Uncategorized

Romanelli tenta justificar homofobia de Requião

roma

O deputado Luiz Claudio Romanelli tentou cumprir, há pouco, o difícil papel de líder do governo e defensor de Requião. Depois de ouvir os protestos dos deputados Professor Lemos e Antonio Belinati, tentou justificar a afirmação homofóbica de Requião, que disse na escolinha que o câncer de mama tem a ver com a parada gay.

Romanelli diz que foi “apenas uma piada de mau gosto”, que deve ser relevada.

Belinati contradisse, afirmando que a boutade de Requião tende a aumentar a violência homofóbica e a ampliar os preconceitos, inclusive contra aqueles que sofrem de câncer. Para Belinati, Requião teria que pedir desculpas publicamente a todos os que tem agredido nos últimos tempos — homossexuais, enfermos de câncer, mulheres, japoneses.

26 Comentários

  1. Biu das Quengas Responder

    Se Deus fosse a favor do homosexualismo ele não tinha criado Adão e Eva, e sim, Adão e Ivo!

  2. Lembro bem que o Romanelli foi um dos que no passado mais incentivaram este tipo de crítica desumana e sacana contra um candidato a prefeito, que na época era do PDTe hoje é seu correligionário no PMDB.

    Este babaca, tal qual o seu chefe, não passa de mais um falso moralista!

  3. Atribuir um motejo ou um remoque, em meio a um assunto de extrema seriedade, em uma reunião de secretariado e de assessores de primeiro escalão de governo, que é transmitida por uma rede de rádio e de televisão para um número considerável de pessoas que esperam ações que envolvam uma circunspecção que traga uma melhoria na qualidade de vida do cidadão, é simplesmente degradante, subestima o imaginário do eleitor que votou e acreditou no conceito cultural daquele administrador escolhido e predestinado a representar um Estado.

  4. Romanelli, você não tem moral pra falar sobre nada, uma pessoa que vai contra as regras, e ainda acha normal, como foi o caso do pedágio, não pode ser tida como idonea. Eu e milhares de pessoas pagam pedágio nas rodovias do paraná, eu não acho justo o valor, mas nem por isso fico furando para não pagar. O mais engraçado de tudo isso, é que, se eu furar o pedágio com o meu carro, com certeza serei punido, mas você, como tem as costas (e vai saber o que mais) quentes, nada acontece. Já que como político você não serve para nada, pelo menos como cidadão, tente falar e fazer algo que preste.

  5. BARÃO DE ANTONINA Responder

    O fotografo Chiquinho, aqui de Antonina; nunca recebeu tanto telefonema de certas “otoridades”, para procurar nos seus arquivos uma foto da “otoridade”, líder do governo, vestido de escandalosa no Carnaval de Antonina de 1977.

  6. Paulo Eduardo Martins Responder

    Não suporto Requião, mas quero falar sobre a reação exagerada à sua piada.

