Uncategorized

Lupion tem esperanças de salvar Osmar do assédio do PT

osmar e lupion

Osmar Dias e seus aliados não perderam a esperança. Se os tucanos do Paraná querem Beto Richa como candidato ao governo, a turma de Osmar ainda tenta vender a candidatura única do pedetista para a direção nacional do PSDB.

A oferta é simples. Osmar Dias abandonaria de vez Dilma Rousseff e o PT e “fecharia o Paraná” para o presidenciável tucano José Serra. Com o apoio de todas as forças políticas à destra no mesmo palanque daria grande vantagem em votos para Serra.

O maior entusiasta dessa idéia é Abelardo Lupion, do DEM, que nessa fórmula pretende ficar com uma vaga ao Senado. Lupion, que tem ojeriza ao PT, garante que Osmar é o que melhor representa as idéias e anseios de ruralistas e outras correntes políticas que não toleram o PT.

A idéia é essa. “Salvar” Osmar Dias do assédio petista. resta saber se os tucanos nativos engolirão a fórmula de Lupion de cima para baixo, sem rachas e sem protestos. Há quem garanta que nessa hipótese a primeira turma a abandonar o barco será a dos tucanos de bico-vermelho, que topam qualquer alternativa a ter que apoiar um dos irmãos Dias.

A matéria que segue é de Elizabete Castro, no paraná Online

Apesar de uma considerável fatia do PSDB dar como favas contadas a candidatura do prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB), ao governo do Estado nas eleições do próximo ano, lideranças de partidos aliados ainda não se renderam.

Acham que ainda é possível convencer o PSDB a apoiar a candidatura do senador Osmar Dias (PDT) ao governo, como havia sido projetado em 2008. Um dos argumentos está nos números, que apontariam folgada vantagem de uma candidatura presidencial tucana no Paraná se não houver divisão entre PDT, PSDB, DEM e PPS.

O presidente estadual do DEM, deputado federal Abelardo Lupion, teve acesso às projeções do diretório nacional do PSDB e se animou. Se o grupo se mantiver unido, o pré-candidato do PSDB à presidência da República, provavelmente o governador paulista José Serra, terá uma vantagem no Paraná estimada em dois milhões de votos sobre a adversária, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Se o senador Osmar Dias (PDT) e o prefeito de Curitiba, Beto Richa, tornarem-se adversários, a vantagem baixa para 500 mil votos e já começa a apresentar riscos para o candidato tucano à sucessão de Lula, apontou Lupion. “Esses são os números. E a questão é: Será que 1,5 milhão de votos não farão falta?”, questiona Lupion.

A aposta de Lupion é que as direções nacionais dos aliados DEM, PPS e PSDB vão atuar para manter a candidatura única no Paraná. “Por enquanto, cada um tem a sua opinião. Mas as conversas continuam em Brasília e, a qualquer momento, os atores federais vão entrar em cena. Há outros estados, além do Paraná, onde ainda não está tudo resolvido”, citou o presidente do DEM.

E acrescentou que tem dito ao senador Osmar Dias para não se precipitar em outras direções porque as articulações, em Brasília, ocorrem no sentido de manter a aliança no Paraná.

Os culpados

Lupion assegura que, até o último momento, ou seja, até a convenção do DEM, em junho, tentará defender a chamada “grande aliança”, com o senador pedetista disputando o governo. Mas sabe que o poder de decisão está com o PSDB. “As cartas estão com o PSDB. Só o PSDB pode jogar o Osmar nos braços do PT”, afirmou o dirigente do DEM.

Para o presidente do DEM, se Osmar está se aproximando do PT é por culpa exclusiva do PSDB do Paraná. “Quem vai jogar o Osmar nos braços do PT é o PSDB. Quem vai dar dois milhões de votos a mais para o Serra no Paraná é essa decisão. O que está em jogo é a eleição presidencial”, afirmou o presidente do DEM. Para Lupion, o pré-acordo do DEM à candidatura presidencial tucana não é um impeditivo para que o partido apoie o senador Osmar Dias no Paraná.

