador Alvaro Dias tem dito aos mais próximos que vai brigar até o último round para ser indicado candidato ao governo pelo PSDB. Está convencido de que esta é a oportunidade derradeira para tentar voltar ao cargo que ocupou em 1987.

Alvaro enfrenta disputa interna no PSDB contra a indicação do prefeito Beto Richa e um de seus argumentos é o de que seu adversário tem muito tempo pela frente e a ele não restará outra oportunidade.

Em 1990, Alvaro Dias não se desincompatibilizou para seguir a carreira e tentar o Senado. Ficou no posto para eleger o sucessor, Roberto Requião. Desde então, tem se apresentado em todas as eleições como pré-candidato ao governo. Na eleição de 1994 foi derrotado por Jaime Lerner. Em 1998, contentou-se com o Senado. Em 2002 foi derrotado por Roberto Requião. Em 2006 voltou a disputar a vaga do Senado.

12 Comentários

  1. Será que só tem trabalhadores no PSDB? rsrs e depois o Brasil está precisando de GENTE HONESTA E COM CONSCIÊNCIA.

    Mas já que o Senador quer o Governo do PR A minha opinião não mudou, e não me parece que mude.

    Pela experiência, que inevitavelmente tem que ser Maior que a de Beto, e porque o Governador eleito vai pegar um “abacaxi” cheio de espinhos e de TUDO por fazer, eu Vou de SENADOR ÁLVARO DIAS.

    Mas essa não era a vaga que eu queria para ele.
    Quem sabe…. Vamos lá SENADOR

  2. Então é nunca.
    Se em tanto tempo de politica não fez o que realmente deveria ter feito, não tem porque darmos mais uma oportunidade.

  3. Vejam que até os Santos deram as costas para o Álvaro.
    Devem estar decepcionados com a atuação do Senador que não faz jus ao mandato.

  4. O ALVARO ESTA NO MELHOR MOMENTO DE SUA TRAJETÓRIA POLITICA. EM UM PAÍS ONDE A PALAVRA DE ORDEM DENTRO DAS INSTITUIÇÕES POLÍTICAS É A CORRUPÇÃO, ELE TORNA-SE UM COMBATENTE FERÓZ DESSA PRÁTICA NEFASTA, QUE ESTÁ DILAPIDANDO AS BASES DE NOSSA SOCIEDADE. ESSE SEU COMPORTAMENTO VAI AO ENCONTRO DOS ANSEIOS DA POPULAÇÃO E COLOCA O SEU NOME COMO O MAIS FORTE CANDIDATO AO PÔSTO DE GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ. ELE NÃO PODE PERDER ESSA OPORTUNIDADE. EM UMA ELEIÇÃO ONDE O POVO ESCOLHE SEUS REPRESENTANTES OS OUTROS SERÃO APENAS COADJUVANTES NO PROCESSO. QUEM VIVER VERÁ.

  5. Os Santos viraram de costa e gritaram “Nunca”!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. ENTÃO AQUELE PAPO DE NÃO DISPUTAR COM O IRMÃO OSMAR FOI SÓ BALELA???HOMEM DE PALAVRA ESTE SENADOR!!!!!

  7. SEM SOMBRA DE DÚVIDAS!!!
    O SENADOR ALVARO DIAS É O MAIS CAPACITADO PARA SER O GOVERNADOR DO PARANÁ.
    EXPERIENTE, LIVRE TRÂNSITO EM BRASÍLIA E PUSSO FIRME SÃO ALGUMAS DE SUA MARCA.
    O BETO É NOVO E PRECISA CUMPRIR SEU MANDATO NA PREFEITURA, NÃO VOTAMOS NO PREFEITO PARA QUE A ELEIÇÃO DE PREFEITO FOSSE UTILIZADA COM TAMPOLIN PARA O ESTADO.
    NÃO.1000 VEZES NÃO.
    NEM OSMAR, NEM BETO.
    AGORA É ALVAROOOOOOOOOOOOOO.

  8. PAULO SERGIO MOREIRA Reply

    MARCELO,
    No final do seu comentário você escreveu: AGORA É ALVARO.
    Acho que não pega bem pois ainda há lembranças de cartazes e mais cartazes assim escrito: AGORA É ÁLVARO. AGORA É LULA!

  9. SYLVIO SEBASTIANI Reply

    Depois da decisão do PSDB Nacional de que será candidato à Governador do Paraná, quem estiver em primeiro lugar nas Pesquisas e o proprio Senador Álvaro Dias disse que será candidato se estiver em primeiro lugar, nada vale a posição dos ilustres membros do PSDB, que não querem o Senador, candidato.E se ele for o candidato, estando em primeiro lugar nas pesquisas, eu conheço essa tropa, vão todos atrás do Senador, dizendo serem dele, desde criancinha e os candidatos à reeleição para a Assembléia Legislativa, vão pedir seu apoio.É verdade que para ser reeleito deputado, precisam de apoio dos eleitores, que na hora “H” vão se lembrar dos 400 Gafanhotos, entre outras que estão “armazenadas”.

  10. Votamos no Álvaro Dias para ele cumprir o mandato no Senado também Integralmente, e vai até 2014, portanto não queremos Suplentes assumindo o Senado e sim o Senador Álvaro que cumpra seu mandato até o fim!

Comente