Uncategorized

Para Cabral, político que discrimina homossexuais é medieval

cabral2

O governador do Rio, Sérgio Cabral (foto), discursou na 14ª edição da Parada Gay, este domingo em Copacabana. Cabral atacou o preconceito que ainda existe contra homossexuais, principalmente entre pessoas que estão no poder.

“Não há nada mais nojento do que o preconceito. Eu saí de casa e o meu filho de sete anos perguntou aonde eu ia. Disse que ia na parada gay e expliquei a ele. Qual é o problema de um homem gostar de outro homem e uma mulher de outra mulher? É a opção sexual de cada um. Isso é tão atrasado, tão medieval. Eu lamento que haja político atrasado”, criticou Cabral. E reiterou: “político que ignora os direitos dos homossexuais é político do século XIX. As pessoas têm que entender que se um homem gosta de outro homem, isto é problema só dele”.

Na última terça-feira, durante a escolhinha do governo, Requião relacionou a incidência de câncer de mama nos homens ao aumento dos movimentos gay. Requião é colocado no mesmo grupo do governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli – que tentou desqualificar o ministro Carlos Minc chamando-o de “viado” – e também do prefeito de Duque de Caxias, José Camilo Zito, que proibiu a realização da Parada do Orgulho Gay no município.

O coordenador de Direitos Individuais e Difusos do governo do Rio de Janeiro, Claudio Nascimento, acredita que atitudes como essa incentivam a violência contra homossexuais. “Posturas como a dos governadores Requião e Puccinelli e do prefeito Zito não só ajudam a firmar a intolerência como são as mãos que empurram o punhal no coração dos homossexuais”, afirmou Nascimento.

16 Comentários

  1. Lá no “fundo” o que existe é uma enorme saudade do porão do Colégio Júlia Vanderley!

  2. DANIELA DOS PNEUS Responder

    OS “BAMBIS” DO PORTO DE PARANAGUÁ, DEVEM TER PARTICIPADO DESSA TAL PARADA GAY!…

  3. Bem, o governador proibiu que se forme “um circo” na escolinha amanhã.Já Adrielly Vogue, em bate papo informal, garante que sai de lá com um “selinho da paz” do Requião! A Escolinha estará imperdível nesta terça!!!! Se bota polícia o bicho come, se não botar o bicho morde! Quem viver verá!

  4. INFELIZMENTE, SOMENTE AGORA, NO FINAL DO MANDATO É QUE O POVO BRASILEIRO TOMA CONHECIMENTO DE QUANTO NÓS PARANAENSES TEMOS SOFRIDA NAS MÃOS DO DESPOTA, NEPOTISTA, REIQUIÃO!
    Niguém, sob hipótese alguma consegue diagnosticar a doença do INSANO…
    Eu, cá com meus botões, tenho plena certeza de que o INSANO foi acometido de ASNICE AGUDA!
    Existe remédio para isto?

  5. Em Náusea, Sartre existencialista, insistia na liberdade do homem e denunciava quem ditava modo de viver. Em Entre Quatro Paredes, fala que os infernos são os outros. Eu, debaixo duma figueira às margens do rio Cinzas, rememorei a lei da gravidade à moda barrajacareense: Evite cuspir prá riba. Outrora, uns e outros rapazes duma cidade no leste, expulsaram um barbeiro gay da cidade, o único. Anos depois, umas e outras, mulheres daqueles uns e outros, pariram filhos gays.

  6. O Sr. Sergio Cabral tem mais é que tentar atenuar a vergonhosa situação de descontrole de seu governo em relaçõa a violência que envergonha todos os brasileiros de bem.
    Mortes e mais mortes, a quem interessa as investidas da polícia aos morros?

  7. o jeito que a coisa anda, daqui uns tempos, casal hétero será medieval, cada coisa com sua devida sentença, mas hoje não pode fazer piadas gays, que lobby!

  8. A apologia o discurso de políticos tem como pano de fundo cativar e aliciar os simpatizantes de uma prática fora dos padrões considerados “normais”. Qual sociedade ou estrutura familiar poderia ser construída com base nas relações homoafetivas.
    Isso é uma doença uma disfunção hormonal, é o aceite descarado de uma conduta vergonhosa, anômala. Homoafetivo para os outros, maravilha!!!! Como seria quando esta doença está na própria carne.

  9. V.Lemainski-Cascavel Responder

    Tá certo que o Requião “cagou e sentou em cima”. Mas jamais imaginaria que as manifestações chegassem a esse ponto. E por políticos…Acho um exagero de ambas as partes.

  10. O Requião não dá ponto sem nó, segundo uma pesquisa, 98% dos brasileiros, é contra a prática homosexual, isto apesar do bobardeio diário dos últimos anos da TV em causa dos homosexuais, o brasileiro pensa igual ao Requião,ou o Requião quer pensar igual ao brasileiro?

  11. Esta é para o Mick Box…
    É só no Rio de Janeiro que existem mortes?
    Aqui em Curitiba e no Paraná, não existem chacinas?
    Então foi tudo mentira da mídia sobre a última chacina?
    Que barbaridade, sô!
    Esta imprensa do Paraná é canalha?
    Estão criando fatos para prejudicarem REIQUIÃO?
    Reiquião não falou nada sobre homosexualismo estes dias?
    Nossa Mick Box… Eu estou muito desinformado!

  12. Sérgio Cabral é outro oportunista deve ser solidário ao gustavo Fruet e ao Lemos, como diz o Mauro Moraes, “é melhor ser viado do que ser corno”,

  13. Vamos deixar de hipocrisia, como já disseram aí em cima, nos comentários. Tolerar a conduta homosexual é uma coisa. Concordar com tudo o que querem estas “meninas” já é bem diferente! O mesmo direito que “elas” querem ter de se manifestar, queremos ter também de não sermos obrigados a escutar! E cert o Onofre. Haja lobby da imprensa “dentro do armário”! Quanto ao Requião, não fazer comentários já é lucro nosso! Quando abre a boca é um Deus nos acuda”

  14. Atento aos Fatos Responder

    Os comentarios de Requião são controvertidos? São. Em parte ele exagerou, mas por outro lado, estão exagerando também na condenação dos comentarios dele.
    Já o governador do Rio Sérgio Cabral, também exagera, e acho que, faz média.

  15. Não é a toa que o hell de janero esta uma merd…o governadô só quer saber de festa, quando não é na europa é nas parada gay…
    sujeito sem vergonha…vai trabalhar direito governador vagabundo.
    o sul do Brasil não vai aturar muito tempo esta cultura carioquês…
    Abaixo Carnaval, que fique lá nas guanabara…quero ver se um plebiscito aqui no sul não acaba com estas festas inúteis…
    Enquanto isto…Helicoptero abatido por .30 e policiais morrendo carbonizados…balas perdidas abatendo até pardais filhotes.

    As pessoas não são obrigadas a aceitar homossexualismo…
    Daqui uns tempos quem não for gay será preconceituoso…e vai preso por atentado ao pudor.

Comente