Assim como todo e qualquer filiado do DEM, Lupion não vê a menor possibilidade de atrelar o partido ao PT. Mas não vê nenhum obstáculo para que, ao mesmo tempo, o DEM apoie Osmar e o candidato tucano à presidência da República, mesmo que o pedetista arme o palanque para a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. “A verticalização não existe mais. Podemos perfeitamente apoiar o Osmar e o Serra”, afirmou.

Quanto às críticas feitas à sua posição por integrantes do DEM, adeptos da candidatura tucana, como o presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Justus, o presidente do partido é direto.

“Sou amigo do Beto e do Osmar. Mas o Beto Richa tinha um compromisso de apoio ao Osmar ao governo em 2010. Ele fechou isso conosco. Eu sou testemunha. Se ele se arrependeu, tudo bem. Mas negar o compromisso não pode. Ele não tem esse direito. Eu estou dentro do que combinamos. Não vou passar por mentiroso”, afirmou.

Até a convenção, em junho, as teses são livres no partido, assinalou Lupion. “No final, o diálogo vai prevalecer. Mas nós não estamos atados a dogmas. Na eleição passada, no segundo turno, o Nelson Justus apoiou o Requião. Eu apoiei o Osmar”, afirmou. Em 2006, o DEM fez aliança com o PPS no primeiro turno das eleições.

23 Comentários

  1. Quem é Lupion? Osmar Dias já fechou com o PT, alguém avise a esse tal Lupion. Acorda Paraná trocar requiao pelo osmar é trocar 6 por meia duzia.

  2. Definitivamente NÃO!!! Chega dos irmãos Dias e do Requião. Parace que só eles tem o direito de concorrer ao governo do estdo!!! Não voto neles. Essa é a vez do Beto Richa e ninguém poderá impedir que ele seja o nosso próximo governador. O Lupion que vá cuidar da campanha para deputado, pois para senador ele vei se eleger no dia de São Nunca!!!!

  3. A princípio, não obstante o respeito que tenho pelo Beto Richa, pela admiração que ainda guardo pelo seu pai, o Grande JOSÉ RICHA, o comportamento de Beto frente a proposta de coligação com OSMAR foi para mim, surpresa desagradável, completamente fora dos propósitos e do comportamento que seu pai teria frente esta situação, DISSO EU TENHO CERTEZA!
    Beto não poderia nem deveria abandonar a administração de Curitiba, por motivos políticos óbvios:
    1º O desrespeito aos Curitibanos por abandonar o barco lhe concedido com ampla vantagem…
    2º A espectativa da população de Curitiba e região metropolitana com relação a COPA DO MUNDO, o volume de recursos que serão canalizados para a realização do evento além de grandes obras. Neste caso, o abandono do barco é de uma BURRICE EXTREMA, pois, gravaria na história de Curitiba, do Paraná e do Brasil, seus feitos…
    3º A temerosidade em transferir um mandato legítimo de primeiro grau para um vice, que sabidamente, não é tão ligado ao PSDB e sim de REIQUIÃO, portando SUSPEITO em genero, número e grau…
    4º Ter se deixado levar pela vaidade, instigado pelos seus áulicos de plantão, que o fizeram ser picado pela MOSCA AZUL…Talvez até mesmo por políticos ligados ao Governo REIQUIÃO…
    e, POR ÚLTIMO, A MINHA DECEPÇÃO COM ESTE JOVEM, QUE PODERIA TER INICIADO A SUA GRANDE CARREIRA, SOMENTE COM UMA COISA:
    RESPEITANDO COMPROMISSOS ASSUMIDOS.!!!
    Começa mal… Seu pai deve estar se virando no túmulo!
    E um aviso senhor Beto Richa…
    Os mesmos que hoje te afagam, afagaram seu pai, dele extrairam companheirismo e dedicação e depois lhe deram com os pés no traseiro…
    É ou não é Senhor REIQUIÃO!!

