Uncategorized

Saiu faísca no encontro de Pessuti com o PMDB

vice-orlando-pessuti3-230x230

A executiva do PMDB e deputados estaduais se reuniram hoje com o vice Orlando pessuti, virtual candidato do partido a governador em 2010. Não foi cordial. De cara, Pessuti cobrou do deputado Luiz Cláudio Romanelli o encontro que este teve com Osmar Dias, do PDT.

Romanelli repetiu o que sempre diz. Foi ao encontro a pedido de Requião. Mas isso não melhorou o humor de Pessuti, que cobrou lealdade do time do PMDB. Aproveitou o ensejo para reprimendas do deputado Dobrandino Gustavo da Silva, cujo filho, Sâmis, mudou de barco em Foz do iguaçu.

Passada a tempestade, serenados os ânimos, a executiva decidiu que vai alçar vôo na campanha para o governo. Vem aí o macro-encontro do PMDB seguido de encontros regionais para afinar o discurso e transformar a candidatura de Pessuti em fato consumado até as convenções marcadas para o final do mês que vem.

Participaram da reunião, além de Romanelli e Dobrandino, o presidente Waldyr Pugliesi, o secretário joão Arruda, e o deputado Teruo Tato. E a turma do marketing já está pensando no slogan para a campanha de Pessuti 2010.

17 Comentários

  1. GUERREIRO, pela vida Responder

    Por favor senhores, NÃO queiram fritar o nosso vice-governador……. Lança PESSUTÃO para Dep. estadual, q ela será eleito com muita facilidade……. Para governador, me desculpe, não faz 10% de voto…………. Boa sorte Sr PESSUTÃO, vc é uma pessoa muito QUERIDO…….

  2. Coitado do Pessuti. Esse é o politico que consegue sempre estar no lugar errado, na hora errada. Vai dar com os ¨burros nágua¨.

  3. Nao existe pessoa melhor que o Pessuti. Mas o Pmdb, esta cristianizando o mesmo. Nao ganhara as elei;oes para governador, nem o Requiao Senador, Nos precisamos de mudan;as, sou do interior, agricultor, estamos com O richa

  4. A candidatura própria pelo PMDB a majoritária tem muito a acrescentar as candidaturas proporcionais,já que é um partido que está no poder cujo candidato será o governador em exercício!

    Todos nós sabemos do grau de lealdade do Pessuti em relação ao partido e que o governo exercido por ele será a continuidade de tudo de bom que representa o governo Requião.

    Temos de nos orgulhar da nossa caminhada, pois temos a certeza de estarmos no caminho certo, no que vai de encontro ao desenvolvimento humano, econômico político do estado.

    Fiquei indignado com a atitude isolada por parte do Romanelli e até cheguei a acreditar que ele tinha agido em nome do Requião e que este estava submetido as imposições do agrupamento PT/PDT, mas vejo que estava enganado, pois a candidatura do Pessuti está firmemente apoiada nos desejos do Requião e este, o que me orgulha, volta o seu discurso para o projeto maior. Caso tenha condições irá disputar o governo federal e caso não as tenha, pela submissão do partido a nível federal a outras candidaturas e interesses, teremos o melhor senador da República, pois para o senado ele já está eleito.

    O espaço político e o discurso nacional e popular bem elaborado para uma candidatura a presidente nós temos, pois o Requião é um estadista e entre os que se apresentam como candidatos com certeza é o que não está atrelado aos interesses das oligarquias e do grande capital internacional.

    Mais importante que o nome é ter um bom propósito embasado em um projeto estratégico e isto o Requião e o Pessuti possuem.

    As alianças do Osmar vão contra o nosso ideário político partidário a nível regional, pois todos os nossos principais adversários, entre eles coloco o Paulo Bernardo, o Lupion, o Stephanes (pai), os Barros, o Janene já estão com ele e o que ele representa, apenas o grande concentrador de riquezas e fator de exclusão no campo e nas grandes cidades peo exodo rural que provoca, falo do excludente grande agronegócio.

    O Pessuti, embora seja um político urbano, tem profunda relação com os q

  5. Conde Edmundo Dantas Responder

    Pessuti fala com a caneta de Governador na mão. Deve ter sido bem legal ver a cambada toda com rabo no meio das pernas. “Quanto mais eu conheço e ser humano, mais eu admiro os cachorros.”

