Uncategorized

Sunga e caipirinha no feriado não pode, mas feijoada em dia de trabalho pode…

feijoada

feijoada1

feijoada2

De Abraão Benício no blog Política em Debate do Bem Paraná
Fotos: Milca Santos

Depois de suspender o feriado da padroeira de Curitiba e descascar os servidores na ‘escolinha’ da última terça-feira, por supostamente estarem na praia, Requião abandonou as atividades no Paraná nesta quinta-feira para participar de feijoada oferecida pelo irmão Eduardo, chefe do Escritório de Representação do PR no Distrito Federal. Tudo por nossa conta claro.

Segundo a matéria da Agência Estadual de Notícias, a feijoada foi oferecida a pretexto de receber autoridades do governo federal, governos estaduais e do Mercosul para apresentar os resultados do trabalho de pesquisa desenvolvido pelo Instituto Agronômico do Paraná (Iapar).

29 Comentários

  1. Essa tucanada não tem jeito mesmo. Olha só o Senador Alvaro Dias. Os tucanos não são oposição ao Resssquião?
    Háááá… entendi…. tem uns que são… outros não são…. outros não sabem se são…..outros…..credo não estou entendendo mais nada.

  2. Cap. Nascimento Responder

    Noutros tempos, quando o sindicalismo não era pelêgo, quando o ministério público não era subserviente ao governador, quando a ptzada se dizia guardiã da ética e da moralidade e quando a imprensa agia muito mais pela cartilha do seu partido político e menos pela subvenção oficial, estas fotos seriam sufucientes para todos os tipos de deúncias e ações na justiça.
    Atualmente, os tempos são outros. Tudo é possível para a corte.
    Ei reiquejão, pede prá sair. Leva junto o cabeleira. Fora sarney.

  3. Fiasco de almoço, hein!? De importante só tinha o Stephanes e o filho do governador, que é piloto de mão cheia.

  4. além do imaginario Responder

    Nooooooooooooosssssssssssssaaaaaaaaaa que salada, não feijoada…fico enojada.

  5. fracasso total menos de 50 pessoas …….,,,,,sendo 8 de alguma importância politica

  6. Esperar o que desse louco, gastando nosso dinheiro por ai, pois de graça ele não foi até lá visitar o irmão, que so roubou no porto de paranagua, queria saber onde ele guardou o IATE que comprou quando estava na direção do porto. TODO FUNCIONALISMO DEVERIA PARAR UM DIA INTEIRO PARA MOSTRAR A ESTE GOVERNADOR QUE AS ELEIÇOES LOGO ESTARAM AI NOVAMENTE PARA ELE VER O QUANTO VALE O VOTO DOS FUNCIONARIOS PUBLICOS. PARALIZAÇAO JA.

  7. E vc STAPHANES que vergonha, do alvaro tudo bem mais vc, teu filho e bem difernte de vc ainda bem.

  8. FABIO.

    PARE COM ESTE TIPO DE CRÍTICA IMPROCEDENTE.

    QUALQUER “REI”, TEM DIREITO A TUDO, NA BASE DO;

    =FAÇA O QUE DIGO, NÃO FAÇA O QUE FAÇO=.

    OS “REIS”, FABIO, SÃO INIMPUTÁVEIS.
    ISTO CONSTA DE QUALQUER CONSTITUIÇÃO IMPERIAL. LEIA.

    PERGUNTE AO MANO DO REI O PRÍCIPE EDUARDO, QUEM PAGOU A CONTA DA FEIJOADA.
    SERÁ QUE FORAM OS PARANAENSES ?

  9. Como ninguém visita o Requião em final de carreira, ele inventou este almoço( para fazer campanha) pago com dinheiro do povo ……

  10. Estava repleto de “Tucanos”!
    Inclusive alguns se esconderam no banheiro na hora das Fotos!
    Depois vem aquele papo que foi Feijoada de Trabalho!
    Quem pagou essa conta?
    Lógico que fomos Nós!
    Perucão Dias até sorriu para foto!

  11. SUGESTÃO:
    FABIO ,POR QUE A RPC OU VC MESMO NÃO FAZ UMA ENQUETE COM A SEGUINTE PERGUNTA:
    O POVO APROVA OU NÃO FEIJOADA EM DIA DE TRABALHO ?
    DA MESMA FORMA QUE FOI FEITA PARA SABER SE APROVAVAM OU NÃO OS FUNCIONARIOS TRABALHAREM NO FERIADO?

  12. Lamentável esse gasto para poucos convidados irem.
    Mesas vazias. Que fiasco.
    O que o irmão do governador Mello e Silva está fazendo em Brasília? Pelo jeito nenhum contato produtivo.