    Requião Gay

    É verdade que o humor de Roberto Requião não é lá dos melhores. No entanto, a reação dos críticos à sua última “grande piada” não me pareceu muito superior ao humor do governador.
    A piada de Requião deve ser tratada apenas pelo que de fato é, ou seja, como uma piada dita em um minuto de descontração, quando chamava um de seus bate palmas para apresentar um número no circo da escolinha. Nem de longe simboliza um pensamento que implicará em conseqüências para o grupo social envolvido, no caso, os gays.
    Durante quase sete anos de gestão Requião, não houve um único ato do governo estadual que dê qualquer tipo de legitimidade àqueles que querem lhe imputar a pecha de homofóbico. O governo até apoiou as diversas passeatas gays que aconteceram às vistas do Palácio Iguaçu.
    Afirmar que uma piada sobre gays é sinal de homofobia e que isso promove a violência contra este grupo não me parece nem um pouco razoável. Do contrário, os milhares de portugueses e descendentes destes seriam diariamente espancados e assassinados nas ruas pelo país afora, visto que nestas terras, o português é caricaturado nas piadas de botequim desde muito tempo.
    É evidente que os gays devem ser respeitados, assim como qualquer ser humano. Brincar com as características das pessoas é um hábito cultural brasileiro. Nada tem a ver com desrespeito.
    A todo instante, vários grupos ou figuras representativas na sociedade brasileira são alvos da criatividade de ilustres e anônimos, que o fazem apenas para provocar risos, inclusive naquele que é o alvo da anedota. Isso engloba índios, gaúchos, negros, grã-finos, padeiros, enfim, até religiosos. O humor do brasileiro não perdoa ninguém.
    Aliás, não perdoava. Nas suas incursões pelo humor, agora o brasileiro é obrigado a ignorar a existência dos gays, sob pena de ser alvejado pela patrulha de grupos organizados. O pior é que boa parte da mídia compra a versão destes grupos e os trata como vítimas de uma sociedade absolutamente intolerante.
    Até parece que não estamos no país onde se realiza a maior parada gay do mundo e os bailes gays no carnaval são tradição de décadas. Se fosse deste tempo, o humorista Costinha teria que procurar outra profissão ou seria escorraçado pela ditadura gay.
    É interessante notar que os porta-vozes do politicamente correto calam-se diante de piadas, ou até mesmo, trabalham para amplificar ataques quando o alvo é alguma entidade, movimento ou personalidade religiosa. Ao menos não me lembro de nenhum levante para protestar contra piadas de padre, freiras ou pastores.
    Não aceito o argumento de que o repúdio a Requião seja por conta dele ocupar o posto de governador de estado. Isso é apenas uma maneira da patrulha gay – que conta com valores já inconscientemente absorvidos pela sociedade – justificar-se.
    Essa realidade é facilmente demonstrável. Imaginem Requião é um homossexual assumido. Num momento de descontração, faz uma piada com alusão a mulheres. Haveria revolta nacional e acusações de heterofobia contra o governador gay? Está lançado o desafio. Quem responder por último é mulher do Padre.

  7. Não da para entender quanto tititititi, por isso , japones faz piada de japones , preto de preto, judeu de judeu, polaco de polaco, Gay de Gay ou invertendo polaco de japones, japones de polaco, judeu de polaco, polaco de judeu e Gay de Japones, Japones de Gay e o mundo continua girando,e o humor prevalecendo agora o Governador faz um a piada que não tem nada de mais e o mundo tem que parar.

  8. O deputado furacatraca tem que defender o patrão, ora, graças à submissão dos seus comandados à sua sombra omnipresente, os autos de infração às praças de pedágio foram todos jogados na lata de lixo e nenhuma procedimento no âmbito da Assembleia Legislativa (por falta de decoro) foi sequer cogitado. Talvez a furada das praças de pedágio também foram “apenas uma piada de mau gosto” …

  9. O Pato Curitibano Responder

    Pensou se todo mundo resolvesse fazer piada de mau gosto? Poderia começar deste modo:
    O que 2 pmdbistas fazem parados numa esquina? R: Procurando uma vítima.
    O que são 3 pmdbistas reunidos? R: Uma quadrilha.
    O que estão fazendo 4 pmdbistas reunidos? R: Arrastão com dinheiro público.
    O que são mais de 4 pmdbistas reunidos? R: Alunos da escolinha puxando o saco do chefe.

    Mas fazer piada com coisa séria? E numa tv dita educativa? E os puxa-saco rindo? E o pior. Acabou manchando a imagem dos paranaenses, pois ele representa a voz do povo que o elegeu. Se as mais altas autoridades do governo estão neste nível, imagine para onde está sendo conduzido este veiculo desgovernado.

  10. #prontofalei! Boutades de Requião, piada de mau gosto… que seja! E vamos que vamos, a comunidade LGBT junto com seus pais lutando para continuar no seu caminho de conquistas, driblando as palavras malditas pelo caminho.