  6. ex-secretário do PDT Cerro Azu Responder

    Vai doer na alma do nosso amigo Pessuti quando ele descobrir as estratégia dos dirigentes dos municipios da região metropolitana (amigos do Pessuti), principalmente daqueles que tem uma ampla porta de entrada, principalmente via educação e que recebem de banda um montão de recursos tambem do Provopar Estadual. Basta ficar alerta, e o Pessuti vai perceber onde estão seus verdadeiros amigos, não foi atoa que eu perdi mais de 10 anos de filiação no PDT de Cerro Azul, inclusive fazendo parte da provisória municipal do PDT daqui. Na última eleição foi cacete de todo o lado, 10,000 votos para o requião só em nosso municipio o Osmar uns 270 votos, veja a diferença foi grande (aqui quem não votou no Requião era chamado de traidor do municipio, deveras a pavimentação da PR 092 de Rio Branco do Sul/Cerro Azul), entendo que politica “quem puder mais chora menos”, mas aqui a realidade quem é da turma (os bom da boca) do PMDB/PSC/DEMOCRATAS/PR/PT/PSDB todos estão unidos no firme proposito de encampar pro lado do OSMAR ou BETO, dizem se não der BETO no primeiro turno não tem problema da Osmar no segundo turno, e também como dizem por mais um ano da para manter as aparencias de casados junto com o governo…. Agora não sabem o que fazer com os deputados todos tem que rezar a cartilha do Dep. Alexandre Curi, devem umas perninhas para o Kielsinho (meu amigo), querem marcar compromisso com um cadidato do PDT para manter o quadro positivo após eleição se Ormar, se marcar ponto ok, agora para Federal Takaiama tem seu prestigio, o PSC/Ratinho Júnior marcou ponto na última eleição e é o preferido da galera daqui, mas dai tem um problema de outrora o comunista que foi despedido por Requião tem uma fatia grande, os desportistas e pessoal da educação alunos e professores, querem o cara, dai a problemática do Arruda para encampar no meio destas feras, os prefeitos terão uma dificuldade para colocar freio na turma para não ficarem sozinhos por ocasião da apuração dos votos, vai ser um salve-se quem puder, e boa. Agora tem gente firme no pedaço que aguenta o tranco principalmente os que trabalham com deputado Pugliese este é fera não arredou o pé desde a última eleição, gente boa, merece o cargo de presidente que ocupa e este respeitamos. Há Tava esquecendo das envestidas no Setin dos Democratas, que tem encontrado guarida junto a turma da prefeitura e da Educação também, com reuniões e coisa e tal divulgação em jornais locais e tudo mais, este está chique no “úrtimo” em nosso municipio, vai levar uns votinhos, o prefeito sempre tem a sua forcinha dizem uns 30% dos votos ele tem a tiracolo. É vamos ver onde que os burros irão puxar a carroça desta vez, tomara que ao final não caiam num precipicio, pois dai morrem os condutores e os animais e perde-se a carga….. Qualquer coisa procure o blog “Cerro Azul, informando!!!” Logo estará disponivel, estamos querendo fazer aqui um arremedo do blog no nosso amigo Campana, sabe que o negócio é de gratis como dizem, e estamos desempregado mesmo, vamos escranfunchar, atazanar a vida da tigrada que gostam jogar bola nos dois lados do campo e ainda querem tomar a posição do goleiro na hora do gol…. Eta internet, coisa boa que inventaram e o blog é excelente…. Um abraço a todos os blogueiros, gente boa hein….

  7. Luís Adolfo Kutax Responder

    Pessuti será um dos melhores candidatos. Pai de família, amigo, aceito em todos os ambientes e possui carácter digno, sem que possam apontar qualquer mácula. No momento certo Pessuti crescerá, pois o interior do Pr é Pessuti, sou Pessuti.

  8. Luís Adolfo Kutax Responder

    Não esquecendo. O pessoal do PMDB com certeza não trairá o Pessuti, a exemplo de um outro pessoal aí que detonou o Osmar Dias…

  9. Everton de Andrade Responder

    Qual é a representatividade da candidatura Pessutti para o estado do Paraná?
    Requião conseguiu se impor como candidato viável graças à personalidade combativa e dura, principalmente nos debates.
    Mas e o Pessutti, será que vai jogar tão fime e pesado tão bem como o Requião? Se não for duro nas críticas e na postura, se tornará presa fácil…

  10. E alguém cobrou os deputados do PMDB que se encontram diariamente com o Beto Lerner Richa, lembrando que o PMDB é o Pessuti? Como fica o menininho Curi nessa história??

