Uncategorized

Richa defende metrô em reunião com ministros

copa

A construção da Linha Azul, primeira linha de metrô da Rede Integrada de Transporte, no trecho entre o terminal CIC Sul até a Praça Eufrásio Correia, foi defendida na manhã desta terça-feira (10), em Brasília, pelo prefeito Beto Richa durante reunião com os ministros do Planejamento, Paulo Bernardo, das Cidades, Márcio Fortes de Almeida, e do Esporte, Orlando Silva.

“O metrô é uma obra importante para Curitiba na área de mobilidade, por isso solicitamos ao governo federal que continue avaliando a possibilidade de nos ajudar neste projeto”, disse Richa.

Ministros e técnicos dos três ministérios e também da Casa Civil, declararam que o debate sobre o investimento do Governo Federal no Metrô Curitibano continuará em discussão durante reuniões técnicas.

No encontro, o Governo garantiu para Curitiba recursos de R$ 152,9 milhões, para a implantação do Sistema Integrado de Mobilidade (SIM), a ligação Aeroporto-Rodoviária, pela avenida Comendador Franco (Avenida das Torres), e obras na avenida Cândido de Abreu, onde será implantada a primeira linha do ligeirão, que ligará o Boqueirão ao Centro Cívico com menos pontos de parada.

Ouça o que Richa falou à rádio Banda B:

Ou clique aqui para baixar o arquivo em formato mp3.

No caso da Avenida das Torres, a Prefeitura ainda fará uma análise técnica e econômica da possibilidade de relocação das torres de alta tensão, localizadas no canteiro central da avenida, atendendo à solicitação dos técnicos do Governo Federal. Richa também pediu um estudo quanto à possibilidade de o Governo Federal garantir recursos de R$ 15 milhões para a reforma da rodoviária de Curitiba.

O Sistema Integrado de Mobilidade prevê prioridade para os ônibus nos semáforos; uso de câmeras de circuito fechado de televisão para monitoramento do transporte coletivo e do trânsito em tempo real; painéis eletrônicos informando aos motoristas as condições das principais vias; agilização em operações de emergência de trânsito, câmeras nos ônibus, estações tubo, terminais e canaletas com um novo sistema de segurança no transporte coletivo; novo sistema de informação aos passageiros; aprimoramento das análises de tráfego e de condições ambientais, além de outros componentes. As obras na avenida Cândido de Abreu, que virão para Curitiba, estão orçadas em R$ 4,9 milhões.

7 Comentários

  1. INVENTA MODA E DEPOIS NÃO TEM COMO FAZER…
    VAI CORRENDO PEDIR PINICO P/ DEPOIS CULPAR OS OUTROS!
    SE MORASSE EM CURITIBA, TALVEZ FIZESSE MENOS BESTEIRA E FALASSE MENOS ASNEIRAS!!!

  2. Por que não discutir com o cidadão curitibano a construção de uma Curitiba além da lernista.
    Será que nela será necessário metrô? E que modelo de projeto?

    O gerente Beto Richa poderia ser prefeito também.

    Ei, será que o Galdino leu esta notícia sobre o metrô curitibano.
    Meu Deus, o da musiquinha não vai dormir esta noite.
    Os irmãos metralha também não.
    Mas não se iluda Galdino e a turma, a Dilma é uma rocha.
    Galdino, com esse seu passado revelado pelos traíras do PV,
    você não enganará mais com sua musiquinha.

  3. Claro que não precisa metrô, viseira estratégica.

    A administração de Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, São Paulo e Rio de Janeiro deveriam aterrar os seus metrôs, porque são inúteis e lernistas.

    Nova Yorque, Amsterdan, Paris, Lisboa, Roma, Moscou, Frankfurt, Gênova, e mais centenas de outras cidades na Europa, Ásia, América, África e Oceania também deveriam reconhecer o absurdo que é a existência de metrô e usarem só os ônibus.

    Precisa metrô e cadeia.

  4. EU COMO LEITOR DESTE BLOG, MUITAS VEZES ME DEPARO COM CADA OPINIÃO DE UNS BOBOCAS QUE É DE DEIXAR QUALQUER UM LOUCO. ESSE ASSUNTO DO METRO NO MOMENTO EM QUE VIVE O PAIS É INVIAVEL,ATÉ PORQUE O TAL DE BETO, VEIO ANDAR DE METRO DEPOIS DE PREFEITO NÃO SABE NADA A RESPEITO, E SEUS TECNICOS IDEM. SERVIÇO DE TRANSPORTE , É SÓ A PM, ATRAVES DO BETO TOMAR MAIS ATENÇÃO E ORGANIZAR O TRANSPORTE, , QUAL A CAPITAL QUE POSSUI UM TRANSPORTE MELHOR O QUE DE CURITIBA? E SEM METRO,EM SÃO PAULO TEM METRO, E VEJA A BAGUNÇA, RIO DE JANEIRO E POR AI VAI, ISSO NO MOMENTO É COISA P/ APARECER . POIS O BETINHO QUER SER GOVERNADOR 2X E DEPOIS SENADOR E DEPOIS + UMA VEZ GOVERNADOR É POR AI.E O POVO A CATA DE EMPREGO.

  5. Parece-me óbvia a necessidade da implantação do sistema com grande capacidade em CTBA. Os números não mentem: implantaram um metrô em BH que transporta 160 mil passageiros dia, um em Brasilia que leva metade disso. O Rio de Janeiro tem sistema de trens pra transportar os mesmo 160 mil em linhas pro suburbio..todos esses sistemas tiveram verbas federais..nem vou comentar o sistema de POA, RCF e Teresina..Em CTBA o trecho sul tem 240 mil e o norte 140 mil passageiros, uma linha norte-sul chega a 380 mil passageiros e justifica sim o sistema de metrô…Em CTBA tem que haver exatemente a mesma participação que o governo federal teve nos outros lugares, e se há dinheiro pra olimpiadas, estádios de futebol em RCF, Manaus, Cuiabá, tem que ter também pra CTBA, pois transporte público deve ter prioridade em relação a festas caras…..

  6. Interessante estas obras já tinham sido divulgadas pelo Prefeito em 2008. Só que na época o Governo Federal iria dar R$ 200.000.000,00, quem ficou com a diferença ?
    Sacanearam Curitiba ?

Comente