  4. Tem outra alternativa que não causaria o “rompimento” dos grupos…È só o Osmar aceitar sua candidatura ao Senado e Beto Richa para Governador do PR.

  5. MAIS UMA GRANDE BESTEIRA DO LUPION. O PSDB TERÁ CANDIDATO PRÓPRIO AO GOVERNO DO PARANA. COMO O BETO NÃO TEM NENHUMA CHANCE DE VENCER O SENADOR ALVARO DIAS NAS PESQUISAS DE TODO OS ELEITORES DO ESTADO, VOCÊS JÁ ESTÃO VENDO QUEM SERÁ O CANDIDATO. O QUE RESTA AO OSMAR É SIM; SER CANDIDATO AO SENADO AGARRADO AO SEU IRMÃO PARA NÃO PERDER O MANDATO. ESSE LUPION ESTÁ QUERENDO “VENDER O PSDB PARA O PDT SENDO ELE DO DEM. IMAGINEM SÓ QUANTA “BURRICE”.

  6. ESSES NÚMEROS APRESESTADOS PELO LUPION, SÓ SÃO VERDADEIROS QUANDO O BETO FICA NA PREFEITURA, O ALVARO SERIA O CANDIDATO AO GOVERNO E O OSMAR CONCORRENDO AO SENADO APOIANDO O SERRA. O PDT NACIONAL APOIARÁ A DILMA. PORTANTO O BETO NÃO PODERIA APOIAR O OSMAR PARA O GOVERNO SOB PENA DE PERDER O MANDATO POR INFIDELIDADE PARTIDÁRIA. O LUPION PENSA QUE É INTELIGENTE E TODO O MUNDO É BURRO. O QUE ELE QUER É POR TODA A LEI TIRAR O OSMAR DA CONCORRÊNCIA AO SENADO MAS, NEM ASSIM ELE TERIA CHANCE. A DILMA E O REQUIÃO SERIAM OS ELEITOS.

  7. Mas quem é o PDT e o Sr.Lupion pra tentar querer ditar as normas políticas na esfera nacional e estadual?????????
    O PDT não tem base é um partido nanico, sem expressão, errou e feio o Sr.Osmar em se filiar a este partido e ainda mais se precipitou em se abraçar ao PT,sai fora jaburu,tente se reeleger senador que você ganha mais e já tá de bom tamanho,ou, você não entendeu que o Sr.Lupion quer que o sr.Osmar não tente se reeleger senador porque ele quer esta vaguinha???? Sr.Osmar,o sr.pensa que é páreo para o Beto,tire o cavalo da chuva, o sr.somente fez aquela votação porque o Beto não tava na parada e estava lhe apoiando,caia na real,o povo já estava e está de saco cheio do Duce,se não tentar a reeleição vai pagar o maior mico,não adianta,o Beto está na boa com o povo paranaense,pode esquecer. Pode ir preparando pra voltar pra tua fazenda no interior de São Paulo,ah! cuide com o MST, aqueles comparsas do PT que lhe apoiam…
    Lembrem-se em 2010 nem Duce nem Dilma FORA com os dois…

  8. O SHOW DOS "LARANJAS" - Gilma Responder

    Gilmar Mauro, da Coordenação Nacional do MST
    Do site http://www.carosamigos.com.br

    Na região de Capivari, interior de São Paulo, quando alguém exagera, tem uma expressão que diz: “Pare de Show!”

    É patético ver alguns senadores(as), deputados(as) e outros tantos “ilustres” se revezarem nos microfones em defesa das laranjas da Cutrale. Muitos destes, possivelmente, já foram beneficiados com os “sucos” da empresa para suas campanhas, ou estão de olho para obter “vitaminas” no próximo pleito. Mas nenhum deles levantou uma folha para denunciar o grande grilo do complexo Monções. As laranjas, e não poderia ser planta melhor, são a tentativa de justificar o grilo da Cutrale e de outras empresas daquela região. Passar por cima das laranjas é passar por cima do grilo e da corrupção que mantém esta
    situação há tanto tempo.