  11. Pessuti, com essa tropa do PMDB, se encontrando com o Osmar a mando do Requião, O filho do outro lado, o sobrinho laranja que só quer ser dep. federal!!! Sugiro um slogan para a sua campanha “O resultado Eu já Sei”!!

  12. Senhores. claramento não gosto da politica do PMDB. Porém acho o Pessuti até um bom sujeito, está sempre no meio do público, toma iniciativas interessantes, não se esconde de ninguém, canta na Banda de Guaratuba, enfim parece um cidadão normal…O grande problema dele é que está mal acompanhado. O PMDB e composto basicamente por lunáticos que ruiram o Paraná. O Pessuti representa a continuidade da éra jurassica no estado, onde o governador acha que pode escolher até a cor da roupa íntima das pessoas. Esse atraso foi refletido nos dados que o IBGE apontou sobre a situalção socio econômcideica do estado. Por coincidencia os piores resultados estão no PR e no RS, dois estados com longos periodos do PMDB e do PT no poder..será mesmo coincidencia ou esses partidos são um desastre mesmo??? Pessuti + partido de lunáticos + Moreira + Doático = fracasso total na eleição…

  13. Eduardo Peçanha Responder

    Outra questão, foi o pau no Marcos Batista…ele será chamado a xplicação, motivo: não prestigia os secretários de governo.

  14. Então Fabio, ontem durante essa reunião da executiva do PMDB, um dos assuntos mais abordados foi o caso RTVE – tv educativa, na figura do seu presidente Marcos Batista. Os secretários estão irados com o cara que não tem dado espaço para as secretarias. O então presidente será chamado a se explicar. O governo está insatisfeito com o andamento da tv educativa

    Pode conferir pra você ver….. notícia quente!

  15. Fabio eu sou fã do seu blog e agora mais ainda, percebo a grandeza dos comentários relatados anteriormente, temos algumas exceções, mas o que fazer.
    Parabens PMDB indignado, é de pessoas assim que a política paranaense precisa.

  16. A candidatura própria pelo PMDB a majoritária tem muito a acrescentar as candidaturas proporcionais, já que é um partido que está no poder e que cujo candidato será o governador em exercício!

    Todos nós sabemos do grau de lealdade do Pessuti em relação ao partido e que o governo exercido por ele será a continuidade de tudo de bom que representa o governo Requião.

    Temos de nos orgulhar da nossa caminhada, pois temos a certeza de estarmos no caminho certo, no que vai de encontro ao desenvolvimento humano, econômico político do estado.

    Fiquei indignado com a atitude isolada por parte do Romanelli e até cheguei a acreditar que ele tinha agido em nome do Requião e que este estava submetido às imposições do agrupamento PT/PDT, mas vejo que estava enganado, pois a candidatura do Pessuti está firmemente apoiada nos desejos do Requião e este, o que me orgulha, volta o seu discurso para o projeto maior. Caso tenha condições o Requião, que ofereceu o seu nome ao partido irá disputar o governo federal e caso não as tenha, pela submissão do partido a nível federal a outras candidaturas e interesses, teremos o melhor senador da República, pois para o senado ele já está eleito.

    O espaço político e o discurso nacional e popular bem elaborado para uma candidatura a presidente nós temos, pois o Requião é um estadista e entre os que se apresentam como candidatos com certeza é o que não está atrelado aos interesses das oligarquias e do grande capital internacional.

    Mais importante que o nome é ter um bom propósito embasado em um projeto estratégico e isto o Requião e o Pessuti possuem.

    As alianças do Osmar vão contra o nosso ideário político partidário a nível regional, pois todos os nossos principais adversários e entre eles cito o Paulo Bernardo, o Lupion, o Stephanes (pai), os Barros e o Janene já estão com ele e o que ele representa, apenas o grande concentrador de riquezas e fator de exclusão no campo e nas grandes cidades pelo êxodo rural que provoca, falo do excludente grande agronegócio.

    O Pessuti, embora seja um político urbano bem preparado para executar a reforma urbana tão necessária, tem profunda relação com os que realmente produzem e distribuem as riquezas no campo, os micros, pequenos e médios proprietários rurais, que embora abandonados pela política agrária do governo federal são de fato os grandes produtores e empregadores neste meio.

    Temos que manter e ampliar o espaço político que conquistamos!

    Parabéns ao Requião e ao Pessuti pela firmeza de propósitos.

    Fora Osmar!

Comente