Uncategorized

Audiência entre Sindicato e montadoras termina sem acordo

Paraná Online

Terminaram sem acordo as audiências de conciliação entre Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC) e as montadoras Volkswagen-Audi e Renault-Nissan, realizadas na tarde desta sexta-feira (11) no Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT). Com isso, as greves iniciadas há uma semana continuam.

Na primeira discussão, a Volks sugeriu que a paralisação fosse interrompida para que as negociações pudessem ser retomadas. O SMC recusou a sugestão, tendo sua posição acompanhada inclusive pelo vice-presidente do TRT, desembargador Luiz Eduardo Gunther, que presidiu a seção. Devido ao impasse, uma nova audiência entre as partes foi marcada para a próxima segunda-feira (14), às 14h, também no Tribunal. No mesmo dia, às 5h, tem assembléia em porta de fábrica.
Já com a Renault também não houve acordo. Porém, a empresa apresentou uma nova proposta, de reposição de 100% do INPC (4,44%) e abono de R$ 1.750 agora em setembro, só que com o aumento real de 1% somente para agosto de 2010, ou seja, daqui a onze meses. O SMC vai levar essa proposta à avaliação dos trabalhadores em assembléia na segunda-feira, às 5h. Como a oferta ainda não atende as reivindicações dos metalúrgicos, uma nova audiência de conciliação entre as partes já foi marcada também para segunda, às 17h, no TRT.

Os trabalhadores da VW e Renault reivindicam 10% de reajuste salarial (4,44% referente a correção de 100% do INPC e aumento real de 5,32%), além de um abono de R$ 2 mil, tudo em setembro.

1 Comentário

  1. Ora, esses lideres sindicais nada mais querem que fazer cartaz. Ano que vem se candidatam a deputado!

Comente