    Não é a primeira vez que ocupamos este latifúndio. Eu mesmo ajudei a fazer a primeira ocupação na região, em 1995, para denunciar o grilo e pedir ao Estado providências na arrecadação das terras para a Reforma Agrária. Passados quase 10 anos, algumas áreas foram arrecadadas e hoje são assentamentos, mas a maioria das terras continua sob o domínio de grandes grupos econômicos. E mais, a Cutrale instalou-se lá há 4 ou 5 anos, sabendo que as terras eram griladas e, portanto, com claro interesse na regularização das terras a seu favor. Para tanto, plantou laranjas! Aliás, parece ter plantado um laranjal em parte do Congresso Nacional e nos meios de comunicação. O que não é nenhuma novidade!

    Durante a nossa marcha Campinas-São Paulo, realizada em agosto, um acidente provocou a morte da companheira Maria Cícera, uma senhora que
    estava acampada há 9 anos lutando para ter o seu pedaço de terra e morreu sem tê-la. Esta senhora estava acampada na região do grilo, mas nenhum dos ilustres defensores das laranjas pediu a palavra para denunciar a situação. Nenhum dos ilustres fez críticas para denunciar a inoperância do Executivo ou Judiciário, em arrecadar as terras que são da União para resolver o problema da Dona Cícera e das centenas de famílias que lutam por um pedaço de terra naquela região, e das outras milhares de pessoas no país.

    Poucos no Congresso Nacional levantam a voz para garantir que sejam aplicadas as leis da Constituição que falam da Função Social da Terra:

    a) Produzir na terra;

    b) Respeitar a legislação ambiental e

    c) Respeitar a legislação trabalhista.

    Não preciso delongas para dizer que a Constituição de 1988 não foi cumprida. E muitos falam de Estado Democrático de Direito! Para quem?

    Com certeza estes vêem o artigo que defende a propriedade a qualquer custo. Este Estado Democrático de Direito para alguns poucos é o Estado mantenedor da propriedade, da concentração de terras e riquezas, de repressão e criminalização para os movimentos sociais e para a maioria do povo.

    Para aqueles que se sustentam na/da “pequena política”, com microfones disponíveis em rede nacional, e acreditam que a história terminou, de fato, encontram nestes episódios a matéria prima para o gozo pessoal e, com isso, só explicitam a sua pobreza subjetiva. E para eles, é certo, a história terminou.

    Mas para a grande maioria, que acredita que a história continua, que o melhor da história sequer começou, fazem da sua luta cotidiana espaço de debate e construção de uma sociedade mais justa. Acreditam ser possível dar função social à terra e a todos os recursos produzidos pela sociedade. Lutam para termos uma agricultura que produza alimentos saudáveis em benefício dos seres humanos sem devastação ambiental. Querem e, com certeza, terão um
    mundo que planeje, sob outros paradigmas que não os do lucro e da mercadoria, a utilização das terras e dos recursos naturais para que as futuras gerações possam, melhor do que hoje, viver em harmonia com o meio ambiente e sem os graves problemas sociais.

    A grande política exige grandes homens e mulheres, não os diminutos políticos – não no sentido do porte físico – da atualidade; a grande política exige grandes projetos e uma subjetividade rica – não no sentido material – que permita planejar o futuro plantando as sementes aqui e agora. Por mais otimista que sejamos, é pouco provável visualizar que “laranjas” possam fazer isso. Aliás, é nas crises, é nos conflitos que se diferencia homens de ratos, ou, laranjas de homens.

  9. Concordo em genero, grau e número com voce Bisteka,o grande José Richa jamais deixaria a vaidade subir a cabeça e com isso não honrar com um compromisso.

