Uncategorized

Escolinha vira palco
das comemorações antitabagistas

tn_280_651_romanelli

A escolinha de hoje teve a maior parte de seu tempo dedicada às comemorações pela lei antitabagismo recém sancionada pelo governador Requião.

O deputado Luiz Claudio Romanelli substituiu o mestre de cerimônias e chamou ao palco deputados, funcionários, secretários e todos os que ele listou como colaboradores fundamentais para “livrar o Paraná dos males do vício fumígeno”. Pois, pois, o clima era de grande vitória política e marco de uma nova era.

Até o deputado Antonio Belinati apareceu para festejar com o governo.

15 Comentários

  1. é uma prova definitiva de que esses senhores não tem mais nada de importante p/ fazer ou dizer, além de receber seus polpudos soldos!!!!!
    e pior, sem o menor constrangimento, sem a menor falta de vergonha na cara!!!!
    fica parecendo festinha de final de ano de empresa chulé que chama os faxineiros e agradece o empenho……

  2. 1) Não tem nenhum assunto mais importante para debater, legislar? 2) roubaneli (juntamente com o advogado Godoy) é conhecido fumante de charutos, faz isso sometne para se promover, faturar votos, arauto dos bons costumes! 3) Esse assunto deveria ser regulado por lei federal, tal como em outros páíses, vide o visinho Uruguai, lá é proibido fumar em qualquer lugar público do país, vide lei federal! 4) fora cachorrada capacho da maria louca, o fim está chegando, diarréia geral!

  3. Deviam aproveir a ocasião para marcar a data do enterro do pmdb do Paraná, fim de linha roubaneli, só entra o Curi e mais 5 ou 6, fora maria louca, fora nepotismo!

  4. Eles querem é impedir que a população mande fumo neles em 2010. Mas acho que vai ser inevitável.

  5. Brigitte Chaurais Responder

    Creio que a lei vai ser cumprida sim, da mesma forma que a municipal, pois a grande maioria dos próprios tabagistas é a favor da mesma e os não-fumantes vão exigir o cumprimento. Além disso, os proprietários dos estabelecimentos farão cumprir a lei por meio de seus seguranças, já que não estarão dispostos a arcar com as pesadas multas e risco de interdição do local pela vigilância sanitária. O mais importante é que a população em geral tome consciência da gravidade do tabagismo e leve a sério a sua própria saúde. Em no máximo duas gerações, os hábitos serão outros e o respeito prevalecerá, sem necessidade de multa.

  6. Já que nos livramos dos males do fumo, agora só falta nos livramos do Requião e do Romanelli.

  7. LEÃO DO CANGUIRI Responder

    Deuxando a Lei de fora, que é uma obrigação do legislador fazer cumprir. O que nos deixa indignado é a farra do Romanelli, pela obrigação que tem e não está fazendo nenhum favor a ninguém do Paraná por ter aprovado está Lei.
    Ele poderia ficar melhor na foto e não queimar o filme com festinhas inapropriadas pela aprovação de uma Lei, que só será cumprida em todo o Estado se houver uma fiscalização condizente

  8. Brigitte Chauris, voce mora no Brasil, não em Londres, em no mínimo duas gerações a “thurma” vai estar queimando “pedra” em
    todos os lugares.

  9. Ótimo! Estão fazendo com que mais uma turma, a dos fumantes, não vote nesse bando peemedebista e requianista (OUCH) de falastrões, sem-vergonhas do reinado do atraso. Vamos enterrá-los, em definitivo, com direito a festejo com banda e dançarinas… Corre por aí que o falastrão-mor, o Requião, será eleito Senador. Não merece, não tem qualidade moral para tanto. Façamos nossa parte, oremos, para que nosso Paraná vire esta página, enterre definitivamente estes pútridos mercadores sangue-sugas. Chega! Cova de sete palmos será pouco para estes apologistas da grosseria, da má-educação, mercadores do atraso e áulicos da sem-vergonhice.

  10. A pergunta que não quer calar¨ Quem vai dedar os botecos nas favelas da cidade?¨. Eu é que não!!!

  11. acho engraçado o Estado dizer o que é bom e o que faz mal pra mim. me tratam como um debilóide que não estudou. maconha, cocaína não pode. álcool e nicotina pode. ou proíbe tudo, ou libera tudo. ao invés de educar seus cidadãos, desenvolver a inteligência da criançada, investir pesadamente em ensino em tempo integral, esportes e geração de empregos, o governo fica dando uma de pai do século retrasado. porque não deixar que o cidadão escolha o que comer, beber, fumar, etc. porque não deixar que tenhamos autonomia sobre nós mesmos?

Comente