Uncategorized

Osmar propõe ações
para o desenvolvimento em Palmeira e Irati

Sinjutra-OsmarDias-CeliaVaz01-300

Osmar Dias, reuniu-se nesta sexta-feira, 25, com lideranças políticas e do setor produtivo nas cidades de Palmeira e Irati.

Em Palmeira, na região dos Campos Gerais, o líder pedetista ouviu as solicitações dos produtores de leite da Colônia Witmarsum, que querem isenção do ICMS de 12% para potencializar a produção, que hoje chega a 80 mil litros por dia.

Os produtores destacaram que recebem R$ 0,60 por litro de leite e que têm dificuldades para manter a produção e ao mesmo tempo fazer frente à carga tributária. Osmar Dias disse que a o pedido dos produtores de Witmarsum e de todos os representantes do setor produtivo da região serão incluídos no Projeto Paraná, que será a base do Plano de Governo a ser apresentado pelo PDT no ano que vem.

“A segurança alimentar e o respeito aos agricultores são prioridades que defendo no Senado. No ano que vem o Paraná tem a chance de eleger um governador comprometido com a vocação do Estado, que é a agricultura. Nos últimos anos o Paraná vem perdendo participação no Produto Interno Bruto nacional. Passamos de 6,4% de participação no PIB para 5,8%, o que representa o enfraquecimento da economia. Fortalecendo as vocações regionais vamos fazer com que o nosso Estado volte a ocupar o lugar que lhe é de direito. O maior desenvolvimento do Estado, construído em parceria com a população e respeitando a realidade local, é a meta que buscamos com o Projeto Paraná”, afirmou Osmar Dias.
No encontro nos Campos Gerais, o senador paranaense falou também da questão dos índices de produtividade, hoje em pauta em Brasília. Na opinião de Osmar Dias, a melhor proposta é a apresentada pela Embrapa, que defende o índice global de eficiência e trata da os índices de produtividade do ponto de vista macroeconômico. “Num momento de crise, pelo qual passa o mundo, é preciso considerar todas as variáveis que atingem o setor produtivo, desde o clima até as variações na economia. A indústria automobilística, por exemplo, para fazer frente às perdas, para ou diminui a produção. No campo, os agricultores não podem parar nem diminuir o que plantam, a exigência é de sempre produzir mais. Este é um ponto que tem que ser considerado”, observou Osmar.
No encontro em Palmeira o líder pedetista foi acompanhado do deputado estadual Marcelo Rangel (PPS), do presidente do PDT na cidade, João Alberto Gaiola, e do secretário municipal da Agricultura, Valmir Sanson.
Na oportunidade, o deputado Marcelo Rangel afirmou que se inclui no projeto Paraná. O representante do PPS destacou que o seu partido acompanha a caminhada de Osmar Dias desde 2006, quando foi aliado do pedetista na campanha ao governo. “Osmar Dias gosta de ouvir a população paranaense e é isso que está fazendo. Tenho compromisso com ele e a minha palavra é uma só. A nossa aliança está de pé”, disse Rangel.
Ainda nesta sexta-feira, Osmar Dias esteve também em Irati, onde reuniu-se com o prefeito da cidade, Sérgio Luiz Stocklos (PSB). Na oportunidade, Stocklos agradeceu ao senador pelo apoio dispensado nas eleições municipais e solicitou auxílio, na busca de recursos federais, para a implantação de um ginásio de esportes orçado em R$ 6 milhões. Osmar se comprometeu a trabalhar pelo pleito do município e convidou o prefeito a participar dos debates do Projeto Paraná, neste sábado, 26, em Guarapuava.
Será a sexta edição do evento suprapartidário de apresentação de ideias para o desenvolvimento do Estado. O encontro, com início marcado para as 8 horas, será no Hotel e SPA Vale do Jordão Hotel e SPA Vale do Jordão, na Avenida Vereador Rubens Siqueira Ribas, 3171.Antes de Guarapuava, os debates do projeto Paraná, liderados por Osmar Dias, já foram feitos nas cidades de Foz do Iguaçu, Maringá, Paranaguá, Colombo e Campo Mourão.

14 Comentários

  1. Engraçado, ficou todo esse tempo no anonimato e agora aparece e quer revolucionar o estado.

  2. Leite Morno:
    Ficou no anonimato para quem só vota e não acompanha o trabalho de um politico.
    Os instrumentos e as funções do poder legislativo são muiiiito diferentes do poder executivo.
    O Osmar tem curriculo, trabalhou na sua vida, não é como alguns que nasceram num berço de politico e nunca viveu longe dos penduricalhos do poder.
    Vc precisa se politizar CARA PÁLIDA.

  3. Do jeito que o Osmar está fazendo, até parece que o Paraná surgiu agora, que as necessidades também são novas…francamente Osmar, passou um mandato inteiro como senador, nunca apareceu no estado pra perguntar pra essa gente o que poderia ser feito por eles, e olha que muito poderia ter sido feito, agora vem aí com essa conversinha…..

  4. Para Palmeira só a solução é colocar alguém com mais competencia na gestã municipal. Prefeito ausente e secretariado ineficiente, esttão deixando o município a merce da própria sorte, ao invés de aproveitar a estratégia da localização geografica do municipio.