  10. Chega dos Requião, Lupiom, Dias, Richa, Curi etc… Precisamos de novos políticos. Chega de coronelismo no Paraná.

  11. Como tem gente ignorante! procurem pesquisar, a eleicao nos estados nao precisa necessariamente seguir a coligacao num plano nacional, nao existe verticalização. Beto Richa tomou uma atitude prematura e infiél ao se lançar candidato, pois havia sim um pacto entre os partidos da grande aliança em conduzir Osmar Dias ao governo em 2010, no mundo da politica é muito obvio que quem nao tem palavra com seus companheiros, acaba sozinho! Lupion esta sendo muito feliz em tentar salvar a grande aliança, essa aliança se permanecer junta poderá comandar o Paraná por mais de 20 anos, o Beto será sim um dia governador do Paraná, mas tentar agora é arriscado, pode dificultar sua carreira no futuro. O paraná precisa ver Osmar Dias governador, como o Brasil ainda vai ver e precisa ver Jose Serra presidente, por isso nao podemos dar chance ao azar, o palanque do Serra no Paraná tem que ser o mais forte possivel, pra tirar a desvantagem que vai vir do nordeste, o PSDB tem que ter Osmar dias junto, porque se o Osmar fizer palanque pra Dilma, ele arranca muitos votos para ela. Não sou a favor do Osmar, do Alvaro ou do Beto, por mim tanto faz, mas eles tem que estar juntos pelo bem do Paraná, nao vamos ser egoístas e colocar pela nossa preferencia, vamos pensar que a grande aliança tem de continuar. Porem acho que a candidatura do Senador Osmar Dias é a melhor porque abre as portas do senado para novos nomes no Paraná, como o dep Lupion, o dep Gustavo Fruet, mudar é preciso, renovar é preciso, e outra a prefeitura de curitiba nao pode ficar na mao de luciano ducci, nao vou dizer que é porque ele é amigo do requiao, que vai faze palanque pro ciro gomes, mas sim porque nao vejo nele uma boa para curitiba, curitiba precisa é de gustavo fruet ou de ratinho jr nas proximas eleicoes, nao de um zé ruela como luciano ducci que é vice prefeito hoje porque pego carona no bonde do beto richa, senao nao ganhava nem pra deputado. PENSE NISSO PARANÁ, A GRANDE ALIANÇA DEVE CONTINUAR, SEJA COMO FOR, O IMPORTANTE É QUE ALVARO, OSMAR E BETO ESTEJAM JUNTOS PELO BEM DO PARANÁ

  12. Se nós que gostamos de acompanhar os acontecimentos políticos ficamos confusos com as relações entre os partidos e entre candidatos e partidos imaginem o que passa na cabeça do cidadão comum perante tal emaranhado de informações!

    Neste quadro confuso do cenário político nacional X estadual, que claramente demonstra o quão na prática inexistem em nosso país as ideologias e a fidelidade partidária. Nesta confusão pré-eleitoral o presidente regional do DEM quer se coligar com o arquiinimigo PDT, que a nível nacional já se coloca prestes a apoiar a candidatada do PT e o DEM nacionalmente já definiu a aliança com o PSDB.

    Em ambos os casos o Brizola e o ACM devem estar se revirando nos túmulos!

  13. ENTRETANTO ESSE CONJUNTO DE FÔRÇAS NÃO PODE CONTAR COM O APÔIO DO HOMEM DO FRANGO; O ALFREDINHO KAEFER, SENÃO SUJA A BARRA. NEM MESMO O BETO QUER A APROXIMAÇÃO DO KAEFER. ISSO JÁ CONFESSOU AOS SEU “INTELECTUAIS”. CUIDADO BETO SENÃO VAI TER QUE COMER FRANGO EM CASCAVEL E FICAR POR LÁ.

  14. Apesar do beto ser filho do José Richa não podemos compara-lo a ele. O José era um homem sério e responsável, mas o Beto não é.
    Chega de ditadores como os irmãos Dias, Beto e PSDB.
    O Caminho é Pessuti Governador.
    Gleicy Senadora e Dilma Presidente.

