Uncategorized

PSDB quer explicações sobre viagem de Lula para vistoriar obras

IMPLOSAO1

Carol Pires, da Agência Estado

O PSDB vai pedir à Casa Civil, na próxima semana, informações sobre o custo da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Nordeste para vistoriar obras de transposição do Rio São Francisco. O pedido será encaminhado através de um requerimento.

O partido pretende usar as informações obtidas para ingressar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra Lula e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, que acompanha o presidente na viagem, por uso de recursos públicos em campanha eleitoral antecipada. O documento está sendo elaborado pela liderança do partido na Câmara dos Deputados.

O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), classificou como “escandalosa” e “espalhafatosa” a viagem presidente, que é acompanhado pela ministra Dilma e pelo deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), ambos pré-candidatos à presidência da República. “A presença de Ciro Gomes e de outros mais são apoio descarado à divulgação do nome da candidata do Lula, a ministra Dilma”, disse.

Na avaliação do tucano, as obras poderiam ser vistoriadas de helicóptero em uma viagem de pouco mais de duas horas. “O que o governo está fazendo é campanha política deslavada”, criticou. “Por que o presidente não foi visitar os projetos de irrigação parados, os assentamentos do Incra a poucos metros do Rio São Francisco que não têm água para beber? Eles foram lá é fazer festa”, acusou.

Viagens tucanas

A senadora Ideli Salvatti (PT-SC), líder do governo no Congresso Nacional, defende que o presidente e a ministra Dilma cumprem, ao vistoriar as obras de transposição do São Francisco, “agenda de governo”. “Se isto for campanha, o que o José Serra (governador de São Paulo pelo PSDB) e Aécio Neves (governador de Minas Gerais pelo PSDB) fazem? Viajam para fazer campanha ainda por cima em horário de expediente, fora dos Estados deles. O presidente e a ministra estão governando o País e têm obrigação de fiscalizar as obras”, disse a senadora.

Segundo a senadora, a oposição “não tem um projeto para o País” e mantém o foco político apenas em “atacar o presidente”. “Como a oposição não tem proposta decente, adequada, não tem projeto do que fazer com o País, criticam o trabalho dos outros”, disse.

15 Comentários

  1. A CAMPANHA JÁ COMEÇOU COM UM ANO ANTES DA DATA DA ELEIÇÃO. A LEI PROIBE, MAS A LEI NÃO SERVE PARA O LULA, NEM PARA A DILMA E MUITO MENOS PARA O CIRO GOMES. A LEI SÓ SERVE PARA OS QUE A SER DE OPOSIÇÃO. OS TRIBUNAIS MIORES GARANTEM ESTA FESTA POLÍTICA ADIANTADA. COMO ? NÃO SEI.

  2. Esse PSDB é pura Hipocrisia!
    Vale lembrar que no Desgoverno dos tucanalhas, os Nordestinos morriam de sede.
    Fora Tucanalhas!

  3. Opa, isso quer dizer que eles vão investigar as viagens do Beto Richa ao interior do Estado, em horário de expediente. Aliás, o Lula visitou a periferia do Brasil, quando foi a última vez que o Beto visitou a periferia de Curitiba? Porque ele não dá uma voltinha pelo Boqueirão, Sítio Cercado e outros? Não sabe, porque o carro quebraria, de tantos buracos que tem por lá.

  4. Será que o PSDB de Curitiba também vai cobrar mais uma viagem do Beto Richa? Acho que sim, até o líder da bancada tucana vai junto!

  5. Olha o tipo desses otários! Eles não se lembram que um dos apelidos de FHC era Viajando Henrique Cardoso. E aqui no Paraná, o que a tucanada diz da campanha que Beto Richa, o prefeito do interior, que viaja mais que o próprio governador.

  6. Interessante o comportamento tucano. Vivem de exgir explicações para qualquer movimento do presidente. Como normalmente quem assim age não costuma olhar o tamanho da sua cauda sugerimos ao PSDB que também dê explicações à sociedade do porque de tantas viagens do nosso alcaíde curitibano que, ultimamente, pouco pára em Curitiba. O jovem político no seu afã eleitoral ligou as turbinas e vive à viajar. Como pau que dá em Chico dá em Francisco aguardemos também as devidas explicações, inclusive de onde saem os recursos para tanta viagem.

  7. Uma pergunta.
    O Serra do PSDB não fez viagem quando o FHC era presidente?
    Se não estou enganado o Serra acompanhou o FHC em algumas viagens um ano antes das eleições quando ai o Serra saiu candidato a Presidente, ou estou enganado?

  8. A senadora Ideli Salvatti (PT-SC), está certa.
    O que o Serra faz sim é campanha antecipada.
    E quem paga as viagens (de campanha antecipada) do Serra para outros Estados?

  9. Pastor Itaciano Responder

    Dono Flor e suas duas mulheres.
    Dois em um. Turismo e Campanha.
    Claro, pagos por nós.

  10. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    A Legislação Eleitoral é clara quanto ao impedimento de campanha eleitoral antes do prazo, o que o Presidente da República, Lula da Silva e a Ministra Chefe da Casa Civil da Presidência, candidata declarada, à Presidência da República estão fazendo é um desafio à Justiça Eleitoral, chega a ser até um desaforo, um atrevimento.Não se respeita mais as Leis neste país, Governado por estes dois.Quando alguém comete um pequeno erro eleitoral, vai até para a Penitenciária, como aconteceu em Curitiba, com um Vereador.Que país é este?

  11. Com todo respeito ao Sebastiani pois é do processo democrático emitir opinião. Entretanto que êle acha das andanças de seu político favorito, o Álvaro Dias, que também anda pelo Paraná em visivel campanha fins ser o escolhido por seu PSDB ao governo do estado? Será qu nesse caso, Sebastiani, acha que é normal? Que está dentro da lei? Com a palavra o ilustre Silvio Sebastiani, decano da política paranaense.

  12. Esta anta bebada vistoriando obra é a treva! O que ele entende de obra? NADA! É um ridículo!

  13. Márcia Souto: quantas vezes o sr. lula visitou santa catarina desde outubro do anos passado? Ele esteve lá por conta das enchentes? Ele esteve lá por conta dos vendavais? Ele, ou algum petista do Governo Federal esteve hoje em Cascavel?

    Além disso, é crime eleitoral sim, dele ou de qualquer outro político; aí está o problema: perdemos a noção de certo ou errado, deixamos que os políticos se achem acima da lei…este é o problema, sem coloração partidária, se os políticos quebram a Constituição, as Leis, o que esperar deles?

    Um crime pequeno ou grande é um crime, sempre.

Comente