Uncategorized

Fernando Quadros nomeado desembargador federal do TRF4

281009 - Fernando Quadros da Silva - divulgação

O juiz federal Fernando Quadros da Silva foi nomeado para o cargo de desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), pelo critério de merecimento. O decreto, assinado pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, foi publicado hoje (28/10) no Diário Oficial da União.

O magistrado, que já vinha atuando no tribunal como convocado desde 2007, foi eleito pelo Pleno do TRF4 para compor a lista tríplice encaminhada à Presidência da República. Quadros da Silva assumirá a vaga aberta com a aposentadoria do desembargador federal Amaury Chaves de Athayde.

Nascido em União da Vitória (PR) em 1964, o juiz se formou em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba. É especialista em Direito Penal pela UNB e CJF e mestre em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná. Entre 1989 e 1991 foi procurador do Estado do Paraná e, entre 1991 e 1993, procurador do Ministério Público do Trabalho, em Porto Alegre.

O novo desembargador ingressou na Justiça Federal em 1993, tendo atuado em Maringá e Curitiba. Foi diretor do Foro da JFPR entre 2001 e 2003 e, de 2004 a 2006, atuou no TRE/PR. De junho de 2007 a junho de 2009 foi conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), indicado pelo STF. Quadros da Silva já foi convocado para o TRF4 em diversos períodos e atualmente integra a 5ª Turma da Corte, especializada em Direito Previdenciário.

3 Comentários

  1. Taí um homem vocacionado para à Justiça.
    Estudioso e competente, o jovem e talentoso magistrado, tem aquele tirocinio que caracteriza o bom juiz.
    Humilde e até modesto em sua forma espontanea e autentica de ser, se transforma no entanto, quando veste sua toga e honra a magistratura com sentenças justas e equilibradas.
    Fui testemunha ocular da atuação deste Magistrado quando integrante do TRE/Pr.
    Sua independência era notável quando matérias que deveriam ter tratamento juridico, sofriam as mais incriveis intervenções da politica para decidir pelos interesses partidários e do poder, como sóe acontecer na justiça eleitoral.
    Mas o Juiz Fernando Quadros, estribado na lógica e bom senso, proferia seus votos que muitas vezes levavam o colegiado a mudar o rumo do julgamento acompanhando porque ali estava a decisão mais acertada.
    Oxalá tivessemos muitos destes juizes e, com certeza, a nossa justiça teria uma apreciação melhor perante a população.
    Mereceu a promoção em que pese os outros competentes juizes que disputavam a vaga. Mas quem sai ganhando é a própria JUSTIÇA BRASILEIRA.

  2. Com alegria é que deixo o presente depoimento! O Dr. Fernando Quadros é um grande exemplo para a magistratura de nosso país. Tornou-se juiz federal em meados da década de 1990, sendo que em Curitiba, desenvolveu suas atividades como titular da 6ª Vara Federal.
    Foi presidente do foro, quando da inauguração da nova sede da JF em Curitiba.
    Em 2006, fui agraciado com a oportunidade de estagiar em seu Gabinete, onde permaneci por mais de um ano e pude testemunhar suas primeiras convocações e ainda a sua eleição para o CNMP.
    Posso afirmar, sem qualquer sombra de dúvidas que hoje, formado em direito, e atuante na área, devo ao Dr. Fernando, parte de minha formação.
    Parabéns ao Dr. Fernando Quadros, agora Desembargador Federal; Parabéns à magistratura brasileira!

Comente