Uncategorized

Guerra rebate Dilma e a chama de arrogante

SERGIO_GUERRA_640

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), reagiu nesta terça-feira às declarações da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) de que a oposição está “nervosa” diante do volume de realizações do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Guerra chamou Dilma de “arrogante” ao afirmar que a sua candidatura ao Palácio do Planalto “não anda” –motivo que teria levado a ministra a disparar ataques à oposição.

“O problema da ministra é tentar mostrar que ela existe, por isso que ela [candidatura] não anda. Ainda bem, porque ela é arrogante e autoritária sem votos. Imagina se ela os tivesse”, reagiu Guerra.

Segundo o tucano, a ministra vem adotando posturas orientadas pelos “marqueteiros” de sua campanha à Presidência da República com o objetivo de torná-la conhecida da população brasileira.

“Estamos tendo imensa dificuldade de polemizar com a ministra porque, até agora, não conhecemos nenhum ponto de vista dela. A ministra tem cumprido a tabela dos seus marqueteiros”, afirmou.

Em entrevista no Rio de Janeiro, Dilma disse hoje que as ações do atual governo são muito mais significativas se comparadas à gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Dilma frisou que a oposição quer evitar comparações porque “o governo anterior perde de 400 a zero” em relação à atual administração.

“Entendo perfeitamente o nervosismo deles [oposição]. Estávamos tranquilos sem fazer maiores comparações, só que agora nós pegamos gosto pela comparação. Tudo o que nós queremos é comparar, até porque o nosso povo sabe comparar na carne, no testemunho de sua vida cotidiana”, afirmou.

Dilma comparou desde a atuação dos governos em crises financeiras até programas sociais desenvolvidos pelas duas administrações. Para a ministra, é “patético” comparar o Bolsa Família, que segundo ela tem 11 milhões de beneficiários, com programas do governo Fernando Henrique, como o Vale Gás e o Bolsa Escola.

“Acho interessante que depois que as pessoas falam tudo o que querem vêm dizer que vai parar de polemizar”, disse a ministra ao se referir às recentes críticas feitas por líderes do PSDB, como Fernando Henrique e o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB).

Dilma tem engrossado o discurso contra a oposição. Na semana passada, em São Paulo, a ministra disse que a oposição é patética e desconexa.

6 Comentários

  1. PT quer comprar o que?
    Continuou tanto a política econômica (plano real, rigor fiscal e controle da inflação) quanto a politica social (bolsa escola, vale gás e facilidade de crédito) do governo passado.

    Mas se voltarmos ao passado, quem votou contra o plano real?
    O PT!!!!

  2. Concordo c/ a reportagem. Olha só o que ocorreu c/ o Ministério que ela esteve à frente até a saida do Zé Dirceu. Escuridão total c/ direito a repercussão internacional.

  3. E esse Guerra, é uma flor de pesoa não? Nada arrogante, aliás como todos os tucaninhos.

Comente