  13. COM O REQUIÃO É ASSIM: FAÇA O QUE MANDO, MAS NÃO O QUE FAÇO. ELE POOOOOODDDDDDEEEEEEE.

  14. E O DITO “MARIA LOKA”, CONTINUA SENDO RIDÍCULO COMO SEMPRE. TODOS OS PRESENTES VESTIDOS FORMALMENTE, E O DOIDÃO PRA APARECER, VESTIDO DE CAMISETA. AINDA BEM Q EU NUNCA VOTEI NISSO AE…

  15. Uma declaração e várias trepidações
    11 set 2009 – 09:39
    No final da semana passada, Roberto Freire, presidente nacional do PPS, declarou em Cascavel que o candidato do partido do governo no Paraná é o senador Osmar Dias (PDT). A fala tocou um horror generalizado, mesmo porque, até o asfalto das ruas do Centro Cívico sabem que Rubens Bueno, presidente estadual, está com Beto Richa (PSDB) e a presença de Marcos Isfer, que pertence ao partido, na presidência da Urbs, é a prova mais contundente disso. Na terça-feira houve um telefonema entre Dias e Freire. Depois, o senador falou com Bueno. Passado o feriadão, tudo voltou à normalidade, apesar do frissom que causou no Centro Cívico o boato de que a declaração de apoio ao pedetista tinha saído da boca de Rubens Bueno. Este disse ao senador que é partidário da unidade do grupo formado em 2008 (reeleição de Richa) – e ponto final. Freire lembrou do tal compromisso feito para a candidatura de Osmar Dias ao governo do Estado em 2006, mas, pelo jeito, não estava muito ligado na nova ordem estabelecida na província. Isso é política!

    Postado em Sem categoria | Comente! »

  16. e quem disse que tinha alguem importante nesse convescote?
    ser ministro não basta p/ ser importante, é preciso ser realmente importante! e o ministro em questão apenas representa o que há de mais reacionário no campo brasileiro.
    é fim de feira mesmo!!!!!!!!!!
    se bem que seria uma ótima o coronel sair candidato à presidencia, terminada a apuração, um camburão já estaria na porta da sua casa!!!
    REQUIÃO PARA A PRESIDÊNCIA, JÁ!

  17. Li no blog do Fábio Campana, tal noticia, com muita atenção:

    *”Acreditem, Requião sonha com a Presidência”…da Nação.

    Respondi com dedicação:

    Pela Ordem da multidão! Meu caro transmissor da informação.

    Ah! Excelentíssimo Governador Roberto Requião sonha com a Presidência da Nação?

    __________________________

    __________________________

    __________________________.

    Ah! Outra noite também tive um sonho que guardo com contemplação o qual me agradaria a concretização:

    Antes de repousar a cabeça ao travesseiro lembro-me que li que Sherazada a personagem do Livro Mil e Uma Noites, da obra clássica da Literatura Persa, continuaria a história no dia seguinte. Tranqüilamente adormeci e sonhei.

    Sonhei que…

    Viajava em um tapete mágico e só avistava o nosso vasto Brasil Nação! E ao longe quem eu vi na multidão? Era Excelentíssimo Roberto Requião. De repente, do seu cartolão mágico apareceu muitos ônibus escolares em ótima condição que transportavam as crianças, os adolescente e quem mais quisesse aprender a lição, rumo a Biblioteca Cidadã. Depois de muitas historias lida, agora vem a refeição: arroz, feijão e tudo que o organismo necessita para o aprendizado e para a maturação do cidadão. E por fim, todos agradecem ao Excelentíssimo Roberto Requião por sempre se lembrar da produção de grão. O menino lambuzado de macarrão (trigo) grita com emoção: _ Viva o Roberto Requião!

    Ao despertar-me do sonho vejo o livro caído no chão. Li as suaves letras que diziam ao coração:

    *Se a eloqüência te escolhesse como pai, ela refloresceria! E a ninguém mais, além de ti, ela poderia escolher. Ó luminoso rosto cuja claridade embaçaria a chama de uma Brasa ardente! Tuas altas ações te fizeram atingir os alcantis da glória E tu és o bem-amado do destino, que nada tem a recusar-te!

    Atenciosamente

    Sheila Denize Soares.

  18. A ATUAÇÃO DESSE TAL DE EDUARDO, IRMÃO DO ATUAL GOVERNADOR, NO PORTO DE PARANAGUÁ E NO ESCRITÓRIO DO PARANÁ, EM BRASÍLIA, É UM CASO DE SE RECORRER AO MINISTÉRIO PÚBLICO, E NA FEIJOADA DE BRASÍLIA, DIZEM QUE ÉRA BARREADO, COISA DE CABOCLO DO LITORAL, QUE FOI CUSTEADA(O) COM O NOSSO DINHEIRO, PARA RESGATAR A LEMBRANÇA DO SEU TEMPO DE ASSADOR DE CHURRASCO NO “FILÉ DO VISCONDE”, EM CURITIBA.

  19. O ALLLLVAROOOO NOITES estava na feijoada, junto com o Stefanes!

    Que feijoada boa essa!
    Feijoada é assim mesmo!
    Alem dos ingredientes tradicionais sempre tem junto algum pedaço de porco, aves (tucanos) e outros bichos do Paraná!

  20. Feijoada ou Barreado?!? Responder

    Se Maomé não vai à Montanha,…
    Então a Montanha vai à Maomé…

    Se os políticos não vem ao Requião…
    Então Requião faz feijoada em Brasília…
    …e pouquíssimos políticos vão…uéééé…
    …talvez,se fosse um Barreadinho heimm????
    Cadê a tradição???…

Comente