Uncategorized

Sérgio Sinhori, o novo Procurador de Justiça

Nesta segunda-feira, 21 de setembro, o promotor de Justiça em Segundo Grau, Sérgio Renato Sinhori, toma posse no cargo de procurador de Justiça. Às 18h30, no auditório da sede do Ministério Público do Paraná.

Até a promoção como procurador de Justiça, atuava ainda junto ao Gabinete de Planejamento Estratégico do MP-PR e ao Núcleo de Pesquisa e Informação.

Sérgio Renato Sinhori, 54 anos, ingressou na Instituição em março de 1987, como promotor substituto em Campo Mourão. Desde 2008, atuava como assessor da Procuradoria-Geral de Justiça, junto à qual participava como coordenador de comissões formadas para regulamentação do controle externo da atividade policial; para a elaboração de ante-projeto de lei para alteração da Lei Orgânica do MP-PR; e para a revisão e readequação de cargos do quadro funcional da Instituição.

Depois de Campo Mourão, em 1987, no mesmo ano foi promovido a promotor de Justiça de entrância inicial de Coronel Vivida. Atuou ainda em Santa Mariana, Guaíra, São José dos Pinhais, Ponta Grossa e Curitiba, onde trabalhou, sobretudo, junto às Varas Cíveis. Em 1997, foi eleito presidente da Associação Paranaense do Ministério Público, cargo que ocupou até 1999. Neste mesmo período, foi diretor da Região Sul da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), instituição na qual também atuou como assessor da presidência, em 2005. Foi assessor do Gabinete do Procurador-Geral de Justiça e promotor assessor da Corregedoria-Geral do Ministério Público, em várias gestões. No ano de 2002, por merecimento, foi promovido ao cargo de promotor de Justiça em Segundo Grau.

Com a posse de Sinhori, o MP-PR passa a contar com 81 procuradores de Justiça, membros da Instituição que atuam em processos de segunda instância.

2 Comentários

  1. Gerson Luiz Ferreira Responder

    Muito merecido…o Sérgio além de ser um excelente profissional é também um ser humano de qualidade excepcional.
    Parabéns e que Deus continue iluminando o seu caminho.

  2. Alessandro Pinheiro da Veiga Responder

    Muito merecido! Que Deus ilumine seu caminho e continuemos na busca da justiça. Parabéns Doutor Sergio.

Comente