  15. Ita

    Não é só com este papinho magro baseado em uma crítica leviana por não ter fundamentação que irá viabilizar os seus candadatos. Com um agravante, pois falta convencer a Dima e a Gleisi que o 0,.% do Pessuti é o melhor caminho para a alavancar a candidatura presidencial, sendo que está é semelhante a do vice governador, pois não cresce nem com mandinga.

  16. Caro BISTEKA

    O Beto apoiou o Osmar e este em contrapartida o apoiou e fim da história.

    Para o PSDB nacional é importante que no Paraná se tenha um palanque sólido e este é o do Beto, que acima de tudo é um homem de Partido.

    O Osmar, que escolheu partido errado, vai ter de seguir no plano nacional o PDT e este já sinalizou que ou vai com a Dilma ou lançará candidatura própria, assim ficando impossível a coligação da candidatura Osmar com o PSDB.

    Vaidoso, prepotente e arrogante é o Osmar, cuja trajetória política foi montada não em cima de suas próprias forças, mas sim da dos outros, pois se não fosse o apoio de seu irmão Álvaro, do José Richa, do Requião, do Lerner nem ao menos Secretário de Estado teria sido, quanto mais um Senador.

    Os que devem até as cuecas para alguém são os Dias, pois sem que um dia o José Richa tivesse apoiado o Alencar Furtado em vez de apoiar o Álvaro para o Senado e nomeado o desconhecido agrônomo Osmar para Secretário eles hoje nada seriam.

    Tanto o Osmar como o Álvaro foram ingratos, pois a primeira medida que tomaram ao sucederem o José Richa foi a da traição, já que usaram toda a máquina do Estado para esmagar o futuro político de quem tanto os ajudou.

    Pare de sofismar!

  17. Este Lupion e uma PIADA, e mais PIADA e aquela propaganda onde apareçe o DEPUTADO DURVAL AMARAL falando sobre o portal da transparencia da assembleia onde eles contrataram um FUNCIONARIO da casa para passar por um popular qualquer, que RIDICULO.

  18. vcs falam tanto deste tal Jose Richa, msa não falam do mal que ele fez quando criou a lei de estabilidade para o funcionalismo publico, quais na maioria destes vivem iguais murcegos chupando os recursos do povo brasileiro é imperdoavel a tamnha cagada que este senhor Jose Richa coemteu criou um balcão de marajas no brasil todo mundo quer mamar mna teta dos governantes, ao invés de serem tratados como os outros trabalhadores estes marajas vivem indeusando o tal Richa criador de maraja.

  19. Jurandir

    Quantas besteiras tu falou ai hein…

    O Senador OSMAR DIAS tem o Respeito e a Admiração dos Paranaenses… principalmente no Interior onde ele é Imbativel nas Pesquisas. Se hoje é Senador é porque teve sua Historia construida de degrau em degrau ao contrario de um certo “filhinho de papai” que a moral que o Pai tinha não erdou NADA.

  20. Osmar Dias governador e Lupion senador ? É a vitória dos coronéis, da grilhagem, do latifundio, do conservadorismo, ou seja, de tudo que existe de pior neste planeta…

  21. Este Carlos, tal qual o secretariado do Requião, é um apedeuta!

    Está figura que você denomina de Interior não existe, pois cada microregião possui uma característica diferenciada das outras, inclusive na preferência política.

    Segundo a pesquisa realizada em todo o estado pela APPM 48% disseram que não conhecem o Osmar e entre os que o conhecem 15% disseram que de jeito nenhum votariam nele.

    Segundo o IBOPE em Curitiba, que é o maior colégio eleitoral, este quadro se agrava, pois só 14% disseram que votariam no Osmar e 29% o indicam como o líder em rejeição!

    Carlos além de você desconhecer a história política do Paraná pouco conhece de seu presente!

Comente