  5. Olá Leite Quente!
    Deduzo que tenha mudado para o Paraná ha bem pouco tempo, né não???
    Talvez nunca tenha ouvido falar na gestão de OSMAR DIAS à frente da Secretaria da Agricultura do Paraná; nunca ouviu ninguém dizer do melhor programa que o Brasil já teve sobre conservação de solo(MICRO-BACIAS); sobre a grande limpeza no quadro de vendedores (funcionários) de autorizações de desmatamento; afinal, por isto te perdoamos, aliás, não deve saber nada de agricultura ou qualquer coisa parecida, talvez, nem saiba que a produção agrícola em nosso Estado é a maior geração de recursos tanto na questão de oferta de mão de obra quanto riquezas.
    BOLA PRA FRENTE OSMAR!!!

  6. Sandro. É importante que o cidadão antes de criticar procurasse se informar sobre as atribuições de um Senador, Deputado Federal, Estadual, Prefeito, Governador, Presidente da República.
    As tuas colocações sobre o Senador Osmar são injustas e sem fundamento.
    O Osmar apresentou uma PEC propondo aumentar os recursos para todos os municipios. Quando aprovada vai fortalecer o municipalismo, porque é no municipio q o cidadão mora.
    É evidente que precisa ser aprovada no Senado e na Camara dos Deputados. Aí não depende só dele.

  7. CHICÃO PARANÁ Responder

    OSMAR DIAS INGRATO:
    SECRETARIO DA AGRICULTURA DE REQUIÃO E AGORA REQUIÃO NÃO PRESTA.

    OSMAR DIAS INGRATO 2:
    SECRETARIO DA AGRICULTURA DE ALVARO DIAS QUE O INVENTOU NA POLÍTICA E NÃO DEIXOU O IRMÃO APARECER NA SUA ULTIMA CAMPANHA AO GOVERNO.
    RESULTADO: SE QUISER LUTRA POR UMA VAGA NO SENADO E OLHE LÁ, ARRISCA PERDER PARA GUSTAVO FRUET E GLEISY!

  8. Tem viajado muito, porque Pé Vermelho, voce tem alguma coisa com isso, ou a menos que voce more em Curitiba e tenha votado no Beto Finca e quer ele na Prefeitura.

  9. Estou escrevendo isso Pé Vermelho, porque moro no interior e estou pouco ligando com o que ele tem feito.

  10. Cario Moises, compare o que o Osmar tem feito pelo Paraná e o que o Beto tem feito pelo mesmo, sendo que um é senador, poderia apresentar propostas que ajudassem o estado como um todo, e o outro é prefeito de uma cidade…não há comparação, sem contar que o que o Beto faz pra CTBA reflete em todo o estado sob a forma de impostos e são usados por todos os municipios, e o Osmar????Sequer lutar por incluir o estado em obras federais o cara tenta…Talvez por isso o PAC não tenha aparecido por aqui…Contra fatos, caro Moises, não há argumentos….

  11. Caramba!!!!
    As eleições ainda estão há um ano de se realizar e o pau já tá comendo por aqui…
    Muita calma nesta hora minha gente!
    É evidente que poucos sabem dos trabalhos de Osmar Dias no Congresso Nacional, senão, não estariam falando tanta abóbrinha…
    Também é evidente que Beto Richa tem feito um grande trabalho de continuidade em Curitiba, tem o IPUC e uma boa assessoria…
    São dois nomes distintos…
    É mais evidente ainda que OSMAR, por ser além de político um grande conhecedor da agricultura e do desenvolvimento de nosso Estado, é e está muito mais preparado que Beto, e sem contar que, no Estado do Paraná não tem uma instituição tal como o IPUC, que tel planejada Curitiba há mais de 20 aNOS.
    Quem pegar o Governo estará ferrado no primeiro ano de mandato… Sem estradas… Sem planejamento algum em qualquer setor… Os portos de Paranaguá e Antonina gerenciados por uma completa SANDICE durante 08 anos, estão completamente sucateados..
    O funcionalismo esfacelado pela falta de realização de concursos públicos, (últimamente os cargos estão sendo preenchidos por comissão ou comessão, como queiram), aliás, à propósito, Senhores Deputados Estaduais: Quantos cargos comissionados existem neste Governo de REIQUIÃO??? Fala aí ô Pula-catraca.
    A previdencia dos servidores estaduais indo à bancarrota, alías, senhores Deputados porque não uma CPI DA PARAPREVIDENCIA???
    Isto tudo quer dizer…
    Coitado de quem assumir esta ENCRENCA!

  12. HOMEM DA LUA CHEIA Responder

    Tá beleza…gastam seu neuronios defendendo caras como o Osmar Dias!
    Alguém ai sabe, com referencias no Diário Oficial, alguma atribuição positiva, de alguma lei, emenda, projeto, ou qualquer lhufas que o ilustre cidadão tenha realizado? Se tiver posta aí, por favor, talvez eu mude de ideia. Alguém ai sabe o quanto de combústivel que ele gastou? Procurem na rede a relação de gastos fúteis dos atuais senadores…falar até papagaio fala (talvez com um pouco de pratica, até digitem). Ah, isso vale para os demais candidatos.

Comente