Uncategorized

Em números absolutos, Brasil ultrapassa EUA e é o país com mais mortes por gripe suína

Do UOL Notícias

O Ministério da Saúde confirmou nesta quarta-feira (26) que 557 pessoas morreram no Brasil até o dia 22 de agosto vítimas do vírus da gripe suína (H1N1). Com a confirmação de novas mortes, o Brasil ultrapassou os Estados Unidos e se tornou o país com mais óbitos causados pela doença no mundo.

Entretanto, se for levado em consideração a taxa de mortalidade – relação entre óbitos e número de habitantes na população – o Brasil aparece em sétimo lugar, atrás de Argentina, Chile, Costa Rica, Uruguai, Austrália e Paraguai.

Em relação aos números absolutos de mortos, Brasil é seguido por Estados Unidos (522 óbitos), Argentina (439) e México (179). Deve-se ressaltar que os países adotam periodicidades diferentes para atualização do número de mortes. Os últimos dados dos Estados Unidos, por exemplo, referem-se a 15 de agosto.

Até 22 de agosto, segundo o ministério, foram notificados 30.854 casos de síndrome respiratória aguda grave, dos quais 5.206 eram de gripe suína.
Grávidas
Segundo o Ministério da Saúde, 1.980 mulheres em idade fértil (entre 15 e 49 anos) contraíram a gripe suína, das quais 480 eram gestantes. No total, 58 grávidas morreram pela doença.

O governo federal enviou nesta quarta-feira ao Congresso Nacional uma medida provisória para liberar R$ 2,1 bilhões para o enfrentamento da gripe suína. Os recursos serão utilizados na compra de 73 milhões de doses da vacina e de 11,2 milhões de tratamentos.

Parte do montante será usada na aquisição de equipamentos para hospitalização e material de diagnóstico, no aumento do número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), na capacitação dos profissionais e para a ampliação dos turnos nas unidades de saúde.

11 Comentários

  1. CABEÇAS DURAS.

    Aí está o resultado do equivocado tratamento dado pelo Ministro da Saúde, que a princípio sonegou até a entrega do tamiflú à população.

    Parece que tem escolas da prefeitura na região sul, com crianças infectadas.
    Cuidado autoridades.
    Chequem tudo e se estiver ocorrendo novos casos, divulguem e deem mais informações dos cuidados que se deve tomar.

  2. È a marolinha do Lula e a imbecilidade do Duce em tratar assunto sério como ele trata seus cavalos,com alfafa.O povo que se dane e este Lula querendo recriar a CPMF para pagar a campanha da Dilma,já foi comprovado este dinheiro nunca irá para a saúde,só acredita quem recebe as bolsas do Lula…
    Em 2010 Duce e Dilma nem pra guardião de rua,pois, podem levar a rua embora.

  3. Carlos-Curitiba Responder

    Esse ministro é um palhaço!
    Tem gente morrendo!
    Meu Deus,a te onde vai isso?

    Liberem o tamiflu!

  4. Uma das coisas mais idiotas que já vi é essa “taxa” de mortalidade. Dividir o número de óbitos pela população não significa ABSOLUTAMENTE nada. Para medir a taxa de mortalidade deve ser dividido o número de óbitos pelo número de pessoas que contraíram a doença. Por esta “taxa” oficial, chegamos a magnífica conclusão que a taxa de mortalidade na estação polar antártica é zero e a taxa de mortalidade na UTI do HC é altíssima. Ora! Tenham paciência! Burrice tem limites!

    Caso alguém tenha interesse, finalmente encontrei um artigo sensato e crível sobre a maledeta :

    http://www.terra.com.br/istoe/edicoes/2076/artigo150048-1.htm

  5. EU TAMBÉM QUERO.

    SE TEM CHUNCHO NISSO AÍ, VEJA BEM SE TIVER, SE FOR VERDADE ESTA DENÚNCIA, NA QUAL – NÃO ACREDITO- E SE TIVER – CHUNCHO – PEÇO REGISTREM RESPOSTA NESTE BLOG PARA A “SENHA PBF 007” E DEEM OVALOR DO ESQUEMA QUE QUERO ENTRAR NESSA.

  6. que noticia auspiciosa, dexamos de pertencer ao 3º MUNDO, POIS ULTRAPASSAMOS OS EEUU, EM NUMERO DE MORTES PELO H1N1, VIVA O BRASIL, VIVA O POVO BRASILEIRO, VIVA O MINISTRO DA SAUDE, VIVA O LULA, VIU COMO NÓS SEM MUITO ESFORÇO CONSEGUIMOS ULTRAPASSAR NÃO SÓ OS EEUU MAS A ARGENTINA TAMBÉM, ISSO SIM É UM GRANDE PROGRESSO.HAHAHAHAHAHAHAHAH

  7. Tem gente que ainda não caiu a ficha pelos comentários. Já somos os primeiros no mundo e este nosso governo federal que usar o protocolo parra salvar vidas.

    Infelizmente vai morrer ainda muita gente neste país devido a gripe, pois o governo não está nem aí com a população.

  8. Estamos saindo do inverno com 557 mortos por gripe; ano passado morreram mais de 4.000. A diferença é que ano passado não se contavam os mortos por gripe no Jornal Nacional.

  9. Se o Brasil é o campeão em mortes e o Paraná é o Estado com mais mortes no Brasil, é provável que os paranaenses sejam uma das populações mais atingidas por este virus no mundo.

  10. Décio Mariani,

    A taxa de mortalidade da Influenza A (H1N1) é calculada mundialmente desta maneira.

    Além do mais, não é possível calcular a taxa de mortalidade baseada no número de pessoas que contraíram a doença, uma vez que, conforme orientação da Organização Mundial da Saúde, somente os casos graves ou ocorridos em surtos são notificados.

    Para mais informações:
    fernanda.scavacini@saude.gov.br
    Assessoria de Comunicação
    Ministério da Saúde

Comente