  11. Pois é Indignado…
    A composição desta legislatura da Assembléia Legislativa nos envergonha!!!
    Não podemos dizer que temos deputados, pois, a grande maioria de sustentação a este DESGOVERNO, não são LEGISLADORES, são sim, um bando de LAMBE-BOTAS DE REIQUIÃO…
    No caso do pedágio, o PULA CATRACA LAMBE-BOTAS, no mínimo, deveria ser admoestado pela Comissão de Ética da Assembléia Legislativa, pois, o PULA-CATRACA declarou públicamente, ou melhor, fez apologia de como burlar o pedágio, que no mínimo é uma ação subversiva à Lei… Porém, onde está a Comissão de Ética da Assembléia????
    No caso da defesa do Pula-Catraca a mais esta INSANIDADE no caso do Câncer da Mama…. Meu caro, INDEFENSÁVEL!!! e o mais indecente ainda foram as grandes risadas dos ASPONES presentes…
    E o pior…. Nenhuma ONG GAY se manfestou, aliás, soube por um amigo, que o DEFENSOR GAY DE CURITIBA (?-NÃO SEI O NOME), VEIO EM DEFESA DO insano, daí soube também que o referido tem cargo em comissão no governo…
    Mas a INSANIDADE foi dirigida a toda a comunidade gay do País…. É bem provável, que alguma organizacao deverá entrar com processo , aliás, mais um contra o INSANO!

  12. Diz o deputado que foi só uma brincadeira. Pois é, então, brinca-se demais e se produz…
    Autoridade não brinca em serviço.

  13. Uma “defesa” feita por um indivíduo de tal cepa, cuja biografia é sobejamente conhecida por todos os paranaenses, tende a piorar a situação do desequilibrado homofóbico do Canguiri do que amenizar a estrondosa repercussão da cagada.
    Defende mais, Roubanelli! Defende!

  14. Esse ROUBANELLI passa dos limites ….voce é insuportável…..as urnas te darão o troco no ano que vem…..

  15. O déspota do Palácio das Araucárias fala tanta asneira que conseguiu seu segundo de fama,até na Ana Maria Brega ele conseguiu seu segundo,mas, para irritar a turminha da Globo.
    O cara é tão idiota que daqui a pouco ele vai dizer que as lésbicas terão que cuidar com o câncer de próstata,é um imbecil mesmo.
    Cumpanheros lembrem-se dele em 2010,depois dessa ficou mais fácil ainda mandar ele e sua família Lugo Lugo pro Paraguai,daí eles vão ver o que é político contrabandeado e falcificado.FFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFOOOOORRRRAAAA.

  16. a pobreza moral do governador é sem tamanho ao fazer comentários sobre o cancer de forma preconceituosa
    é lamentável sua attitude e não terá meu voto nunca mais

  17. Nas terças-feiras, as insanas, fico admirando a platéia da escolinha e identificando uns e outros. Dos que conheço, muito me espanta ver naquele meio, um ex-prefeito guarapuavano, outro ex-prefeito cambeense, um ex-secretário municipal de saúde professor de universidade, uma senhora reconhecidamente culta, e dezenas de outras personalidades que me parecem mandraqueadas a ouvirem, pasmas, silentes e imagino petrificadas, as piadas do Ari Toledo araucariano. Gente…isso é lá postura de um governador de Estado? Caca, eco…

  18. Interior do Paraná Responder

    Seus hipocritas…a grande maioria faz piadinha de gays, de gorsos e de negros e todos disfarçam..mas qndo é o governador todos tentatm acabar com sua imagem..isso eh hipocresia pura..

  19. Já que o Romanelli disse é que só mais uma brincadeira, não iria se importar se um dia na escolinha, Requião o trata-se como !”tranca-rua, tranca pauta, tranca benefícios à população, tranca…..

  20. Ao “Interior do Paraná”: não gostou? Leva o requião pra tua casa…e por favor não traz de volta!!!

    Se precisar de alguma contribuição para executar esta missão, garanto que não faltarão doadores…

  21. Fizemos um plebiscito aqui em Barra do Jacaré. A maioria topou anexar-se a São Paulo. Foram consultados 63 mil. Cada eleitor entrou na fila prá votar 3 mil vezes. Mas tá no contrato que a gente volta dia 4 de abril.

  22. Esperemos que isso não se repita. Ainda mais em se tratando de uma pessoa exercendo um cargo PÚBLICO, PAGO COM DINHEIRO DOS IMPOSTOS DE TODOS…REPITO…TODOS (gays, lésbicas, transexuais, negros, indios, brancos, amarelos)…e eleito por eles.
    Requião, todos têm direito a uma segunda chance…SEGUNDA, viu?
    Se cuida, governador!

Comente