Uncategorized

Requião quer dinheiro
da ParanáPrevidência
em PCHs

tn_620_600_Requiao_2

Há pouco, na escolinha, ao anunciar convênios do Tribunal de Contas e da Assembléia com a ParanáPrevidência, Requião fez a alegria de empreiteiros e empresários amigos que se assanham para entrar no negócios das Pequenas Centrais Hidrelétricas — PCHs, ao lado da Copel.

Atribuindo-se o papel de salvador da instituição, que segundo ele correu risco de naufragar nas mãos de lobistas que tentavam orientar aplicações em papéis de alto risco, Requião diz que o melhor investimento será em empreendimentos da Copel, estatal que deve coordenar a concessão de PCHs há muito desejadas por grupos econômicos do Paraná.

Requião esqueceu de dizer que demitiu da ParanáPrevidência quem denunciou a falcatrua armada em seminários pagos por lobistas de bancos e financeiras. E manteve nos cargos os responsáveis pela armação.

Também esqueceu de lembrar até aqui era frontalmente contra a construção de PCHs, mas se vê que neste caso foram suas convicções ambientalistas que naufragaram.

15 Comentários

  1. MAIS UMA VEZ O ¨INESQUECÍVEL¨ ESTÁ A DEPENDER DO JAIME LERNER AO QUERER SACAR RECURSOS DO PARANÁ PREVIDÊNCIA CRIADO POR LERNER, ESTE TEM VISÃO DE FUTURO, É UM ESTADISTA.
    VOLTA LERNER PARA REPOR O ESTADO DO PARANÁ NA ROTA DO DESENVOLVIMENTO.
    VOLTA LERNER PARA NOS FAZER ESQUER ESTES 8 ÚLTIMOS ANOS DE TREVAS.

  2. E depois dizem que o Lerner que afundou o Estado.
    Esse governador Mello e Silva está derretendo o Estado.
    Afundando é pouco.
    Está comprometendo a Copel, Sanepar e outros órgãos.
    Lamentavel!!!!!!!!!!

  3. Dentre tudo de ruim deste governo Requião a Copel sem dúvida é o pior. É preciso uma CPI para averiguar o que acoontece lá. Com uma diretoria péssima e um conselho de admonistração pior ainda, a Copel presta um serviço ruim e caro!

    Nada que seja ligado a Copel cheira bem! É tudo muito comissionado!

  4. Cap. Nascimento Responder

    E a história se repete.Os barnabés mais antigos contam que o nepotão de mello e silva, quando do seu primeiro desgoverno, lá pelos anos 90, usou o dinheiro do Instituto Paranaense de Previdência, o IPE, para duplicar a BR – 376, entre Curitiba e Garuva. Segundo contam, fez a festa dos empreeiteiros amigos. Então para solucionar a descapitalização do IPE e garantir a aposentadoria do funcinário publico estadual, o governo que o sucedeu (do Lerner) criou a Paraná Previdência. Agora o reiquejão quer fazer, novamente, a alegria das empreeiteiras amigas e de seu contraparente Joel Malluceli, usando novamente o dinheiro da aposentadoria dos barnabés? Não posso acreditar que isto vá ficar assim!
    Aonde está o sindicalismo? Assumiu de uma vez por todas a condição de pelêgo do reiquejão? E o ministério público, será mais uma vez omisso? E o tribunal faz de contas fechará os olhos de novo?
    Ei reiquejão, pede prá sair.

  5. Até hoje, que historia o Requiao nos fez engolir, hein? Fizeram horrores dentro da PR Prev, um cidadão que saiu lá de Paranaguá, que não tem a menor noção de investimento, apadrinhado político, comanda um fundo de quase 8 bi. Eita, Paraná!!!

  6. CPI não resaolve nada, Marcelo, já que é tudo pau mandado do insano.
    No caso dele só a Polícia Federal e a Interpol!!!!!!!!!!!!!!!
    Outra saída é ele sair candidato à Presidência….

  7. Rafael Filippin Responder

    Injetar dinheiro da Paraná Previdência na COPEL fará com que ninguém mais possa concorrer com ela na disputa pelas concessões de PCHs. No contexto atual, essa situação faz com que todos os interessados empreendedores tenham que se submeter às parcerias, pois o direito de preferência do proprietário ribeirinho previsto na legislação está sendo negado pela ANEEL por meio de resolução. Com um embaraço regulatório ilegal de um lado e, um “subsídio” econômico do outro, esse mercado, no Paraná, ficará ainda mais concentrado nas mãos da COPEL. Isso não é bom para o consumidor, para o mercado e para a democracia. Concentrar o controle dos recursos naturais na mão de uma única empresa é retrocesso.

  8. Esse Requeijão está acabando com o Estado do Paraná, um dos mais ricos e promissores da Federação.
    Criou um baita passivo com a questão do pedágio. Criou outro passivo na Sanepar, que virou cabide de emprego de correligionário. Agora quer, na Sanepar, alienar o patrimônio do Município de Curitiba (sistema de água e abastecimento da cidade) para o Estado do Paraná, por conta de mais uma presepada criada com relação ao aumento do capital da empresa.
    Não fez absolutamente nada de importante na Copel e então tenta detonar mais patrimônio público (PRPrevidência) com medidas fora de época. Sem contar que o Estado vai ficar sem energia nos próximos anos, pela falta de investimentos.
    Acordo povo!!!
    Tudo isso por causa de suas supostas brigas ideológicas, de manter o Estado entrevado em ideais esquerdistas.
    Não apurou uma só denúncia de irregularidades em sua gestão. Ao contrário, demitiu quem as fez. Muito suspeito…
    Por favor, alguém chama o Jaime Lerner para arrumar a casa, ou o Beto ou o Osmar para por o Estado nos trilhos. Do jeito que está ele vai conseguir quebrar antes de sua incompatibilização….

  9. Carlos Eduardo, o “cidadão” que saiu lá de Paranaguá é o Mariozinho Lobo, inclusive diz pra todo mundo que não nasceu em Paranaguá (mentira), tem vergonha de ser da terrinha. Estudo no “Peixinho Sapeca” junto com minha filha.

  10. esse tau de requiao e mais louco doque o louco temos que eliminar esse carra da politica paranaense ele joga contra o povo paranaense

  11. JAMELÃO REQUIÃO Responder

    Brigou, esperneou, xingou enquanto Senador pela não venda da Copel. Este cara tem visão, já naquela época pensava em usar o R$ fundão que o Lerner deixou para capitalizar a Copel que o mesmo está quase quebrando. Compra da usina de Gás para não ter indenização por quebra de contrato, aplicação dos recursos do Fundo dos funcionários(este cara de fundos) na Banco Santos.
    Este cara gosta tanto de fundos que detonou o FEMA-FUNDO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE.
    Que tal ele ser candidato para presidente da FUNDOBRAS.

  12. O Requião tá dando um nó na cabeça dos blogueiros.
    Há surpresas pela frente, podem aguardar!!!

  13. Eita, Paranaguá… Exportando investidores qualificados para o Paraná. Coitados dos aposentados..

  14. José Carlos Araújo Responder

    Ei, vocês daí de longe. Lendo os comentários não deu para perceber nenhuma diferença entre o meu Maranhão e o Paraná. Só me resta uma conclusão: O Requião é o Sarney de vocês. Resistam.
    tchau

Comente